It’s Always Sunny in Philadelphia 9x01: The Gang Broke Dee

sábado, setembro 07, 2013


The Joke's on Me!

It's Always Sunny in Philadelphia está de casa nova e finalmente resolveu aparecer aqui no seriadores. Desde que entrei para essa casa, que tenho a ideia de cobrir essa que é a melhor comédia da atualidade, se pá, a melhor de todos os tempos, porém, sempre me faltou coragem. É muito difícil você falar sobre uma coisa da qual você é muito fã, e esconder sua total falta de imparcialidade nas entrelinhas. Por isso passei  dois anos criando coragem para assumir as reviews de IASIP. Com essa mudança de casa da série para a FXX, e adição de um cromossomo extra, vi nascer o timing perfeito para vir à público e assumir meu amor por ela.

No retorno para nada menos que sua nona temporada, Rob, Glenn e Charlie provaram mais uma vez que não aprovam o mais do mesmo, e que quando as suas fórmulas, às quais eles são muito apegados, estão prestes à cair da mesmice, é porque é hora de dar uma mudada nas coisas. Não sei para vocês, mas para mim desde que Dee ficou grávida, e ainda assim eles continuaram tratando ela como se fosse uma indigente, que essa pira de toda a Gangue ficar tirando com a cara dela já não tinha mais a mesma graça. O objetivo dos criadores era nos lembrar então, porque que tudo ainda era muito engraçado.


Eu pergunto à vocês, que graça tem tirar uma pira com a cara de alguém que já está fodido, que não se defende mais? E era o que vinha acontecendo de uns tempos pra cá. A personagem já não se importava mais, e já tinha aceitado o seu "posto inferior" dentro da Gangue. Aquela abertura, em que ela começa à cortar as piadas de todo mundo, foi muito engraçada e ao mesmo tempo revoltante (sentimentos que andam aliados quando se trata de IASIP). Não tinha nem um minuto de série ainda e eu já estava rindo feito um condenado da cara deles vendo que suas piadas já não funcionavam mais. Ao mesmo tempo compartilhava da mesma revolta, afinal se ela mesma começar a ter auto piedade, que graça tem zoá-la?

Volto a reiterar que estava mais do que na hora de nos lembrar o porquê que sempre foi tão engraçado rir da cara de Dee. Assim como o seu irmão, Dee Reynolds é extremamente soberba e prepotente, à ponto de passar a sua vida investindo em uma carreira para a qual não tem o mínimo talento, apenas porque não se importa minimamente com a opinião das outras pessoas. Estava na hora de lembrar à todos que desenvolveram uma piedade pela personagem ao longo desses anos, o porquê que ela não merece ser tratada diferente de ninguém ali, e que ela é lixão igual à todos eles. E para ver alguém soberbo, nada mais ideal que entregar poder em suas mãos e ver como ele se engrandece com isso.


Mas a pira toda por trás do roteiro estava em tirar uma com a minha, e com a sua cara. Afinal, compramos aquela história do começo ao fim, juntamente com Dee. Que a personagem estava em ascensão, que tinha ofuscado o contador de piadas de diarreia, e que agora estava nada menos que à caminho do Conan. Que ia dar alguma merda, todos nós sabíamos, mas pela forma como o roteiro estava sendo encaminhado, a impressão que ficava é que ela ia golfar no palco inteiro do programa, pagar o maior mico de sua vida e voltar com o rabo entre as pernas. O que não esperávamos é que tudo não passasse de uma absurda farsa, que apenas IASIP fosse capaz de promover. Eu sempre falo que a série tem uma licença poética tão grande para absurdos, que fora ela, apenas os desenhos da FOX e similares o fazem. 

Nas entrelinhas do roteiro, como em qualquer outro episódio da série, rolou mais uma crítica social, e dessa vez foi contra o humor "Zorra Total". Sério, a parte em que eles fazem a crítica aos cansativos "bordões", em cima dos quais muitos comediantes se fazem, foi realmente genial, a parte dos efeitos sonoros então nem se fala. Saber que esse é realmente o tipo de humor que entretêm a maior parte da sociedade, é realmente lastimável... Mas afinal, o que pode fazer uma série que já está há nove anos na estrada para se reinventar e não cair no ridículo de ficar sempre repetindo as mesmas fórmulas? Qual o diferencial que deu à eles o poder de serem carro chefe desse novo canal da FOX? Mostra não só uma preocupação dos criadores com a atual qualidade do que fazem, mas também se isso serve de entretenimento de primeira para o seu público. E o maior teste para ver se tudo ainda funciona, foi o fato de termos todos sido surpreendidos pelo fechamento do episódio. Vida longa à melhor série de comédia da atualidade! Até semana que vêm! 

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe