The Good Wife 3x12/3x13 – Allienation Of Affection/Bitcoin For Dummies

quarta-feira, janeiro 25, 2012




Allienation Of Affection

A idéia de uma bem-vinda mudança no esquema habitual da série é excelente. Colocar a própria Lockhart/Gardner como alvo de um processo é uma ótima idéia, mas infelizmente é apenas isso.  A ameaça representada pelo processo nunca parece crível, já que todos os personagens parecem se comportar com uma segurança inabalável diante dela, como se não houvesse qualquer perigo de perderem. Quando finalmente de fato parecem temer pelo resultado do processo, a única personagem com quem me importava era Alicia, com o que aconteceria com ela caso realmente ela tivesse cometido um erro e perdido o documento que decidiria o caso.

A pequena disputa entre Eli e David Lee foi um ponto positivo para o episódio. As varias insinuações de que ambos agem como crianças , apesar do que dizem — em certo ponto Eli chega a dizer para Diane que ela pensa estar comandando uma família, para apontar o quão longe da verdade esta essa noção — aponta uma dicotomia no comportamento de ambos, que se dizem adultos mas no momento seguinte agem como crianças,  que não só enriquece as personalidades dos personagens mas também diverte através do conflito mostrado no episódio.

A busca de Will por um advogado para defendê-lo das acusações de Wendy Scott-Carr conseguiu ser engraçada durante as entrevistas dos advogados descartados e interessante por trazer, e provavelmente manter durante alguns episódios, Elsbeth Tascioni, uma das melhores personagens recorrentes da série. Ela sempre parece não ter a mais vaga idéia — ela chega a dizer isso — do que fazer quando na verdade já esta tramando como agir. Ela sorri todo o tempo e parece ingênua, assim com Wendy Scott-Carr, e usa isso ao seu favor para surpreender, como fez nesse episódio.

Bitcoin for Dummies

Mesmo que não fuja da fórmula repetitiva do caso da semana que tanto critico na serie, o tema abordado e alguns detalhes sobre como esse caso especifico é desenvolvido o tornam superior a maioria das tramas semanais de The Good Wife. O segredo quanto a identidade do Mr. Bitcoin, o constante jogo de empurra entre os três suspeitos que funciona muito bem para manter o criador do Bitcoin como uma figura incógnita (só Kalinda conseguiu perceber toda a armação).

É sempre admirável que The Good Wife aborde temas atuais e habitualmente evite exibir algum tipo de julgamento artificial, o roteiro jamais deixa transparecer algum tipo de preferência quanto o tema abordado. A maneira como a idéia do Bitcoin é trabalhada, seguindo o caminho do conflito de gerações — Alicia se mostra resistente a idéia, diferentemente de Zach, que a aceita com naturalidade —, é pouco criativa mas serve para desenvolver o tema de modo eficiente de acordo com as pretensões dos roteiristas para o episódio, que não pareciam querer martelar demais na cabeça do espectador a discussão liberdade na internet.

A investigação de Will pela promotoria se torna cada vez melhor principalmente agora que Alicia foi envolvida. Com a atitude de Kalinda — que consigo interpretar apenas como algo baseado em alguma culpa que esta ainda sinta por Peter ter traído Alicia com ela já que a detetive sempre se mostrou bastante leal a Will — imagino que a situação deva ficar muito complicada para Will, talvez com ele chegando até a ser preso em algum ponto no futuro próximo da temporada. Tendo isso em vista, me pergunto se eventualmente Will acabará se aliando a Peter contra Wendy uma vez que essa já revelou que seu real objetivo é investigar a corrupção no primeiro mandato de Peter como promotor.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe