S.A.Maratonas #10 - Orange Is The New Black, Temporada 3

sábado, julho 04, 2015


A Big Hetero Hello To All Of You! Não vai faltar miojo para quem se dispor a suar na calcinha ouvindo esse programa, que celebra o milagre da 3ª temporada de Orange Is The New Black, que dividiu opiniões ao mudar o ritmo da série e caprichar em temas feministas, religiosos e ligados a direitos humanos, sem esquecer o humor envolvendo correspondências das detentas com feticheiros, venda de ecstasy fake, métodos ching ling de se conseguir comidinha de qualidade e a tensão de fazer jogos de espionagem com a Ellen DeGeneres megaevil.

Esse podcast é como um mergulho milagroso no lago, um toque mudo que vai no fundo da sua alma, uma grande fanfic traduzida no Novo Testamento, uma carona oferecida e jamais retirada que vai mudar o seu mundo para sempre. Quem ousar não escutá-lo depois de todas as melhorias ocasionadas pela privatização terá que lidar com um cabo de vassoura cheio de farpas.

Qual foi a sua opinião sobre a temporada? Suas detentas e flashbacks favoritos? Seria Orange Is The New Black a única série que mantém constante o poder de poussey na atualidade? Ruby Rose também traz à tona seu lado eclético? Você já desistiu de seus talentos artísticos por causa da grosseria de tia Joaquina? Repercuta e desabafe com o nosso culto, que precisamos desse retorno para nos tornar seitistas cada vez melhores!

Assine o feed o feed do S.A. na iTunes Store e receba os novos programas diretamente no seu iThing.

 
Nosso e-mail: seriadores@gmail.com
Assine o podcast: Feed / iTunes

Participantes

Talvez Você Curta

20 comentários

  1. VALERIANA BARROSsábado, 04 julho, 2015

    Adorei esta temporada de OITNB.

    ResponderExcluir
  2. Essa terceira temporada me fez desgostar de alguns dos meu personagens preferidos, simpatizar com outros que até então eram insignificantes. Mas o que mais me surpreendeu foi o fato de me importar com a Soso e até sorrir vendo ela e a Poussey juntas.
    Antes da temporada ser liberada vi, li e ouvi em vários lugares noticias sobre a Ruby Rose em OITNB, estou até agora esperando acontecer algo de interessante com a personagem dela que nem o nome eu consegui gravar, tamanha insignificância.
    A Alex do flashback da 1° e 2° temporada não a mesma dessa 3°, achei bem desnecessário essa choradeira ao voltar pra cadeia. Só consegui me importar com esse plot da paranoia pois jurei que a Ellen Degeneres tava lá pra matar ele mesmo, me trolaram.
    A Dayanara podia muito bem trocar de lugar com a Nicky na segurança máxima.

    Ri muito da Alê Barbieri a da Camis Barbieri discordando em tudo, lembrou muito eu e minha irmã.

    Senti falta da Erika reclamando não gostando de todos os personagem da serie.

    ResponderExcluir
  3. Migaaaaaaaaaaaaaaas <3

    Bom, eu sou um desses que não curti muito essa temporada MÃÃÃÃÃS gostei dessa mais que a segunda, por motivos de Vee odiosa e só aparecia aquela mulher e me irritava. Confesso que meu motivo principal por não ter gostado foi OS TRÊS PERSONAGENS QUE MAIS GOSTO NADA ACONTECE FEIJOADA. Tipo Poussey linda que não teve plot praticamente, Nicky enxotada no episódio 3 e Sophia que teve um plot decente só no final e o que me dá esperança de que ela seja melhor na próxima temporada devido ao buzz estrondoso que ela vem causando #oremos

    ACHO que um dos motivos que o povo não curtiu também, é de sairem de uma maratona de sensoitos que foi pegada do meio pro final todo episódio ai semana seguinte sai OITNB mais ''calma'' e isso afeta. ACHO. Cansa fazer duas maratonas em praticamente uma semana e como tenho TOC não consigo deixar pra depois. #errourudenetflix

    Quero muito flashback da Sosonga <3 Meu quarto fav. Sou que nem Lindsão, varios são favs.

    Nessa temporada consegui odiar mais a Alex, se é que é possível e curti mais a Piper, rainha do cadeião, dona do lotação. Ela ta desenvolvendo grazadeus e não tá aquela imbecil do começo.

    Gente e Dayanara? SOS que mulher chata. Eu shippei com tanta força nas duas primeiras temporadas e nessa temporada que morte horrível.

    Pensatucky que eu nunca tinha gostado agora meu Deus, fiquei com uma vontade de descer o applause na cara daquele policial e temo por latininha agora :/ mas as Latinas não vai ficar quietas #todostorcem

    Marisol rainha <3 E Japonesa/Coreana/Chinesa deusa <3 Os dois flashbacks que mais gostei foram dessas duas.

    Queria muito uma mafia asiática na cadeira tipo Awkawrd com essa véia comandando e Soso ao invés se infiltrar no grupo das negras (no qual foi lindinho aquele final) também estivesse. Seria dignissimo.

    Agora no aguardo da próxima temporada e que minhas favs, que não são poucas, façam algo.

    Sou #teamAlelinda e sempre shippei Piper e Nicky <3

    No aguardo de SAM de SensOito porque quero sentir todos Q

    Beijo LeozioLindo :* Beijo CamisDiva :* Beijos AleDeusa :* Beijos Mozão :*

    ResponderExcluir
  4. Gostei dessa temporada... me cansa a história da daya .... red com romance com kara lá me enfraquece também. ..mas a menina pastora caipira pensatucky estava possuída nessa temporada junto com a boo me fizeram chorar . ...sou a favor que a Alex morra história chata atriz chata morre diabo...mas essa série e ótima o elenco é incrível. ...vocês maratonando me tiram da depressão só alegria..

    ResponderExcluir
  5. Aquaman, O Lego Emodomingo, 05 julho, 2015

    #VoltaÉrika :(

    ResponderExcluir
  6. Olá pessoal do Seriadores venho aqui compartilhar a minha teoria sobre o porque do elenco do Cast estar dividido.
    Fico pensando se o Léo não seria uma espécie de escolhido já que é o único participante que transita do Lado A com Camis,Diogo e Alê para o Lado B com Érika,Amanda e Luciano. o que explicaria o porque de não existirem mais Crossovers entre o S.A Cast e o S.A.D além do próprio Léo.
    Ou seriam Camis e Érika como Alicia e Kalinda que por conta das divergências nunca mais atuaram juntas? o que explicaria o porque da Érika ter ganho o seu próprio Spin-Off (S.AD) e ter saído do elenco do S.A Cast
    O motivo dessa rixa entre Érika e Camis não seria por conta da briga de Camis e Sol sobre Person of Interest? Teria a Érika tomado as dores de Sol e Camis exigiu aos Showrunners do S.A Cast que nunca mais fizessem as duas contracenarem?
    Teria Camis pago propina a um motorista da Granero para que ele sequestrasse Sol e Machine para acabar com a briga entre as duas?
    (As teorias expostas por mim não possuem qualquer vínculo com a realidade... pelo menos eu acho. então não levem tão a sério)

    ResponderExcluir
  7. Pra mim, o que está acontecendo é uma guerra interna pelo controle da cozinha.
    No início, Camis e Érika eram parceiras mas há um tempo, Camis começou a achar que a comida dela era melhor. Assim, surgiram dos núcleos étnicos diferentes: As paulistas BarbiRed e as cariocas AmÉrika. No centro dessa briga, CapuLéo decidia quem assumiria o controle do fogão.
    Até o ano passado, as paulistas sambavam nessa cozinha: Falavam o que queriam e traficavam opiniões duvidosas. Apesar das dificuldades com cortes no orçamento, elas até que improvisavam bem na refeição, considerando o material de qualidade cada vez pior que recebiam dos fornecedores.
    O tempo passou, a qualidade caiu cada vez mais, e CapuLéo ordenou: Que as cariocas assumam o controle! E viu Capuléo que aquilo era bom. Com um produto diferenciado, material de qualidade e ampla variedade, as cariocas ganharam o respeito de todos os núcleos na prisão. Atenderam os desejos das hétero, das gay, das trans, das loucas e até das judias (fornecendo o famoso prato "olho de Sauron", liberado na cultura judaica moderna). Não muito tempo depois, o público já estava fissurado no tempero de Amérika, que a essa altura, já haviam arrastado e transformado dois piauienses para o seu time (um deles chegou a dar entrevista para uma rede internacional de TV, ocasião em que seu jeito peculiar de cumprimentar ao público, já afetado pelo sotaque de suas chefes (boa nhoite) causou um certo furor na prisão, aquecendo as partes baixas dos ouvintes).
    Camis, attention hore e muito recalcada, ainda tenta voltar ao posto de master chef. Quando CapuLéo a permite assumir o controle, fica evidente que ela já não consegue mais transformar uma matéria prima merda em algo, no mínimo, comível. Considere esse SAM um jantar de gala feito após muito tempo de trabalho cultivando milho na horta da prisão. Mas aceite: festa junina só acontece uma vez no ano. Ou seja: coisa boa assim, feita com os fornecedores de séries, só no ano que vem.
    Mãe Érika, macumbeira de raiz, já chegoua decretar a falência da prisão, mas, com a terceirização desse para o consultrollio de psicanálise, o blog ganhou uma sobrevida.
    CapuLéo não admite a falência e faz de tudo para garantir que não haja mais cortes no orçamento. Chegou a dormir com a esposa de um deputado para tentar desviar verbas da lei Rouanet. Infelizmente, a tentativa fracassou e hoje ele sofre uma concorrência desleal com uma rede de fast food internacional (que fornece um milkshake que já foi bom, mas hoje sofre pela falta de variedade de coberturas). Além disso, os principais investidores da prisão insistem em comentar os podcast na comunidade do Facebook, fazendo com quea audiência pareça menor.
    Resta às prisioneiras aceitar a comida que lhes é servida e recordar dos bons tempos em que Camis e Érika trabalhavam juntas e davam uma comidinha (?) de qualidade ao público.

    ResponderExcluir
  8. Acho que a ausência de um plot principal foi a principal causa das reclamações de temporada morna. Mas eu gostei demais do desenvolvimento de personagens que nunca foram destaque, mesmo o preço disso foi terem deixado algumas das minhas preferidas em segundo plano. O único plot ruim na minha opinião foi o da Norma, por mais que ela seja fofa, não dá pra te defender miga, foi do nada pra lugar nenhum.

    Torcendo pra Poussey e Soso serem o casal mais fofo que já passou por aquela penitenciária. E no aguardo de Piper se tornar uma vilã pior que Vee.

    Os meus flashbacks preferidos foram o da japonesa/coreana e o de Big Boo. Aliás, gostei bastante de desenvolverem a personagem, e a amizade dela com Pensa <3 <3 <3. Aliás, incrível como você vai do ódio a empatia nessa série. Pensatucky me supreendeu, embora fosse esperado algo do tipo na história dela.

    Curti o plot de Crazy Eyes, com o livro (quero ler e quero SALzinho dele), mas acho que deram uma descaracterizada nela desde a primeira temporada. De macho alfa querendo lamber Dandelion todinha ela passou a adolescente virgem recatada? Mesmo assim a personagem é ótima, mas foi estranho.

    Que venha a quarta, que Nick volte (apesar de ser uma crackuda desonesta, amamos ela), que desenvolvam melhor Sophia e que Orange continue a ser amor e magya.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, quero a nova aconselhadora da prisão voltando e colocando Healy no seu lugar.

      Excluir
  9. Adorei o Samzinho, gente. Sempre bom escutar novamente as sisters Barbieres.
    To enrolando para começar a ver essa temporada, mas acho que agora vai.
    Tenho que correr com Sense8 para o próximo Sam. Tem que ter Erika, porfa.
    Leo arrasou mais uma vez na trilha sonora do podcast.
    Beijo a todos e todas.


    ResponderExcluir
  10. Que dia maravilhosos para estar vivo! Samzinho de Orângi no ar :DDDD

    Também adorei a temporada, nem acreditei que houvesse pessoas que não gostaram. Houve diálogos fantásticos e posicionamentos interessantíssimos sobre questões intrínsecas às nossas vidinhas comuns como o poder e a culpa religiosa, o diálogo pró-aborto, críticas à padrões estéticos, críticas à privatização, e tudo isso levado de forma orgânica e não com uma abordagem panfletária, que se vê muito por aí. Isso tudo sem contar a generosa dose de empoderamento feminino, aliás, pode mandar mais que tá pouco, Netflix! Haha

    O desenvolvimento da Piper foi super coerente com a trajetória da personagem e achei ótimo que a tiraram daquele lugar comum de mocinha indefesa e inverteram os papéis no relacionamento dela com a Alex.

    Ao meu ver não precisamos de grandes vilões novelescos quando vemos personagens com tantas camadas e sendo heroínas e antagonistas de suas próprias estórias. Colocar as personagens em lados opostos de uma mesma questão, como Sofia VS Glória, foi incrível porque não há aquela atmosfera maniqueista, mas pessoas reais com dilemas e interesses que se cruzam. Lidar com essas problemáticas me parece muito mais interessantes que narrativas de bem versus mau.

    Enfim, espero que Camis e Érika tmb consigam superar essa barra (tipo Sofia e Gloria, ou Julianna e Archie) e possam gravar um podcast, pq não tá sendo fácil viver sem essas duas vozes seduzentes num mesmo podcast. Aliás, achei super lesbofóbico da parte de vocês fazer um podcast sobre uma série na qual as muié tudo se pega e não trazer o casal Amérika. Shame on you, seriadores! hahaha.

    ResponderExcluir
  11. Eu gostei muito dessa temporada, todas as pessoas que conheço acharam um saco e eu não entendo, poha sério que não enxergaram todos os diálogos interessantes e mostrando como o governo não dá uma foda pra essas mulheres. A maioria delas teve relevância, tocaram em muitos assuntos importantes, a contradição de vários personagens, a piper fazendo o que precisa pra sobreviver nessa situação e foi lindo. Apenas duas coisas me decepcionaram: não ter episódio de maritza. E fiquei esperando a norma gritar "cala boca suas vagabundinha!" por episódios.

    Adorei o Samzinho, sempre gosto das participações de Alessandra e esse triangulo amoroso Ale, Diogo e Camis, imagino um filme teen dos anos 90 em que Diogo tenta conquistar uma irmã mas se descobre apaixonado pela outra ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pelo menos eu não tava tentando conquistar o Diogo e acabei me apaixonando pela minha irmã, né, vamos pensar no lado bom

      Excluir
  12. Também não entendi tanta reclamação da galere. Tirando Daya e o tira-põe-deixa-ficar eterno de seu bebê, achei todas as histórias muito bem trabalhadas, todos os flashbacks abordando com muita sensibilidade o passado de todas as personagens (Big Boo e Pensa lacraram). Gostei até da história do Caputo. Menina Natasha deve ter ficado muito puta de ter vindo ao Brasil pra divulgar a série, aguentando humorista babaca, sendo que ela aparece em três episódios só. (#fail). Espero que ela volte, pois também sempre achei que Picki seria um ótimo casal (#desencarnalogoAlex)

    ResponderExcluir
  13. Gostei bastante dessa temporada de OITNB
    Igual vocês falaram, ela aprofundou em alguns personagens, revelou a histórias de outros e mostrou que ainda tem história para contar.
    A série me deu uma percepção muito boa dessa ideia de prisão privada. Tocou muito bem em assuntos como estupro e aborto. Me fez apaixonar pela Pennsatucky. E eu quero muito ver a Piper se fuder com esse esquema de venda de calcinha.
    Espero ansioso pela próxima temporada.

    ResponderExcluir
  14. Eu gostei muito dessa temporada, nada a reclamar. Sempre fico ansiosa esperando o podcast <3

    PS: Leo, quero mais podcasts de filmes de terror por favor (saiu sobrenatural 3), não aguento mais ficar repetindo os dois MARAVILHOSOS podcasts que vocês já fizeram!

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Alguém poderia me responde oque a Alex quis dizer quando disse que pra calcinha da pipes ficar 'picante' levaria 2 dias por causa da fermentaçao , oque isso significa ? E bom ou ruim ?

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe