S.A.Leatório #51 - Jogos Vorazes: A Esperança (Mockingjay) O Final

segunda-feira, novembro 30, 2015


Não tinha como terminar a trajetória de Jogos Vorazes sem verocidade, algo que você ouvirá de sobra nesse programa que se despede de Katniss, Peeta, Gale e de toda a comidinha de Panem. Mesmo com um final no cinema apontado por muitos como horreroso, garantimos o encerramento de nossa saga em 5 podcasts com armadilhas, bombas, óleo assassino e muita cantoria que vai atingir você como sinais de fogo.



Nosso e-mail: seriadores@gmail.com
Assine o podcast: Feed / iTunes

Talvez Você Curta

14 comentários

  1. Confesso que sempre achei os filmes melhores que os livros (me julguem!), mas esse último não tem como defender. O que foi a cena do chorume megaevil? A cena dos zumbis foi uma cópia mal feita da cena dos macacos de Em Chamas. Foi uma morte mais avulsa e sem emoção que a outra. Pra que filmaram aquele epílogo? No livro já tinha sido ruim, cagaram ainda mais no filme.
    Enfim, triste ver uma franquia que foi tão corajosa e trouxe tantos temas interessantes acabar desse jeito. Pelo menos fica a lembrança dos três primeiros bons filmes.

    ResponderExcluir
  2. Vim aqui comentar pq Alê sou eu, só no final do podcast ela acerta o áudio! kkkkkkkkkkkkk

    Gente, o que foi isso!!!! Me decepcionei muito!!!!! Prefiro a parte 1 que a maioria detestou. Katinícia cantando per amore como dizem vcs!!!! kkkkkkkkkk Pelo menos teve mais emoção!!!!
    Sou fã dos livros e dos filmes e tava achando o filme tão cagado, mas tão cagado que ri na parte do gato. Eu e o cinema todo!!! Pensei que Kat ia cantar Atirei o pau no gato, ou melhor, a louça no gato mas o gato não morreu reu reu!!!!!!!!!!!!!!
    A cara do bebê de Katilene era tão grande que a menina do meu lado disse "credo que cabeção... e foi parto normal, né?" O povo da minha sessão tava na maior zueira!!!!

    Bem, sobre as crianças, são sobrinhos da JLaw, nos créditos passa o nome deles.

    SPOILLERS:
    Esperando, rezando, orando, pra que lancem a versão do diretor com a cena da morte da menininha de casaco amarelo (a que olhou feio pra Katniss) sendo alvejada de balas pelos rebeldes. Segundo o diretor essa cena foi retirada senão a censura seria de 16 anos. Caiu pra 12!!!!!!!!!!! Ah, tb tiraram a cena que Katniss atira na mulher da Capital, cena que tem no livro quando eles saem do esgoto antes de ir pra casa da Tigris. Talvez a versão do diretor, uma versão megaevil, salve a parte 2! Agora entendi porque traduziram pra A Esperança, esperança de que os extras salvem o bluray.

    Alessandra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme é tipo Os Vingadores 2, precisa dos extras para que fique bom?

      Excluir
    2. Vou fazer uma vakinha online pra conseguir pagar internet melhor. Tá bem difícil, né, migos... Desculpa pelo som bosta. Beijo na alma <3

      Excluir
  3. Adorei o cast pq meu poupa de ver o filme até chegar no Netflix. =*

    ResponderExcluir
  4. Acho só eu gostei do filme, mesmo depois desse S.A. com o elenco conceituadíssimo. Concordo com a incoerente invencibilidade da Katniss em umas situações. Com a bomba no final só a roupa dela pega fogo (comoassim?). Faltou o elemento sujo e visceral da violência dos outros filmes como crítica desse ciclo de agressão.

    Gostei da atuação da menina nesse filme também, com expressões sutis mas presentes, Mística manteve o nível de criar um personagem nada carismático, com que a gente se apega mesma assim, tentando entender o que está acontecendo e onde ela se encaixa nisso tudo. Agora, considerando que nos poucos momentos em que Katniss era gentil e até feliz foi com a Prim, achei a resposta emocional pouca, apesar da cena do gato ser legal. Deviam também ter dado mais destaque à Prim, tanto pra gente se afeiçoar mais à ela quando pra aprofundar mais a motivação da Katniss nos filmes. Na verdade, seria uma boa cortar o romance bosta na franquia a colocar tempo de tela pra coadjuvantes muito mais interessantes, até mesmo pra aqueles que teriam que morrer. Alguém me explica o por quê de Brienne estar no filme?

    Sobre as mortes que não são sentidas concordo com a Camis, a minha empatia por elas vinham da Katniss, ela se importar (quando de fato isso acontecia) me fazia lamentar pelo povo lá. Sobre as incoerências de chegarem no castelo do Snow você ignora, conveniências de roteiro de blockbuster é assim.

    Gostei do fato de Katniss tá meio perdida sobre o que fazer na guerra e na vida, ela até dá uns selinhos nos momentos mais inapropriados, que pode ser interpretado como ela agindo como se esperam dela, e não o que ela quer, o que muda no final, provado pela flechada lá. O filme passa a mensagem de que a revolução tem tanto potencial transformador quanto preservador de um modelo sociopolítico vigente, as consequências da guerra nos dois lados, a eliminação da dicotomia com relação ao povo da capital, mostrando a alienação (o que desde o primeiro filme vem mostrando) e decadência deles. Esses e outros temas,que apesar de já terem sido discutidos em diversas obras, são importantes num blockbuster, ainda mais direcionado para o público infanto juvenil, ele tem a capacidade de iniciar um questionamento e posterior assimilação de questões geopolíticas contemporâneas e históricas. Saber que um milhão de pessoas morreram na guerra do Vietnã não tem o mesmo entendimento emocional que um filme, por exemplo, pode trazer. Posso estar exagerando, mas com a quantidade de filmes (alô alô marvel do cinema) e séries em que as consequências de violência são ou nulas ou irrelevantes, ter um Jogos Vorazes é muito bom.

    Pra terminar, acho que gostei dessa parte 2 tanto quanto de em chamas, me julguem. O final das crianças ficou cagado, ter terminado com a Katniss deitada na cama seria melhor, mostraria quão quebrada ela tava, mas que eventualmente ela iria se recuperar. Vou rever a parte 1 pra me decidir se gostei ou não, acho que pela expectativa me decepcionei. O comentário grande é porque todo mundo que conheço não gostou desse filme e não queriam discutir sobre.

    Cês viram o hate/recalque por parte dos fãs de Star Wars? Não sei o motivo, as franquias têm tanto em comum, tipo o romance desenvolvido nas duas que é ó...uma bosta. Peta (People for the Ethical Treatment of Animals) e (Palácio de) Gale(s) me irritam, teria jogado os dois na amoeba preta. Seria um boom na cara da sociedade se Joaninha terminasse com Katniss num relacionamento a três com Snow, ou com o gato, imagina a cara da família tradicional brasileira?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor coisa são os textão dos anônimos. Morro de amores.
      No mais, também fiquei confusa com Brienne. Tão querendo reaproveitar (mais) elenco de GOT, hahaha

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. Adorei o musical nos blooopers!
    To pior que a Erika, não tive coragem de ver a primeira parte. Que na minha opinião é o pior livro da saga.
    Mas adorei o SaL da primeira parte, e esse agora me da o conselho de realmente não ver a segunda parte tambem.
    Beijos a todos e todas.

    ResponderExcluir
  6. Nem vi o filme, mas já vou ouvir logo pq sei q vai ser diversão garantida. Com o filme já não tenho tanta expectativa

    ResponderExcluir
  7. Se não tivessem feito o final do primeiro com o Peeta louco, esse filme de agora poderia ter sido muito melhor, pois não correriam cortando tudo de bom que tem no livro! Poderiam ter adiantado muita coisa na primeira parte...Péssimo, decepcionante.

    ResponderExcluir
  8. ain gente... eu gostei do filme. mas não vou negar que ele tem falhas como o bebê japonês e deixarem da forma mais explicita possível que a Coin é FDP desde sempre. mas no geral, para mim, foi um final bom para os filmes. com certeza não é o melhor filme dos 4 (Em Chamas é o melhor sempre) só que não é esse ruindade não. hehehe

    e sei lá. boa parte dessas incoerencias que tem no filme também tem no livro. nesse caso, a culpa (pra mim) cai mais na história original do que na adaptação. :P

    no geral, vale a pena ver tanto os filmes como ler os livros. ambos são mt bons. particularmente prefiro um pouco mais os filmes pq no livro a Katniss é chata pra caralho enquanto nos filmes, a J. Law faz MILAGRE.

    ResponderExcluir
  9. Amei o cast e até ouvi, diferente do filme em questão.
    Beijundas

    ResponderExcluir
  10. Amei muito o cast, pena que não posso dizer o mesmo do filme. Sou do grupo que não lê da Alê, mas, diferente de metade do mundo, não tomei spoilers. Me arrependo muito de não ter ido atrás (meritocracia) deles, pois assim não teria feito esse papel de trouxa que foi esperar 4 anos para ver um final parecido com comercial de margarina. Ainda bem que tenho carteira de estudante porque ficaria bem mais puta se tivesse pago 30 reais pra ver Katniss piranha e o resto do elenco completamente sem alma que nem a menina do vlog de maquiagem do S.A.D. #20.
    Essa história do Seriadores deixar tudo bom é verdadeira, sei que melhorar essa merda foi difícil, mas desafios estão aí para ser vencidos.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe