No Ordinary Family: Pre-Air

quinta-feira, agosto 26, 2010



Comparar No Ordinary Family com Os Incríveis ou a série Heroes é obvio. Felizmente, o piloto indica que a série caminha muito mais para a qualidade do primeiro do que o fiasco da série dos super-heróis que não salvavam ninguém.

Dificilmente uma série consegue fugir da fórmula básica de um piloto, que se concentra em apresentar personagens e indicar ao espectador para onde a história caminhara. Apesar do desenvolvimento seguindo a risca essa idéia, a trama que a série apresenta é boa o bastante para despertar o interesse do telespectador.

Voltando a comparação do inicio, é como Os Incríveis de carne-e-osso, sendo cômica mas sem exageros, mas também um Heroes com menos pretensões. Exatamente por essa natureza mais leve da série, não esperava que produção fosse tão boa. Esse é o ponto que mais chama atenção, já que para um dramédia, podia-se esperar pouco uso de efeitos especiais e raras demonstrações dos poderes dos personagens. Muito pelo contrário, um dos pontos altos do episódio é a cena de luta entre Jim e o ladrão que consegue se teletransportar.

Se eu já possuía expectativas quanto a essa série antes de vê-la, certamente depois do bom piloto continuarei acompanhando.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe