Homeland 2x10: Broken Hearts

sábado, dezembro 08, 2012



Quem é o terrorista?


O quão fácil é identificar um terrorista daquele que o persegue? Na realidade, apesar de uma classificação dicotômica ser impossível, é fácil diferenciar os lados mesmo que às vezes suas atitudes se assemelhem. O que aconteceria se víssemos o mundo através da inteligente manipulação apresentada pela ficção? Essa é a idéia de Broken Hearts.

Colocando em um mesmo episódio um discurso sincero de Nazir, defendendo o que faz como uma luta justa, e a referencia ao acobertamento do que Estes e o vice-presidente fizeram, é criada uma comparação inevitável da dedicação de um homem que, mesmo que sua causa seja absurda, lutará por ela até o ultimo instante com outros que se preocupam apenas com os próprios futuros.

Ao dizer que Carrie é incapaz de entendê-lo por causa do seu estilo de vida, da comida orgânica, das casas de praia, Nazir poderia falar sobre as preocupações mesquinhas de David, que, enquanto tem que impedir um ataque terrorista ao país, esta mais preocupado em evitar que Saul conte o que sabe. Diante disso, a determinação de um terrorista em cumprir seu objetivo chega a ser enaltecida e a imagem daqueles que devem impedi-lo (a CIA, no caso) menos glorificada.

Saindo do escopo das idéias abordadas no episódio, partindo para um nível mais pessoal, a busca de Brody pelo código que mataria Walden e salvaria Carrie, resume a sua natureza partida. Ao mesmo tempo em que deseja uma vida normal, já inalcançável, virando as costas para o terrorismo que abraçara, ele não abandona seu desejo de vingar a morte de Issa, o que é revelado de maneira excepcional pelo prazer e alivio expressos por ele ao assistir a morte do vice-presidente.

O que vai acontecer com Brody no futuro é uma grande incógnita. Os elementos conhecidos da vida do personagem desapareceram: seu casamento acabou, como mostram as cenas em que sua família se sente completamente desconfortáveis na presença dele, sua vingança esta completa e Nazir não confia mais nele. Diante disso, e com Carrie e Saul sendo vistos como ameaças por David, esse trio pode acabar tendo que trabalhar junto para se proteger.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. O próprio Nazir ficou ao lado da Carrie ameaçando o Brody? E o pior de tudo, ele estava sozinho? Sério, não consigo acreditar que o grande boss da série fez esse servicinho de peão.

    Gostava mais de quando a série era mais sobre política/terrorismo e menos sobre relacionamentos. Até os personagens, principalmente a Carrie, tinham uma profundidade maior.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe