Weeds 8x09: Saplings

quinta-feira, agosto 30, 2012



Coisas muito importantes aconteceram no intervalo entre este e o último episódio, só que ninguém viu.

O que foi essa sumida da Jill? Não tinha ficado tudo certo entre Andy e ela no episódio passado? Por que ela foi embora logo agora que ela e Nancy estavam se dando bem pela primeira vez na série? Já são de conhecimento do público os rompantes da personagem, mas por que nos privar de ver os acontecimentos que levaram Jill a tomar tais decisões?

Onde está Stevie? Jill o levou para Oklahoma e não houve uma menção de Nancy sobre o ocorrido no episódio ou ela esqueceu que tinha de buscar o caçula no treino do futebol quando resolveu viajar com Silas para a Carolina do Norte?

Aliás, depois de uma temporada inteira brigando para sair da zona de controle da mãe, por que Silas levou Nancy numa viajem para conhecer seu suposto novo trabalho? E quem em sã consciência iria contratar alguém que precisa de um aval materno para conseguir emprego mesmo com mais de 20 anos nas costas? E o Silas é mesmo tão burro ao ponto de achar que a sua maconha permanecerá “intacta” após o processo de fabricação dos cigarros?

O único que se mostra um tanto abalado (ou mesmo consciente) a respeito desses eventos que não foram televisionados é Andy. As cenas que envolveram ele conversando, abertamente e na presença de uma criança, com o rabino Dave sobre como um foi largado pela namorada e o outro comeu Nancy em seu escritório foram as melhores do episódio. Pena que tudo isso culmina no casamento relâmpago de Andy e uma garçonete aleatória, destruindo todo o processo de amadurecimento que o personagem sofreu nos últimos episódios.

O roubo do carro “emprestado” de Shane até que foi engraçado e pode desencadear uma série de complicações que finalmente darão alguma ação para a vida do personagem. Por outro lado, a história de Doug com os desabrigados não foi completamente sem graça, mas aparentemente nunca se desdobrará em uma trama mais interessante. 

Enfim, achei um tremendo descaso dos produtores nessa falta de fluidez na continuidade da série neste episódio. E logo agora que tinham achado uma função para Jill, após algum tempo subutilizando Jennifer Jason Leigh. Ainda que fosse indisponibilidade da atriz, há maneiras melhores de concluir uma história tão importante em vez de ignorar pontos cruciais da trama, como o fato de Nancy ter lutado tanto para ficar ao lado de Stevie e nem sequer ter mencionado o menino, preferindo passar o capítulo inteiro cuidando de seu primogênito como se este fosse um garoto de 12 anos. 

Porra, Weeds!

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. É foi uma bosta mesmo.
    E vc disse tudo na primeira frase..... ninguém viu!!!
    E só faltam 4 episódios...... uma pena!

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe