Eureka 5x11: Mirror, Mirror

sábado, julho 07, 2012


Conte até três. Pegue o saco de papel. *Respira*. Dois episódios.

Dois episódios para o fim de Eureka. Dois episódios para o fim dessa série pela qual me apaixonei de maneira que nunca aconteceu antes. Dois episódios para sabermos o fim desses personagens que já acompanhamos por mais de cinco anos. Dois episódios, para um final que tenho absoluta e completa certeza de que será memorável. Dois episódios.

Me sinto diante de uma bomba, prestes a explodir, com um final onde nem todos saíram vivos. Calma pessoal, isso não é spoiler ou qualquer coisa do tipo, sei apenas algumas coisas sobre o final, e isso não é uma delas, é apenas um sentimento, de que nem todos sairão vivos dai, e por mais “bonitinho” que seja o final, será traçado encima da memória daqueles que se foram. Sim, quando digo isso penso principalmente em Holly, Fargo, Henry, Grace e Zane. Aposto minhas fichas em que, se alguém morrer, será um (ou mais) dos cinco.

Mas falando no episódio em si, nada me preparou para isso, pensava que seria uma trama fechada, talvez no final algo que começasse a levar para os últimos episódios, mas definitivamente não esperava pelo show – porque foi um verdadeiro show – de roteiro, atuações e ótimas situações que encontraríamos. Acho incrível a maneira que estão trabalhando o roteiro amarrando tudo de uma forma tão incrível e bem feita, que realmente é bonito ver tanta dedicação dos roteiristas em concluir as tramas criadas a partir do começo da quarta temporada que sem duvidas deveria servir de exemplo para muitas séries mais famosas e aclamadas por ai.

Grace e Henry estão tendo uma trama tão intensa, bonita, dócil... É até estranho falar muito deles já que ambos estiveram sempre um pouco apagadinhos, mas ultimamente eles vem sendo bem emocionantes, desde que Grace se revelou como a espiã sabia que essa trama ainda renderia, mas foi chocante ver que Henry estava ainda mais envolvido com tudo e que inclusive ele foi o responsável por recrutar a Senadora (Bitch) Wen. OutroHenry se mostrou uma puta duma quenga desgraçada e aposto inclusive que talvez seja ele próprio que esteja por trás de tudo. Minha única duvida quanto a isso é o fato de Beverly não ter mencionado absolutamente nada quanto a isso, ainda mais levando em conta que eles ficaram sozinhos enquanto Carter estava na Matrix. Mas talvez isso seja resolvido mais a frente, ou não.

Já Holly definitivamente não tem descanso, não basta ela morrer, ficar presa na matrix, virar um holograma, ganhar um corpo e ficar louca, ela agora tem que ser possuída pela mão megaevil hipnótica e se tornar vilã megaevil? Sério? Só não vou dizer que odiei isso porque Felicia Day com ar megaevil fica ainda mais linda do que já é normalmente. Vou dizer a verdade e dizer que assim que vi a mão pensei “Beverly Bitch voltou!”, mas conforme o episódio foi se desenrolando fui começando a descartar a possibilidade e apostar mais em Senadora Wen e/ou a própria Matrix como local, um vírus ou algo do tipo, parecido com o filme “Matrix” mesmo...

Admito os clones megaevil foram tensos, a cena em que Jo-Robô estava no escritório de Fargo me trouxe um desconforto tão grande que não sei explicar direito, em contraposto, devo dizer o quanto amei a cena de Jo na floresta com os “espelhos” aparecendo, foi incrivelmente bem feita e tensa. Volto a destacar que toda vez que Andy fica “evil” eu tenho fico com medinho devido a seu sorriso psicopata. A cena final com Carter vendo seu clone ser formado foi formidável, me deixando com muita vontade de ver o final, mas sem nenhuma vontade de ver, já que Eureka está acabando, e logo terei que me despedir desta série fofa e lindinha que me fez muito feliz enquanto durou.

Talvez Você Curta

5 comentários

  1. OHH, eu não estava preparada para ver esse epi de terror psicológico. The cylons estão invadindo Eureka!!! OMG!! E o epi não acabou! Foi tudo muito inesperado, to chocada aqui.

    ResponderExcluir
  2. Hahah Nikky, nem tinha visto a relação com os Cylons

    ResponderExcluir
  3. nossa muito terror psicologico, essa ta serie ta muito bem elaborada, esse final ta muito crocante, fiquei o episodio inteiro numa tensao terrivel hehe

    ResponderExcluir
  4. Leo Gravena:

    Lembra de mim de Southland?

    Estou zé-povinhando uma série que eu não vejo só para te fazer uma pergunta mto importante:

    Afinal, foi vc que me recomendou Castle?

    ResponderExcluir
  5. Zanza, eu não sei porque eu não vejo Castle, mas eu ja falei da série para algumas pessoas porque uma amiga minha ve e gosta.. E claro que lembro de você, #SuaLinda!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe