Switched at Birth 2x18/19: As The Shadows Deepen/What Goes Up Must Come Down

quarta-feira, agosto 14, 2013


Essa é minha cara procurando uma frase pra abrir o post.

Antes de mais nada queria pedir desculpas pelo atraso nas reviews. Ando mega ocupado, com a assiduidade do Banco de Séries desmoronando cada vez mais, e Switched at Birth resolveu não ajudar. Não sei o que está acontecendo. Não sei se é o meu estresse, se estou pedindo demais, mas não vejo mais a regularidade e diversão que eu costumava ver em SAB. Não penso em largar e tem todo aquele draminha adolescente, que é uma das propostas principais, mas mesmo assim, parece que falta algo.

Começando por Daphne e Jace. Eu era louco pelos dois juntos, mas os roteiristas fizeram o favor de jogar água fria e cheia de cloro neles. Jace, mesmo dizendo algumas coisas legais às vezes, já está meio over nessas chantagens e política tortamente correta. Daphne também. Adorei a bronca que ele dá nela sobre mentir pra si mesma, mas foi só. Trazer Chef Jeff de volta só pra desestruturar o namoro deles também foi meio qualquer coisa.

Bay e Ty também está um porre, sério. Acho que já deixei bastante claro que não gosto dos dois juntos e torço pra ele sumir logo, apesar de ser o favorito dos fãs. Para minha tristeza, com o cancelamento de The Lying Game (que já é triste demais por si só) vai manter o ator em SAB. Não dá pra saber a intenção dos roteiristas, fazendo Bay se encher de dúvidas quanto a Emmett, ao passo que Ty diz que a ama. Meu palpite é uma acentuação desse triângulo e já vou começar a fazer meus cartazes a favor de Emmett, que parece estar voltando ao que era antes, em vez do pé no saco que ele estava se tornando em relação ao implante do pai.

Legal, falando nisso, esse plot do implante coclear. Pode parecer meio whatever pra algumas pessoas, mas eu acho bacana, porque, mesmo não fugindo da dinâmica dos surdos, é uma nova perspectiva apresentada na série. E até ajudou Melody a achar um pretendente bonitão.

No mais, temos John tentando compensar Regina por ter salvado sua vida, Travis e Mary Beth se prometendo um casal fofinho, Kathryn pensando que Daphne tem um caso com Coto, reapresentação de Deafstein... Tudo tão qualquer coisa ou que não passa de bacaninha.

E aí eu resolvo chocar todo mundo elogiando um dos plots mais [des]interessante da TV. A chatice continua lá e estou cagando pra esse lance do assassinato do pai de Nikki, mas o drama sugere uma nova personalidade da moça e no promo tem até despedida de solteiro. Como não tem como ficar mais chato, tenho boas expectativas aí.

P.S.: Isso é tudo que consegui reunir desses dois episódios. No aguardo por melhoras.

P.S.:  SAB renovada!

P.S.: Pelo visto teremos uma Summer Finale, o que indica que essa temporada terá 200 episódios também.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe