Grey’s Anatomy 8x09: Dark Was the Night

sábado, novembro 12, 2011



Um episódio que entra para a história de Grey’s Anatomy.

Eu sabia que a fase paz e amor da titia Shonda iria passar e teríamos tragédias, crises existências e muito drama, mas a faceta bitch destruidora de lares de Shonda Rhimes me pegou de surpresa e quase me matou do coração. Esta semana, tivemos um daqueles episódios em que tudo é tensão, tudo é de extrema importância e tudo nos faz amar e odiar ainda mais a Shondalinda. Depois do bombástico “Dark Was the Night”, poso afirmar com tranqüilidade que, até aqui, Grey’s Anatomy vem nos apresentado uma temporada impecável, sem dever nada para suas primeiras temporadas, nos fazendo ficar desesperado por mais como a tempos não ficávamos.

Ultimamente venho tendo um problema com as séries que assisto, me importar com os personagens. Os novos dramas (e os veteranos também) não estão conseguindo vender a emoção de suas histórias, já que eu realmente não dou a mínima para a grande maioria dos personagens. Isto vem acontecendo principalmente em Dexter e The Walking Dead, porém é algo que está me fazendo perder o interesse por muitas coisas que assisto. Assim, quando vemos um episódio como este, fica evidente que este problema está passando longe do Seatle Grace Mery West of Death. Acabei de descobrir que até com a Teddy e o Henry eu me importo (ou melhor, me importava). A história da doença dele nunca foi muito bem desenvolvida, mas seu desfecho foi capaz de me levar à loucura, queria gritar para a Teddy que seu marido tinha morrido enquanto ela inocentemente continuava a fazer perguntas enquanto operava uma paciente. Todo o esquema da Cristina ser enganada para operá-lo foi fantástico e sua reação quando descobriu quem estava naquela mesa de operação não poderia ser mais apropriada. Matou o marido da chefe, chupa esta manga Cristina. Fico na expectativa para ver as conseqüências deste plot na relação entre as duas. Mas fico com a impressão que a Dra. Altman pode deixar o hospital em breve, já que ela sempre foi meio avulsa e agora terá um grande trauma relacionado ao seu local de trabalho e toda a sua trama ainda mais esvaziada. Por mais que a gente soubesse que Denny Duquete 2.0 iria acontecer em algum momento, não teve como não torcer pela sobrevivência do personagem. Única coisa que me incomodou nesta trama foi o Hunt indo falar com a Teddy, para mim é muito lógico que ele deveria aguardar o final da cirurgia para dar uma notícia tão dura e quanto mais ele ia lá, mais ele se complicava e tinha que ficar mentindo para sua funcionária e amiga.

No caso da mulher que havia sido operada por Callie e Avery e teve complicações posteriores, o climinha feliz da família logo no começo do episódio dava certeza que aquela mulher seria uma bomba relógio, prontinha para explodir e complicar a vida dos médicos a qualquer momento. Gostei muito de ver a preocupação de Callie e seu sentimento de culpa, que deve ser comum na vida de cirurgiões e já foi bastante explorado na série. Esta série é tão boa que até para os personagens que fazem participação especial eu fico torcendo. 

Logo no começo do episódio já tivemos a primeira notícia ruim, uma vez que a assistente social mega evil comunicou a Meredith que ela e Derek provavelmente perderam Zolla. O “provavelmente” ainda me deixa um pouco esperançoso em ver a menininha de volta a família Shepherd. Será que Shonda é tão cruel de fazer sua protagonista realmente perder sua filha? Não consigo fazer idéia, em alguns momentos penso “Ela não se atreveria a fazer isso” mas em outros acabo pensando o contrário. No meio do processo de amadurecimento da idéia de perder a filha para sempre (com o Karev falando sem parar em seu ouvido), Meredith ainda teve que enfrentar o plot da ambulância que quebra na hora errada e no lugar errado, deixando ela, seu amigo e um bebê recém nascido com problemas de saúde no meio de uma tempestade com uma tragédia anunciada. Adorei vê-los culpando a si mesmos sobre o afastamento de Zolla e ainda mais na persistência dos dois em manter o bebê a salvo. 

A última cena do episódio foi perturbadora e nos faz questionar a importância da morte de pessoas que não conhecemos e não nos importamos, o que fez o episódio ficar ainda mais redondinho. Provavelmente não víamos um momento tão bom em Grey’s Anatomy desde o tiroteio do final da sexta temporada. Shonda is on fire, alternando momentos de pura felicidade com tragédias maravilhosas e continua a fazer história com um simples drama médico, que consegue ir muito além disto. 

Não deixem de comentar este delicia de episódio. 

P.S.: É muito difícil fazer review de um episódio tão foda, com tantos shock values  e que me deixou tão aflito. Assim, quase esqueci de dizer que o Derek deu uma trégua na chatice e finalmente apoiou a Meredita. Tava na hora, né.


Talvez Você Curta

29 comentários

  1. Fabiene Miranda Gomessábado, 12 novembro, 2011

    Estou tão feliz de assistir uma temporada tão boa qnt essa!

    Acompanho Grey's há tanto tempo e qnd acho que tudo que poderia acontecer, já aconteceu, Titia Shonda me faz esperar a semana inteira pelo desfecho da trama de cada personagem.

    Acho que a maior prova de que essa temporada está ótima é que estou conseguindo me desvencilhar dos personagens que já se foram.

    Agora é só esperar 2012 para ter mais Grey's! rs

    ResponderExcluir
  2. o foda que agora so ano que vem , putz vou acabar revendo todas as temporadas , esse episodio foi fodastico

    ResponderExcluir
  3. Foi mesmo muito bom o episódio. Nunca pensei que um dia fosse me importar com a Teddy, mas me deu uma pena tão grande dela falando sobre o Henry querer ser médico sem saber que ele morreu que quando acabou o episódio eu fiquei profundamente triste. E aquele final wtf? Eu não entendi direito o que aconteceu praquele pessoal todo morrer na pista (gás?), mas shondalinda sambou na nossa cara fazendo um episódio na medida certa pra nos deixar querendo muito mais quando a temporada voltar em 05/01.
    PS: Eu ainda acredito na volta da Zola ^^

    ResponderExcluir
  4. A titia Shonda tá virada nas dorgas pesadas essa temporada! Só barra atrás de barra, shock values e DRAMA, muito drama.
    Ela tá tão mega evil com os personagens E conosco, espectadores, que fez esse episódio delícia e só vai nos dizer como isso termina ANO QUE VEM. #sambounanossacara
    Bravo, tia Shonda. Bra-vo.

    PS: Eu até curtia o Henry e a Teddy, e concordo que ela provavelmente não durará muito. Más notícias pra Christina e sua bucket list...

    ResponderExcluir
  5. Titia Shonda nos odeia. Só pode. Fiquei tempos olhando para uma tela preta, depois que acabou o episódio, perplexo. COMO ESPERAR ATÉ 2012 PARA ASSISTIR A CONTINUAÇÃO?

    ResponderExcluir
  6. Meu autor favorito aqui dos seriadores *-* Tava ansioso para ler a review desde que terminei o episódio!

    Foi incrivel, Shondalinda ahazando e começo a pensar que o grande problema do ano passado foi Fora do Mapa (Quem se lembra?) e Praticas Privadas, penso que Shonda ficou tão dividida entre os dois dramas médicos e o drama Onanizador, que fez porra nenhuma em nenhuma série, agora que ela esta mais calma ta se focando e fazendo o que faz melhor, nos enganar. Eu curtia muito a Teddy, mas ela tava super bland ultimamente e a trama do Henry morrer foi muito boa, quando a Cristina descobriu fiquei com o coração na mão e o Chief falando que ela ia odiar a todos eles foi tenso. Agora tem que esperar pela volta.. Para sermos ainda mais torturados emocionalmente pela Shonda...

    ResponderExcluir
  7. Estou em estado de choque. Devo até estar tremendo, de tanta tensão que tive com esse epi. Nem sei sobre o que comentar. Só sei que a narração deste episódio foi a coisa mais absurdamente sensata e verdadeira que já ouvi. Vamos parar de reclamar de barriga cheia, e de sofrer por coisas ridículas.

    PS: vou entrar numa caverna e hibernar até janeiro.

    ResponderExcluir
  8. Só eu que entendi que tinha uma tempestade e o medo era cair um raio na ambulância e treco ir pelos ares? Eu acho que o carro na estrada foi atingido, e as pessoas mortas eram o motorista da ambulância deles com ajuda.
    Uma dó do Henry ter morrido e aquela cena da Cristina descobrindo quem era o paciente, realmente não precisava de palavras ...
    Episódio redondinho.
    Greys até 2012.

    ResponderExcluir
  9. desde o tiroteio do final da sexta temporada eu nao ficava com o coração na mão, muito bom mesmo, realmente entrou pra história de greys, e ainda eu pensava até ontem que nao tava nem aí pra Teddy, e fiquei morrendo de pena dela coitada, agora sei que me importo com ela.
    Um episodio fantástico !

    ResponderExcluir
  10. Pra quem não entendeu o lance do acidente:

    A ambulância estragou em um curva, em uma ladeira, sem acostamento, numa terrível tempestade, e com poucos cones para sinalização. Veio o que me parece ser um microônibus, ou uma van, e devido aos elementos que eu citei acima, não teve prazo para visualizar a ambulância, e se colidiu com ela. Os passageiros provavelmente foram lançados para fora do veículo.

    Em tempo: Review ótima, EPISÓDIO SENSACIONAL!

    ResponderExcluir
  11. Gente, esse foi o ultimo do ano??? E outra: Pq mataram o Henry? (Sempre tem um motivo na vida real) Alguem sabe?

    ResponderExcluir
  12. Esse episódio foi FUCKING AWESOME! Meu Deus, desde a Season Finale explosiva da sexta temporada não viámos algo tão bom.
    A tragédia começou aos poucos no final do episódio passado e se desenvolveu de um jeito que parece que os médicos de Seatle Grace Mercy vão perder o controle a qualquer momento. Eu senti muito pela morte do Henry, não por causa da Teddy, mas por causa da Cristina, pois ela na história é que poderá ser gravemente punida logo agora que a Teddy tinha voltado a ter confiança nela. Aquela cena em que o Webber descobre o rosto e Owen conta pra ela quem era o paciente foi partir o coração de quem torce pela Cristina.

    Outro momento que deixou tenso foi o plot de Meredith e Karev na ambulância, fiquei roendo as unhas de ansiedade pelo momento que Karev fosse contar pra ela que ele foi atras do juiz que cuida do caso dela e Zola, mas não aconteceu -chuin D:-

    Essa temporada tá boa DEMAAIS!!! Shondalinda sendo Shondafodona!

    ResponderExcluir
  13. PS: Pensei por um momento que quando Karev abrisse a porta da ambulancia fosse ver que eles estavam na beira de um precipício *--* pelo menos Shonda não fez isso conosco ainda. kkk

    ResponderExcluir
  14. pq todo mundo ta dizendo até 2012 ?????

    ResponderExcluir
  15. O ator vai entrar pro elenco da 5a temporada de True Blood...

    ResponderExcluir
  16. Não vai ter mais Greysa esse ano, a série vai entrar em hiatos e só volta dia 5 de janeiro

    ResponderExcluir
  17. Que ideia de jerico colocar a Cristina pra operar o Henry às cegas, considerando que essa mulher JÁ OPEROU O DEREK COM UMA ARMA NA CABEÇA E A MEREDITA SANGRANDO BEBÊ ABORTADO NA FRENTE DELA. Pressão é isso ae, o resto é resto! Pior que eu me importei de verdade com a Teddy e o Henry nessa reta final, mas não sei se tenho estrutura pro mimimi dela na próxima metade da temporada, e justo agora que a Cristina tava com passe livre no hospital (tava bom demais pra ser verdade).

    Pro episódio ficar ainda melhor no meu conceito, só se tivesse terminado com Meredith e Alex sendo atingidos na ambulância mesmo. É truque barato, a gente sabe que eles não morreriam, mas seria mais impactante do que a cena deles caminhando pela estrada vendo uma fila de mortos que pra mim mais parecia que tinham desmaiado por um vírus megaevil no ar do que pela batida, a cena não fez muito sentido pra mim. Mas foi muito bom mesmo assim! Concordo com você que a temporada tá impecável.

    Pela primeira vez em muito tempo, tá tudo interessante em Grey's, eu quero saber até sobre a merda que o Avery fez na cirurgia enquanto a Callie lia revistas de fofoca. E espero que no próximo resolvam a questão Zola de uma vez por todas, porque tá dando material bom pra Ellen Pompeo, valorizando super a série, mas daqui a pouco chega num ponto que nem a Cristina sem querer operar no ano passado, em que a enrolação tirou a graça do plot.

    ResponderExcluir
  18. Leo, enquanto assisti ao episódio pensei em escrever que tudo foi culpa do vestido JLO mas acabai esquecedo depois de tanto shock value.

    ResponderExcluir
  19. Na minha opinião mataram ele pq isso era uma questão de tempo, desde o começo a história dele tinha muitio cara de Denny Duquete.

    ResponderExcluir
  20. Temporada perfeita, episodio de tirar o folego.

    ResponderExcluir
  21. Só peço uma coisa: Nada de conversas com mortos. Morreu , morreu. Isso aqui não é SFU. Já bastou aguentar um ano de Denny Duquete morto e aparecendo o tempo todo.

    Fora isso, episódio kick ass. A Shoda é fonda!

    ResponderExcluir
  22. Episodio foda. Tb nao entendia o q q o owen ficava indo na porra da OR. Mano nao aparece la se nao quer se complicar/mentir para a teddy. Faria mt mais sentido ele nao aparecer na OR, mas precisava criar aquele clima de Teddy tagarelando bobagens quando o marido ta morto.

    ResponderExcluir
  23. Nosaa que episódio foi esse, Shonda nos deliciando com tantoos momentos tensos de tirar o folêgo. Tava na cara ki o Henry não iria durar tanto neh, mas eu confesso ki torcia por ele e pela Teddy e fui as lágrimas com a resolução disso tudo, coitadinha dela quando souber... Mas tenso mesmo foi quando a Yang se deu conta de kem era, e quando a Lexi saiu, o Chefe Webber jah cabisbaixo, nossa eu sei ki me emocionei bastante com esse episódio... só achei esquisito tbm aquele tanto de corpos e pela cena da batida em slow achei ki o acidente teria sido pior, mas pelo menos o bebê não voou... TUDO BEM KI VAMOS TER KI ESPERAR ATÉ JANEIRO, MAS PELO MENOS VOU FICAR FELIZ POR DEMAIS PQ GREYS E TVD VOLTAM NO MESMO DIA, TEM COISA MELHOR, MINHAS SERIES TOP!!!

    ResponderExcluir
  24. A primeira coisa que eu lembrei quando as pessoas começaram a morrer foi que você havia comentado que tia Shonda fazia tempo não assassinava uns personagens..
    Episódio perfeito! Fiquei mais da metade dele de boca aberta esperando a solução dos conflitos que só eclodiam!
    Máximo!
    Aguardar o desfecho agora não é?!
    Abraço..

    ResponderExcluir
  25. O final shock value me lembrou outro final shock value de Resident Evil kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  26. o plot do Henry querer fazer faculdade de medicina é que deu mais emoção a todas as sequencias de cenas, eu pelo menos torcia a cada instante para que ele pudesse sim realizar o seu desejo de ser um desses que o ajuda tanto, poder contribuir de forma positiva para o ambiente onde ele passou tanto tempo de sua vida..
    A cena 'engraçada' fica para Mark tentando convencer Derek de que eles podem dividir Sofia, afinal ela já tem três pais mesmo. xD

    ResponderExcluir
  27. Diooooooooooogo, o episódio foi tão bom quanto sua review! Que crocancia!! aisuhdishdai

    P.S.: realmente achei a trégua do Derek mais do que esperada! E a conclusão dele de que Meredita iria abandoná-lo me chocou mas, será mesmo uma possibilidade?

    ResponderExcluir
  28. Boa sacada colocarem a cena que o Hunt conta para a Cristina que o paciente era o Henry no mudo! Akela cena sem áudio foi muito mais chocante do que seria se nos tivéssemos escutado o grito da Yang, e minhas lágrimas escorreeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeendo. rs

    ResponderExcluir
  29. Shondalinda mais uma vez nos pegando de surpresa e fazendo nos emocionar com personagens avulsos. Estou doida pra ver o novo episódio, pra ver se a Yang vai perdoar o Owen por ele ter mentido, se a Teddy vai querer matar os dois. Já pensou se ela fica grávida? Coitada, Teddy só sofre nessa série, perdendo os dois caras que ela ama

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe