S.A.D. #32 | Vinte e Quatro de Axé

domingo, abril 24, 2016


Às vezes, todo mundo precisa de um golpe da vida para seguir em frente e, no caso do SAD, esse golpe é um belo Hadouken nas fuças de toda a sociedade (hua hua hua). Como um anúncio pornográfico no orelhão, esse programa oferece exatamente a informação que você precisa, na hora em que você menos espera, com muita sabedoria e axé.

Descubra, entre outras coisas, como o Superman morreu com uma unhada no peito, que para os kryptonianos é uma parte do corpo muito especial. Para participar dos próximos programas com a sua barra, é só preencher o formulário. Anonimidade e satisfação trollagem garantidas.



Nessa sessão:

“Ensistai na Nessecidade”
Interiorano que foi morar em um lugar longe de seu lugar (!) passa por barras diversas para ganhar sua tão sonhada independência, desde um chef em quem sente tensão sempre que ficam 'sosinhos', até um perigoso mundo de prostituição e drogas. É uma barra de dar arrepio no c*, mas que traz à tona soluções verdadeiramente importantes no cotidiano de qualquer um, como remover o Netflix.

“Open Bar de Sintéticos”
Com a namorada dormindo em casa e o melhor amigo, que que não é #NemMesmoBi num estado mental muito alterado, paciente se jogou na pista a na boca do amigo. Insatisfeito com a falta de repercussão pós-traição, quer muito conversar com todo mundo sobre o que aconteceu, o que indica que talvez o efeito das drogas não tenha passado.

SADúvida
“Percebi que eu gosto de fazer os outros sentir prazer, gozar, e não faço tanta questão de que eles me façam sentir prazer. Significa que sou quenga?”
“Fiquei de PD ao saber que o Leoncio curte um ruivão cheio de paixão. Como proceder?”

“Corte no Culto Orando”
Dividida entre uma bartender que faz seu coração errar a batida e o rapaz da igreja com quem vai orar até Deus confirmar que estão no caminho errado, e em quem dará seu primeiro beijo somente no altar, mocinha teme decepcionar a família tradicional brasileira e mal sabe que a resposta para seu dilema está em seu coração, como já dizia Roxette.

“Tava Sujo o Sangue de Dedo”
Rapazinho estava no rala-e-rola com o namorado e, quando menos esperava, teve que fazer uma visita ao farmacêutico para verificar se não havia nada rasgado. Ele teme que a preocupação do namorado os impeça de continuar "com algo que tava tao bom e aí não mais legal ser".

Bate-Volta
Sebentinho, do caso “Flagras em Família” (SAD #10, BVs no #14, #19, #27)

Assine o SAD: iTunes / Feed RSS 
Outros produtos SA: iTunes / Feed RSS
SA nas redes sociaisTwitter / Página no Facebook / Grupo no Facebook

Luciano 'Nadark Room' Maia
Taylor 'Battlefield' A. Rocha
Darlan 'General Zod' Generoso

Links
LoGGado
Canal Margente
Ai que susto!
Pastora Sarah Sheeva e sua opinião sobre sexo anal

Trilha Sonora
Street Fighter 4 - Music Theme
Zezé Di Camargo & Luciano - No Dia Em Que Eu Saí De Casa
Claudinho e Buchecha - Quero Te Encontrar
Cher - Believe
Leoni - Só pro meu prazer
Pabllo Vittar - Open Bar
Carlinhos Brown - A Namorada
Turma do Bairro - Cabelos Ruivos
Lorys e Nety - Tente Encontrar
Desejo de Menina - Deixa eu te amar
Gian & Giovani - Convite de Casamento
Roxette - Listen To Your Heart
Banda Uó - Arregaçada
TeraBrite - Cool For The Summer
M.C. Hammer - U Can't Touch This (Karaoke)
Angélica - Fada Bela
Chiquititas - Tilin, Tilin
Trio Nordestino - No Terreiro da Fazenda
Selena Gomez - Hands To Myself
Ogun-nhê-ô - Akuan (Terreiro de Umbanda Pai Maneco)
Camilla Uckers - Quem Nasceu Piriga
Augusto Calheiros - Célia
Street Fighter II Victory - Hadouken Theme Song
Mortal Kombat Theme Song Original
Justin Thorne & Kevin McHale - Summer Nights

Talvez Você Curta

23 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei o comentário importante e necessário!!! Valeu alpardo. :)

      Excluir
  2. Pra menina da sadúvida que gosta de dar prazer, fica tranquila, você não é piranga não, piranga é o menino que foi pra cidade grande já querendo cobrar pelo cool virgem e ficou inventando historinha de trabalho na obra e fazendo traseiro doce pro chefe.
    Me desculpe gente, mas aprendi com as novelas das 6 da globo que mesmo na época de 1900 e bolinha, os rapazolas levavam as moças pra tomar sorvete na praça e tentavam arrancar umas bitocas delas. Esse moço do namoro na corte tá é querendo cair de boca num magno.
    Como que a saga de Sebentinho, de bronhazinha na cama da mãe, se tornou uma história sobre intolerância religiosa? Ouvi os conselhos de vocês pra ele enquanto almoçava. Que delícia!

    ResponderExcluir
  3. As transições das barras foram MARAVELOSAS neste episódio, ri horrores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, e riu só das transições?!

      Excluir
    2. Tb ri alto com as transições. Leo, Luciano e Erika se superam nas edições.

      Excluir
  4. Tô confusor. Respondi "Oi?" algumas vezes quando vocês diziam meu nome nesses dois últimos S.A.D's.
    É muito raro encontrar xarás meus por aí, ainda mais em podcasts!

    Sempre fico de comentar e acabo esquecendo, mas dessa vez "o chamado" foi forte! *risos*
    Fica aqui então a promessa de comentar sempre e encher o saco de vocês pra marcarem um Mete e Greeta quando todos estivem no nosso maravilhoso River of January.

    Beijos na alma de todos vocês, seus lindos!
    ***Beijo especial pro Leo ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, esses corretores automáticos... parecem que leem pensamentos!

      Sorry, not sorry

      Excluir
    2. Margente, e a gente falou o nome "anônimo" assim várias vezes durante os podcasts? -qqqq
      Podeixar que vai rolar esse mete em grelo logomás.

      Excluir
  5. Se não rolar piru no grupo do telegram pelo menos uma vez ao dia é pq tem alguma coisa errada! 😂😂

    ResponderExcluir
  6. Adorei o cast pessoal, finalmenteeeeeeeeeee barraram essas fanfics sem graça! gosto quando vcs falam de casos sérios usando o humor SAD de ser. Agora só falta barrar esse Sebentinho ai, que essa fanfic é tão sem graça quanto aquela zartana...

    ResponderExcluir
  7. Vim aqui apenas para dizer que farei o "chegoóóóóuuuogostosinho" do Leozio de ringtone.

    ResponderExcluir
  8. oi seus gostososlindos s2 como sempre, mais um SAD maravilhoso de ouvir. vim passar aqui rapidinho pra dizer que o caso do cu rasgado me fez dar uma risada altissima no meio do trabalho e que foi uma maravilha explicar o motivo da risada... e tbm pra dizer que o caso Zartana tá cada vez mais sem graça e tbm peço pra nem lerem mais nada. e do retorno de Sebentinho, entendi altos nada. coisa tipica de Sebentinho. kkkkkkkkkkk só quero mais causos dele pq quero ver até onde vai a imaginação da humanidade. hahahaha

    beijos pra vcs e até mais s2

    ResponderExcluir
  9. Parabéns, excelente podcast, como sempre. Mas nesse vcs superaram-se, casos hilários, morri de ri com o suspense na pergunta se o cu tinha cabaço ahuahuahua meu Deus, que mundo é esse que vivemos!!!
    Muito hilário e com muita desinformação também, como deve ser hauahuahua

    ResponderExcluir
  10. Um Avulso Qualquer e Sem Importânciaquarta-feira, 18 maio, 2016

    Outro SAD ótimo doutores, o caso do sangue no dedo foi hilario, o caso do rapaz do interior que entrou para a prostituição foi muito bom .
    Novamente ainda não me decidi se vou aconselhar sobre os casos, talvez depois volte e faça isso, talvez não.

    ResponderExcluir
  11. Um Avulso Qualquer e Sem Importânciaquarta-feira, 18 maio, 2016


    Outro SAD ótimo doutores, o caso do sangue no dedo foi hilario, o caso do rapaz do interior que entrou para a prostituição foi muito bom .
    Novamente ainda não me decidi se vou aconselhar sobre os casos, talvez depois volte e faça isso, talvez não.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe