Suburgatory 1x01/02: Pilot/The Barbecue

sábado, outubro 08, 2011


Bem-vindos ao purgatório.

Os subúrbios americanos, com suas cerquinhas brancas, gramados perfeitos e moradores intrometidos, são garantia de séries com muito humor negro e boa audiência. Que o diga Desperate Housewives, que já está a 8 anos no ar registrando sempre um ótimo público para o canal ABC. Agora, esse mesmo canal decide apostar em uma nova produção no estilo, Suburgatory, e o resultado é a melhor comédia da temporada.

A série conta a história de um pai solteiro, George (Jeremy Sisto), que decide se mudar de Nova York para o subúrbio com a filha Tessa (Jane Levy) depois de encontrar uma caixa de camisinhas na gaveta dela. A mudança acaba sendo um choque para Tessa, que se sente sufocada e presa num mundo ao qual não pertence, um verdadeiro purgatório (daí o título da série). Logo ela conhece Dalia (Carly Chaikin), a garota popular do colégio, e sua mãe Dallas (Cheryl Hines), uma dona de casa que se aproxima de Tessa apenas porque tem “segundas intenções” com George. Há ainda Noah (Alan Tudyk), amigo de George que o ajuda a se ajustar ao lugar; e Lisa (Allie Grant), a garota estranha e bullyinada que pode se tornar amiga de Tessa.

Suburgatory se sobressai por apresentar textos ágeis e divertidos, fazendo críticas bem humoradas ao estilo de vida dos moradores do subúrbio, e brincando com estereótipos. A química entre Jeremy e Jane salta aos olhos, fazendo de George e Tessa uma ótima dupla (a cena dos dois sentados à mesa, se comunicando através dos títulos de livros, é genial!).

O segundo episódio, The Barbecue, é ainda melhor e mais engraçado que o piloto, me fazendo ter ainda mais certeza que Suburgatory já é a melhor comédia do ano. O destaque do episódio foi o irmão de Lisa, Ryan (Parker Young), com quem Tessa tem um breve “romance”. Adorei o estilo exagerado e os momentos de genialidade do garoto, fazendo danças sensuais e chupando ossos numa elegância ímpar. Ele pode ser apenas um corpinho (muito) bonito, mas roubou a cena em Suburgatory, e eu torço para que continue roubando. As cenas do jantar na casa dos Shay e o churrasco de George foram outros destaques, com ótimas piadas sobre o casal gay de héteros e salsichas.

Sem dúvidas, Suburgatory está sabendo fazer uma ótima comédia em cima dos clichês e estereótipos da sociedade suburbana, e enquanto essa mistura der certo (e eu espero que dê por muito tempo), o sucesso é garantido!

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Suburgatory me lembra muito Awakward que foi uma ótima estreia que tivemos esse ano, e com certeza de todas as comédias estreantes até agora essa é a melhor.

    ResponderExcluir
  2. Ainda não assisti, acho que conferirei para ver se é realmente bom.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe