NCIS 9x06: Thrist

sexta-feira, dezembro 16, 2011


Pobre Ducky...


Eu duvido que eu seja o único espectador de NCIS, que se solicitado para sintetizar "Thirst" em duas palavras, iria escolher essas. Parecia que as coisas estavam indo tão incrivelmente bem para o nosso querido médico-examinador e também filósofo.

Este foi um episódio incomum de NCIS, que apesar de alguns momentos de diversão, não é um dos meus favoritos. A resolução pareceu meio absurda, por diversas razões.

Aos 78 anos, David McCallum é uma lenda viva, uma verdadeira joia da TV americana, e muito divertido de se assistir. Os episódios que são centrados em Ducky são raros e distantes entre si, então você tem que valorizar cada um, algo que ele facilita muito.

O elenco de NCIS está cheio estrelas, e esta semana foi a vez de McCallum brilhar. Semana após semana, as cenas das estrelas pessoais raramente são desperdiçadas, e esta não foi exceção. Ducky é brilhante. Créditos para McCallum e Cheryl Ladd (Mary).

Após uma sequência de fortes episódios, este parecia ser seguir o exemplo... até que não foi mais. Achei meio estranha a reviravolta que desmascarou Mary, uma vez que durante o episódio nada indicava na direção dela, ou talvez eu mesmo fui ludibriado pelo encanto que foi ver Ducky apaixonado.

Depois de tanto tempo Dr. Mallard se apaixonada novamente apenas para que isso aconteça?

Eu já conseguia ver ele em um relacionamento romântico arqueado ao longo de vários episódios, mas infelizmente não vai acontecer. Por outro lado, Penélope (Lily Tomlin) pode ainda estar disponível, e ainda há tempo para um segundo encontro.

O casamento de Palmer está chegando,Duck ... aposto que ela seria sua acompanhante. Ela é uma hippie amante da paz, também.

Decepções à parte, simplesmente não engoli Mary como sendo capaz de tal coisa. Tudo porque Ducky tinha refletido sobre quão improvável era ver algo de novo esses dias? Se ele nunca tivesse feito esse comentário, os militares ainda estariam vivos? Como Mary escondeu seus óbvios problemas mentais dos colegas por tanto tempo? É tudo muito intrigante. 

Também parecia - e eu sei que isto é coisa de detalhista – a equipe de Gibbs teve poucas pistas sobre os homens que se afogaram tentando saciar uma inextinguível sede induzida por êxtase. Até certo ponto, tinha que ser escrito dessa forma para desviar a atenção de Mary. No entanto, os instintos de Gibbs, eventualmente, funcionam e salvam o dia com muita conveniência.

  • Do que Gibbs tem nojo?? - Cérebros Humanos...
  • Cena Hilária foi de McGee e DiNozzo com aquele segurança maluco, muito bom!
  • Ótimo ter Palmer de volta, junto com seus "insights"

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe