Merlin 5x03: The Death Song of Uther Pendragon

domingo, outubro 21, 2012



É hora de começar a caminhar com os próprios pés.

Um elemento constante nas temporadas anteriores de Merlin foi a divergência de opiniões entre Uther e Arthur Pendragon. De um lado, tínhamos um rei severo, que não perdoava ninguém e governava seu reino com frieza; do outro, o jovem bondoso, que ouvia seu povo e colocava o amor sempre em primeiro lugar. Com a morte de Uther, Arthur tem a chance de pôr em prática o que antes não passava de teoria para ele. Em três anos sob seu governo, Camelot prosperou. Mas embora esteja ocupando um cargo supremo, ele ainda se mostra inseguro e com saudades do pai. 

E, durante o resgate a uma sacerdotisa que estava condenada à fogueira, Arthur recebe dela o Chifre de Cathbadh, um artefato mágico que tem o poder de abrir a porta do mundo dos espíritos. É nessa hora que as decisões de Arthur se mostram totalmente diferentes da de seu pai, pois em posse do Chifre, ele não pensa duas vezes em ir ao local sagrado e invocar o espírito de Uther. Mas as coisas acabam não saindo com Arthur queria, pois seu pai não quer ouvir nada do que ele tem a dizer, e o recebe com críticas à todas as ações feitas por ele desde que assumiu o trono. Da criação da Távola Redonda até seu casamento com Guinevere, Uther não perdoa nada. Chateado com o pai, o atual rei de Camelot regressa ao castelo sem saber que, graças a um descuido dele, o espírito de Uther conseguiu escapar do mundo dos mortos.

O episódio em si foi bem simples, mas ajudou a mostrar ainda mais a evolução dos personagens depois dos três anos que não forma mostrados a nós, telespectadores. Arthur, que no início do episódio se mostra como o rapaz inocente e submisso ao pai, ao ver o que o espírito dele está fazendo mal a seus amigos, resolve agir e mandar ele de volta ao mundo espiritual. Confesso que esperei que, devido a repreensão de Uther, Arthur poderia, de alguma forma, fraquejar e voltar atrás em algumas de suas decisões. Mas Arthur pôde ver o quão seu pai estava errado antes, e termina dizendo aquilo que todos nós já sabíamos: o tempo de Uther se foi, agora é a hora de Arthur governar.

Merlin também se mostra muito mais seguro do que é, e do papel que representa para com o futuro de Arthur. Ele deixa que o rapaz vá em busca de seu pai, mesmo sabendo do perigo que eles poderiam correr. Mas quando vê o perigo em que ele se meteu, não mede esforços para protegê-lo e tentar resolver as coisas. Só não entendo o porquê dele ainda esconder de Arthur que é um feiticeiro. O modo como ele confirmou a Uther que sim, possui magia, foi tão impactante e forte, que mais do que em outras vezes, queria muito que Arthur estivesse acordado e descoberto a verdade.

O retorno de Anthony Head como Uther foi ótimo! O ator conseguiu passar muito bem a frieza do personagem, que coloca o reino acima de qualquer coisa (inclusive de seu próprio filho). Mas espero que essa tenha sido mesmo sua despedida! Os efeitos especiais estavam muito bem feitos - até por não serem tão exigidos. E eu até já consegui me acostumar com a peruca de Gaius!

Bom, o meu temor de que a série pudesse cair na mesmice por enquanto se provou sem necessidade. Espero que continue assim por um bom tempo! E vocês, o que acharam da Canção de Morte de Uther Pendragon?

Talvez Você Curta

6 comentários

  1. Sou suspeita para falar, mas o retorno do Anthony Head foi maravilhoso. Muito medo dele.
    Adorei a segurança de Merlin e essa mania de "desmaiarem" Arthur todas as vezes que ele faz algo relacionado a magia já deu no que tinha que dar. Arthur não seria um diferencial para o povo mágico? Cadê isso acontecer?

    ResponderExcluir
  2. Olá, Gustavo
    Merlin é uma excelente série, com dinâmicas bacanas entre os personagens, com estórias bem construídas, não entendo pq não faz tanto sucesso quanto deveria.

    Sua review foi dez. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Rik! Eu tenho comigo que muita gente se apega muito aos (d)efeitos especiais da série, que nas primeiras temporadas são beeem sofridos mesmo. E como eu já disse, quem acaba fazendo isso, perde a grande chance de acompanhar uma série única e divertidíssima!

    Obrigado pelo comentário!

    ResponderExcluir
  4. Eu também fico agoniado com esse recurso, Fabi! Cadê Arthur abrindo as portas de Camelot para o povo mágico?! D:
    Só espero que isso não demore mais umas cinco temporadas pra acontecer, porque acho que a partir do momento em que o Arthur descobrir sobre o Merlin e tudo que ele já fez por ele, as coisas vão mudar ainda mais.

    ResponderExcluir
  5. Eu estou na torcida que eles revelem até o season finale. *dedinhos cruzados*

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe