Revenge 1x11: Duress

sábado, janeiro 14, 2012

Um episódio arrepiante.

Não é novidade para ninguém que Revenge dá um “samba na cara da sociedade” (como diz Camis Barbieri) em todos os episódios. Porém no episódio dessa semana o nível de “samba na cara” foi incalculável. Infelizmente ou Felizmente, o reinado da naja Tyler chega ao fim neste episódio sensacional. Cuidado que o nível de veneno nesta review é altíssimo!

Logo no começo pude sentir que este seria O episódio. O clima tenso com o piano de fundo e a narração ala Meredith Grey fez com que os pêlos da minha nuca arrepiassem (é serio –q), e no meio de tanta tensão voltamos o tempo para entender o porque estava todos reunidos na praia e Tyler com o revolver apontado para sua “família naja”. 

Na review passada disse que estava curioso como Emily iria percorrer o caminho de vingança sozinha. Mas minha curiosidade morreu na praia e felizmente (ou infelizmente) Nolan e Emily fizeram as pazes logo. Ok, nunca irei questionar a química entre os atores e como é bom ver eles destruírem a realeza dos Hamptons, porém estava com dúvidas se Emily é boa mesmo no que faz, ou tudo isso é graças a seu amigo Nolan que a ajuda inúmeras vezes hackeando contas, etc. Bom, ao menos fomos poupados de cenas de um putinho e evitando o outro.

Uma coisa que promete nessa segunda parte da 1ª temporada é o divórcio de Conrad e Victoria. A relação entre os dois nunca foi boa, e se eles jogavam sujo um com o outro enquanto estavam casados, imagina no meio do divórcio? Victoria continua com o advogado que agora sabemos que ele recebeu dinheiro para larga o caso do pai de Emily. Resultado: David Clarke não conseguiu a liberdade provisória pois seu advogado largou seu caso e logo depois ele foi morto na prisão.

 Estou ansioso para saber o que vai acontecer com esse divórcio. Já que Daniel está do lado da mãe e já deixou claro que vai espionar o pai, o advogado que acredito que vai fuder com a ''Rainha dos Hamptons'', e nada melhor que a rivalidade entre Victoria e Conrad.  e os podres vindo a tona.  

Pois bem, se você achou o episódio até agora “água com açúcar”  espere, ou melhor, leia até o final da review para a ‘’minha pessoa’’ tentar lhe convencer o quanto foda foi esse episódio. Desde que Tyler tirou sua máscara e revelou seu propósito eu venho o comparando com  Oliver de The O.C. Ironia do destino (ou não), os dois tiveram praticamente o mesmo fim. 

Não tenho palavras exatas para descrever Tyler neste episódio. Foram um conjunto de cenas que se eu for citar e elogia cada uma delas eu irei fazer o “Terceiro Testamento” (#PiadasFail). Porém escolhi não só a melhor cena do episódio, mas sim a melhor cena de Revenge (#BOOM).
Como não amar o “Jogo da Verdade”? Quando vi que já estava em 37 minutos quando esse Jogo crocante começou, fiquei angustiado. Tyler com a arma apontada para o elenco principal na festa do mocinho Daniel e se gabando foi espetacular! Quando ele mandou Conrad dizer a verdade sobre David Clarke e apontou a arma para Emily, eu fiquei tenso mesmo sabendo que nada iria acontecer com ela. Alguma coisa me diz que Daniel e Charlotte começarão a se perguntar o que Tyler quis dizer sobre "A verdade de David Clarke", o que nos resta é esperar.

Mas como tudo de bom dura pouco o irmão de Tyler chega e faz um discurso que leva todos às lágrimas (-n). Chega o fim o governo do Rei Naja de Revenge, Tyler o Grande! (-q) O melhor de tudo foi saber no fim que tudo aquilo foi uma armação de Emily para tirar Tyler da jogada sem levantar suspeitas para seu lado.
Então é isso, mais um episódio memorável de Revenge que está conseguindo ótimos índices de audiência para ABC e o melhor de tudo: está fazendo um episódio melhor que o outro. Queria pedir desculpar para vocês pelo atraso da review, estava passando por uns problemas e não pude entrar no pc. :(

 Pontos Positivos:
- Atuações  ótimas de Emily VanCamp (Emily), Ashton Holmes (Tyler) e Gabriel Mann (Nolan)
- A cara de cu de Victoria quando Emily apresenta Fals-Amanda
- Sem nenhum draminha teen de Declan e Charlotte
- Cena do "Prostituto" (Tyler) e seu "Cliente" (Nolan)
- Tyler cantando Happy Bithday, e devo dizer até bem.

Pontos Negativos:

- Abertura tosca
- Ashley e sua tentativa de ser naja

 
OBS: Não se esqueçam de rezar para a Madeleine Stowe ganhar o Globo de Ouro de “Melhor Atriz em Drama” Domingo!

@azvpedro

Talvez Você Curta

5 comentários

  1. Revenge está sambando na minha cara! Nem tanto pelos plots, mas pelas atuações e por como eles tem desenvolvido os plots!

    Ashley é péssima tentando ser má, mas minha experiência me diz que devemos ter cuidado com as boazinhas e sonsas como ela.

    Sem draminha de Declan e Charlotte foi TUDO!! ashusda Não sei o que é pior, ele tentando ser macho alfa ou ele tentando ser macho alfa rebelde!

    ResponderExcluir
  2. O pior de tudo é Ashley mesmo kkkk Não aguento essa mulher, pqp. Que venha a legenda do 1x12! Obrigado pelo comentário ;D

    ResponderExcluir
  3. vc esqueceu de comentar a maravilhosa cena da Emily tirando (ate agora não sei ao certo de onde) a carteira e colocando no bolso do Tyler rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkk essa semana quis só comentar os pontos positivos, até mais episódio excelente. Mas esse plot foi macabro...

    ResponderExcluir
  5. A Emily é meio ilusionista, tirou a carteira da manga!!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe