Fringe 4x14: The End Of All Things

sábado, fevereiro 25, 2012


E somente eu fiquei com a sensação de que fui enganado?

Acho que pela primeira vez nessa temporada realmente fiquei insatisfeito após um episódio de Fringe. Quando tudo acabou apenas uma frase veio a minha mente “Ok então... E ai?” Não me entendam mal, achei que foi sim um bom episódio, mas poderia ter sido mais, muito mais, e no final fiquei com aquele sentimento de que algo estava faltando, de que algo não foi certo e que este foi um episódio totalmente filler, porém disfarçado...

Pelo menos essa é a impressão que eu tive de todo episódio, o episódio teve revelações? Teve, mas alguma dela realmente relevante? Acho que não... OK, que entrar na mente do September, descobrir que ele na verdade é do futuro, que Henrynão deveria ter existido, porque não é da “Olivia Certa” ta ok, foi interessante? É... Confesso que esperava mais, realmente fiquei com a impressão de que revelaram sem revelar nada e isso me deixou meio triste...

Sim, triste, mas acho que decepcionado se encaixa bem ai também. Peter inclusive estava muito bobão no episódio, e se ele havia descoberto semana passada de que ele não estava projetando as informações para Olivia, já que ela sabia de coisas que ele não, porque ele simplesmente não falou isso durante o episódio enquanto todo mundo apontava o dedo na cara dele e dizia “Você ta fodendo nossa Olivia, e nem é no sentido literal!” Por falar em foder e sentido literal, confesso que gostei muito de Lincon com ciumezinhos, mas nada, repito nada superou minha reação com Nina Shar-Shifter DIVANDO LINDAMENTE, dei uma gargalhada alta quando ela levantou da maca, pegou aguinha no bebedouro e disse que precisavam catar o Peter... Coisas que apenas Blair Brown proporciona...

Já o teste de Olivia foi algo legal também, mas novamente a coisa do falso desenvolvimento veio, claro que gostei de ver ela com ar megaevil fazendo as luzes brilharem e eletrocutando capanga avulso, e foi nostálgico ver o teste das luzinhas novamente, com a diferença de que desta vez ela devia acende-las, e não apaga-las. Confesso que fiquei achei que Nina Sharp era Sharp, mas vimos que era na verdade Sharp-Shifter e estava enganando Olivia, mas ai fiquei com a duvida de que será que a Nina que vemos na Massive Dynamics era Nina Sharp mesmo, ou Nina Sharp-Shifter? E se for Sharp-Shifter, estaria Nina Sharp Morta? (Sim, eu amo falar Nina Sharp e Nina Sharp-Shifter)

A dica do Observer também foi algo meio que oi? Não entendi o porque ele não podia dar as respostas tudo de uma vez e explicar as coisas melhores, mas tudo bem, porque isso faz parte do mistério de Fringe que deve ser revelado em uma provável ultima temporada – ou não – e isso me deixa com medo porque ainda assim eles são figurar misteriosas e informação nunca é demais... Assim como David Jones, devo dizer de que nunca realmente entendi a trama dele na primeira temporada, ainda não entendo suas motivações agora, e acho legal Fringe ter retornado isso porque nunca foi algo muito claro para mim, e espero que dessa vez deixem exatas quais intenções e motivações de Mr. Jones.

Já Peter e Olivia ainda me deixam confusos e senti que algo ali não encaixou, numa hora Peter diz que aquela é a Olivia dele, porque olhou nos olhos dela e sabia, mas depois diz que não é porque viu o que queria ver, ok, eu sei que toda a trama de Henry foi algo meio pesado para ele – que nem sabia que tinha um filho com BOlivia – mas assim, do nada “Tu Não é minha Olivia, bjs Gata!” achei algo meio forçado, sinceramente, ainda mais pelo fato do que já falei de que ele viu que ela tinha memórias próprias do Universo A.

O Glyph code do episódio foi:

“UNITE”, em português algo como “Unir” ou “Juntar” seria este o grande plano de Mr. Jones? Unir ambos os universos como se fossem apenas um?  Ou será que Peter irá Juntar os dois universos? Talvez também pode se referir a “união” das memórias de ambas Olives... Só sei que esses glyph codes ultimamente vem sendo bem estranhos e misteriosos...

Talvez Você Curta

14 comentários

  1. Também achei as "revelações" muito irrelevantes.
    De fato, tá na hora de Fringe ir pro baú. Só espero que deixe tudo em pratos limpos antes.

    ResponderExcluir
  2. Também fiquei com a sensação que "faltou alguma coisa"....mas gostei do episódio, foram 40 min que pareceram 15...e deixou a sensação de o que vem depois (faltou um to be continued)....e as repostas que tanto disseram que chegariam cadê?? ( o alarde criado, gerou expectativas que não foram superadas)...também fiquei sem entender a reação do Peter, mas talvez ele tenha alguma informação que não temos...de tanto ver pessoas crentes que é a mesma timeline, e que esta olivia é a nossa Olivia eu tava quase desistindo da minha teoria de que estamos em universos diferentes...aí vem o Peter com a convicção de que a Olivia dele tá em outro lugar....(voltando a estaca zero!!)
    Este episódio respondeu uma pergunta ( o que são os observadores) e criou uma série de novas questões:
    1) A Nina é a nina ou temos várias ninas?
    2) Se o erro do September foi ter impedido a cura do Peter e o September meio que diz que a Olivia e o Peter são "predestinados" como a união iria acontecer se eles são de universos diferentes e com o Peter vivo o walter não teria pq atravessar e dar inicio a série de problemas que vimos?
    3) Se o Peter é importante pq os outros observadores querem que ele suma?
    4)Qual o plano do David Robert Jones??
    5)Como ele sabe que o "poder" dá Olivia é "grande" se nem a C-livia nem a nossa Olivia desenvolveram tantas habilidades assim?
    6) Pq ele foi atras da Olivia, cadê as outras crianças tratadas??
    7)Cadê Sam Weiss dessa linha temporal??
    8)Cadê Wiliam Bell?


    tem mais um monte, mas vou rever o episódio...agora sem as expectativas de antes!!!!

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente NÃO gostei da "revelação" sobre os Observadores - Acredito que certos mistérios devem permanecer sem resposta ... e ainda mais quando a resposta foi pífia - ALIÁS, não foi dito que não haveriam aliens nesta série (quando começaram as comparações com The X-Files) ?
    E sim, o ... Vamos torcer que para a volta do LOWATUS melhore :-/

    ResponderExcluir
  4. Mas... Oi? Tipo... Que??? Os observadores não são Aliens, eles são seres humanos do futuro que conseguiram viajar no tempo e por fora dele...

    ResponderExcluir
  5. É como eu sempre digo sobre Fringe, essa série cria tantas perguntas e demora tanto tempo para dar as respostas, que quando elas vem n são mais ''relevantes'' rs assim como Lost. Eu fui cair na armadilha de Fringe antes de saber que era do JJ. e antes de ver o final de Lost, e ainda tropecei em Once Upon A Time que são de produtores de Lost, mas dessa vez com Alcatraz me dei bem pq já sabia que era coisa do JJ. antes, menos uma para ficar com dor de cabeça rs. Essas séries podem ser boas, mas são irritantes, elas criam um certo magnetismo em vc que mesmo n querendo vc n consegue largar até ver o fim, é aquela senssação loca quando vc está assistindo ao episódio e quando termina aquela vontade de ver outro e n tem como ver, só esperando que droga, literalmente.

    ResponderExcluir
  6. Concordo, só cancelando para eu largar essa droga, que eu amo rs

    ResponderExcluir
  7. Ainda nem assiste este episódio e não resisti em ler.

    ResponderExcluir
  8. Pessoal tá preguiçoso. Vamos pensar um pouquinho que dá pra entender.

    ResponderExcluir
  9. Fringe tem essa mania de jogar respostas na cara, mas só explicar capítulos (ou até temporadas) depois que aquilo que a gente viu era uma resposta de fato, alguns ficam furiosos com isso, mas pra mim é o que me faz amar mais ainda Fringe.

    ResponderExcluir
  10. Meu cérebro fundiu na SF da terceira temporada e ainda não se recuperou o suficiente pra criar teorias.

    ResponderExcluir
  11. Caotinhodoanimalsábado, 03 março, 2012

    gostaria de criticas sem teor sexual....

    ResponderExcluir
  12. Concordo plenamente com a Camila, essas series do J.J. Abrams extremamente irritantes pois nunca nos respondem nada, quem viu o final de Lost sabe do que estou falando.
    Então para resolver essa problema eu vejo a serie num tacada só... baixo todos os episódios mas não vejo, e quando sai o ultimo episodio da temporada, tiro um fim de semana para ver tudo de uma vez só.
    Funciona bem, principalmente para Fringe, ver numa sequencia não dá aquela sensação de "ferrou", vou ter que esperar até semana que vem para saber o que vai acontecer, onde tudo vai parar.
    Mas controlar a curiosidade não é bem assim, as vezes escorrego e lá vou eu...

    ResponderExcluir
  13. Anna, o JJ só participou de Fringe mesmo até o meio da segunda temporada, depois disso ele só fica lá e fala alguma coisa por causa do nome dele relacionado e tudo o mais, quem manda, criativamente e executivamente em Fringe é o Jeff Pinkner e o Wyman

    ResponderExcluir
  14. Valeu pelo esclarecimento Leo Gravena!!!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe