Continuum: Season 1

domingo, agosto 26, 2012



"Vinte anos atrás quando as corporações socorreram nossos governos falidos, elas se venderam a nós como nossa salvação. Agora vemos que pagamos por isso com a nossa liberdade.”

No dia 27 de maio deste ano, estreava na Showcase uma série de ficção-científica com uma premissa bastante comum em séries dessa categoria: a volta no tempo! Continuum se descrevia como uma série focada em Kiera Cameron (Rachel Nicholls ), uma policial de 2077. E nessa época o mundo não era nada democrático, e sim dominado pelas grandes corporações (acho que já vi isso em algum lugar), mas contra tudo isso, eis que existe um grupo, considerado obviamente como terrorista, o Liber8, que possui um elaborado e drástico plano: Voltar no tempo, até 2012, para garantir que os “chefões” desse novo mundo, não viva muito tempo para dominar tudo! Enfim: modificar o passado, para controlar o futuro!

E o piloto começa justamente mostrando a vida da nossa protagonista Kiera em 2077, trabalhando como policial em uma execução do grupo terrorista, mas eles tinham um plano e estavam prontos para colocá-lo em ação! O que de fato ocorre! Mas o inesperado acontece quando Kiera acidentalmente é transportada ao passado com os terroristas. Claro que ao chegar em 2012 eles já tinham um objetivo em mente e se situam rapidamente nesse tempo, ao contrário de Kiera, que está totalmente desnorteada com o ocorrido.

O que ela não esperava era contar com a ajuda de um nerd adolescente que de alguma forma consegue “acessar” todo o seu sistema! Esse é nada menos do que o Alec, isso mesmo... em 2077 ele é um homem poderoso, em 2012 apenas um jovem que vive em uma fazenda e com tecnologia nas veias! Logo Kiera entra para a polícia local, se apresentando como responsável pela investigação dos casos ligados ao Libert8, uma célula terrorista. Quem entra na história é o detetive Carlos como parceiro de Kiera e a partir daí, a série começa a se desenvolver, Kiera vai se localizando dentro desse novo mundo com seus equipamentos futurísticos e com a ajuda valiosa de Alec. 

Todos os casos semanais norteiam os objetivos do Libert8 e sempre pincelam o futuro, mostrando a vida profissional e pessoal de Kiera, ao mesmo tempo em que essa tenta descobrir alguma forma de voltar para casa. Entre os plots ainda temos a família do Alec que possui uma linha revolucionária na série, principalmente o meio-irmão (Julian) que mais tarde descobrimos ter grande influencia no futuro Kagame (líder atual do Libert8). 

Depois de diversos casos que tentam mudar o futuro, Continuum encerra sua primeira temporada com uma Season Finale muito intensa e com acontecimentos importantíssimos, criando altas teorias e possibilidades para a próxima temporada (sim! A série foi renovada!!). Kiera por suposto não voltou pra casa ainda, e o Alec pouco a pouco vai descobrindo quem ele vai se tornar no futuro, já que boa parte do que está acontecendo em 2012 foi ideia dele!

Pra finalizar a temporada com mais informações que nos deixam mega curiosos, nada melhor do que o Alec descobrindo que ele vai se tornar um cara mega evil no futuro... e além disso a Kiera descobrindo que foi mandada para o 2012 com um propósito maior... 

Então gente, é isso! A série que no início fica meio procedural volta aos trilhos, revelando uma mitologia central bem interessante e tenho certeza que há muita história pra se contar! Ano que vem tenha mais Continuum pra gente e claro que o Seriadores Anônimos tem sempre a review pra vcs!!!

P.S.: A Showcase, canal canadense, anunciou a renovação de Continuum para uma segunda temporada de 13 episódios, que começam a ser exibidos no verão de 2013. 

P.S.1: A season finale, End Times, foi o final de temporada mais assistido na história da emissora.


Talvez Você Curta

4 comentários

  1. Até que enfim alguém escreveu sobre Continuum! Adorei a série, não sei pq mais gente não aderiu e aposto que a segunda season vai ser foderástica!!!

    ResponderExcluir
  2. pode ter certeza que vai ter review de cada episódio da próxima temporada!!! Continuum é demais!!

    ResponderExcluir
  3. Essa temporada inicial de Continuum foi muito boa mesmo. Ainda mais por ser uma produção inteiramente canadense.
    Espero ver Rachel Nichols toda semana por muito tempo ainda.

    ResponderExcluir
  4. Amei essa série, tow muito viciada em SciFi... Mas assim, o plano deles era voltar apenas alguns anos....parece que eram só 5 anos...e acabaram voltando 65... assim...foi o que eu entendi...talvez o Alec soubesse onde eles iriam parar, mas eles não.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe