Mad Men 6x01/02: The Doorway

segunda-feira, abril 08, 2013


Aloha!

Mad Men retornou igual terminou sua temporada anterior, não perfeita, mas com tudo para uma temporada que promete!

A grande verdade é que Mad Men não é uma série para qualquer um olhar e se apaixonar, ela depende de sua habilidade de decifrar emoções sem palavras, captar a intenção dos personagens mesmo que nenhuma palavra seja dita.

Não é por menos que Don passou quase dez minutos de episódio sem soltar uma palavra, claro que tudo isso se desprende da falta de conforto que ele passa com sua atual esposa.

Enquanto para ela tudo parece progredir em mar de rosas, é possível perceber que Don já se sente preso ao casamento que já não é mais o mesmo, até por que ele já mudou muito, e nada mais conveniente que as suas atitudes se tornarem mais profundas, mas não acredito que há o intuito de ele se separar de Megan tão cedo.

Uma coisa é certa: Don está traindo Megan.

Apesar de não terem deixado escrachado acredito que logo teremos a comprovação disso.

Não sei se isso é o que está mantendo ele acordo, mas com certeza não é o trabalho.

Se aprendi algo com Mad Men é que as pessoas não mudam, apenas tendem a se adequar ao que mais lhes convém.

Roger continua sua vida miserável em busca de sentir algo, como ele próprio disse ao terapeuta por diversas vezes. E Don está fadado a relacionamentos que não dão em nada e a trair.

Mas, quem pode mudar seu destino é Peggy que agora é chefe e vive o sonho do qual ela correu atrás, fiquei feliz de não terem a tirado da série, já soltei um sorrido ao ver na opening seu nome.

Já Fat Betty em sua jornada em busca da jovem Sandy foi mais uma vez um fracasso, apesar de não ser fã da personagem eu gostaria que pelo menos uma vez ela conseguisse ser feliz, ou algo do gênero se é que isso é possível.

Então enquanto Don continua seu ciclo de declino emocional, Peggy continua a crescer.

Quero muito saber o que nos aguarda nessa temporada e vocês o que estão esperando?

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe