Eureka 5x03: Force Quit

domingo, maio 06, 2012


Nem todo mundo tem um final feliz...

E é isso, pessoal! Depois de três episódios acabou a trama da “realidade” virtual e amo como Eureka conduziu essa trama, primeiro que não foi algo rápido, que mal nos importaríamos, e não foi uma trama arrastada e entediante, três episódios foi um bom tempo, equilibrado e bem feito, palminhas para os roteiristas que conduziram essa trama com perfeição, e ainda deram uma chance incrível de Beverly Bitch ter um destaque muito bom, mostrando mais de seu lado “bonzinho” mesmo ela continuando Bitch e mostrando que é a Bitch da série e quem ousa tentar roubar esse cargo deve pagar caro.

Beverly, afinal, veio com tudo nessa vibe de “vamos fazer o bem, sem olhar quem”, sempre gostei da personagem e nunca realmente a enxerguei como uma vilã maligna, que faz o mal apenas porque é legal. Ela tem motivações (meio obscuras) mas acho que ela realmente pensa estar fazendo o bem, e de alguma forma até acho que ela até poderia estar de alguma forma certa, porém como seus planos não são totalmente mostrados fica difícil ter certeza do que ela está fazendo.

Porém é certo que Beverly ficou traumatizada com a morte de Holly, afinal, ela estava ali para fazer seu trabalho, pegando a tecnologia para fazer sabe-se lá o que, mas matar não estava no contrato, ela também deve ter percebido que a coisa toda estava afundando, e ela reconhece que Alisson, Zane, Holly e as outras pessoas da tripulação são sim gênios e podem fazer coisas incríveis, mesmo que ela possa não ter acesso a elas, é melhor que elas existam certo? Então simplesmente adorei ela chegando com cara de “ops, será que causei?”, dizendo que ia ajudar a Carter e Henry a recuperarem a equipe da Astreus.

E ai veio minha parte favorita do episódio, “Carter in Fake-World”, ri horrores com a cara de nojinho dele quando Jo tentava beija-lo e claro, toda a surpresa quando a moça fica totalmente despida em frente dele, afinal, deve ter uma boooa surpresa lá hein. Sortudo é o Fargo que conseguiu dar uma espiadinha e ficou em estado de transe! Quem não continua gostando dessa história é Allison e vou dizer que fiquei com raivinha dela se recusando a acreditar que eles estavam em uma realidade alternativa!

Mesmo assim ela foi lá e ajudou a explodir a Astreus, mesmo tendo achado meio estranho isso de que a explosão iria afetar os computadores que soltariam uma energia infra-vermelha que poderia ser rastreada, e o fato de Jo e sua equipe chegarem em questão de minutos no equador, em um helicóptero, coisas meio estranhas até deixei relevar porque o episódio em si foi muito bom assim como todas as tramas.

E no final, quem se deu mal foi Senadora Wen, quem mandou querer ser mais bitch que Beverly Bitch? Mereceu o que ganhou: ficar presa forever no escritório do Xerife, onde ela não pode causar explosão nenhuma para tentar sair! Agora só vou esperar a volta de Beverly Bitch, arrasando com Eureka e finalmente revelando seus planos todos de uma vez. Afinal, não acredito que Wen era a “cabeça” da organização que Beverly trabalha, e gosto de pensar que tem muito mais por trás disso tudo. A peninha bateu mesmo para Fargo, que foi enganado pelo Carter a acreditar que Holly já havia saído e estava fora da simulação, esperando por ele, assim como Andy, que não entendeu porque todo mundo estava com medo dele.

E assim se fechou a “realidade alternativa” de Eureka, é triste que nem todos tenham sobrevivido, e penso que todos irão se adaptar rapidamente a “vida normal”, tirando Fargo é claro, não sei se esta era a intenção dos roteiristas, mas o personagem sempre foi meio infantilizado e “trapalhão” acho que se levarem ele para um local mais sombrio, como fizeram com Henry na segunda temporada, podem ser feitas tramas incríveis e muito emocionais em cima disso... Mas penso que por enquanto teremos alguns episódios mais “filler” para apenas nos divertirmos após essa avalanche emocional.

Talvez Você Curta

5 comentários

  1. Booommm!! Sen Wen ganhou a pior prisão ever!! Beverly Bitch realmente não estava pra brincadeira e defendeu seu posto de bitch de forma fenomenal!!!
    Foi muito emocionante acompanhar a interação entre reais e fakes: a vingancinha de Alisson mandando fake Jo pro limbo virtual e logo em seguida se deparando com a realJo na missão de resgate, a troca entre os Carters num momento crítico, a mulher de Henry matando o fakemegaevil e depois toda embaraçada com o real, enfim, muitos momentinhos que juntos compuseram um episódio extremamente bom.
    Mega triste por Fargo, gostava muito de Holly e até estava pensando que essa é uma das poucas séries por ai que pode ter casais fofinhos dando certo sem qualquer prejuízo na trama em geral. *_*

    ResponderExcluir
  2. Excelente review de quem tem conhecimento de causa. Vamos sentir falta da Holly e Fargo juntos. Best couple ever de Eureka.

    Todo episódio que faço de Eureka é como se uma despedida de um amigo estivesse se aproximando.
    Infelizmente, tudo que é bom, um dia acaba.

    ResponderExcluir
  3. Holly e Fargo para mim só não era o melhor casal, porque Jo e Zane estão a mais tempo no coração...

    ResponderExcluir
  4. Mais um episódio maravilhoso... agora voltando aos casos da semana. Amo!!!!

    ResponderExcluir
  5. Hahahaha Carter lutando pra ser fiel foi engraçado.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe