Prêmio Seriedade Anônima 2018: Anúncio dos Indicados e Votação

quarta-feira, setembro 19, 2018

Nem parece que foi ontem a última edição do Prêmio Seriedade Anônima, e é porque não foi mesmo... Foram 3 anos sem a premiação mais séria, comprometida e relevante do entretenimento televisivo. Para compensar a demora, voltamos com uma premiação XICANTE, ainda mais recheada, cremosa e crocante do que você já estava acostumado. Mais categorias, mais indicados, mais piadas de caráter duvidoso, tudo selecionado pelo seleto júri da nossa holding.




Devidamente informado? Refletiu e pesou bem todas as opções? Nem escutou e vai dar pitaco apenas pelas fotos? Pois o momento que você esperava chegou... O de VOTAR ATÉ O DEDO CAIR! Você tem até o dia 15 de outubro para coroar suas favoritas.


Prêmios de Atuação e Talentos Corporais

Vamos enaltecer a atriz que mais emocionou, divertiu, nos deixou tensos e admirados com sua capacidade interpretativa, a ponto de parecer incorporar a personagem. Tem advogadas, detentas, ex-estrela mirins, ex-encapetada, assassina profissional e mães de família, biológicas ou escolhidas.


Psicopatas, drama queens, demônios do Bad Place, viciados, pais de família ou meninos literalmente possuídos por um montro de outra dimensão... Todo mundo pode ser ator possuído se seu voto assim decidir!


Aquela turma pouco expressiva, pelo menos no papel que está concorrendo. Algumas a gente não sabe muito bem porque ainda arranja emprego na indústria, ou melhor, sabe que pode ter por motivos que independem do talento.


Nesse aspecto, a superioridade masculina foi inegável e os atores de cera superaram de longe as atrizes. São homens de intensa inexpressividade e falta de vontade de viver em sua interpretação.


Já um clássico por aqui, esse prêmio celebra aqueles atores que, brilhantemente ou sem o menor cacife, interpretam vários personagens ou versões diferentes de si mesmos. Em alguns casos, as versões diferentes são iguais, mas a gente finge.


A vitória de atuação mais almejada por qualquer ator sério. O negócio aqui é exagerar, dar o pior de si e, no processo, atingir a excelência graças ao esforço em ser o mais afetado possível na composição de seu personagem.


Melhor grupo de atores, seja pela qualidade de atuação no conjunto ou pelo tanto que a dinâmica entre eles, dentro e fora das telas, melhora a série em que trabalham.


Personalidade da mídia que não perde a chance de aparecer, mesmo que em algumas ocasiões isso custe a sua dignidade.


 
Homem mais bonito, gostoso, tesudo, com alto índice de aproveitamento de shirtless.


Antigo prêmio para mulher gostoZa, mantendo o Z para deixar topzera, mas com menos objetificação direta e mais cantada de pedreiro. É tempo de eleger a musa delicioZa que vai se consagrar como o motivo dos banhos demorados de marmanjos e mocinhas por aí.


Animal que melhor atuou, sempre respeitadas as normas das associações protetoras.


Owwwwnt, Cuti cuti, ET! Olha que fofura essas creonças, gente!


Prêmios de Roteiro, Estruturação Narrativa e Rimas Visuais

Sem a devida valorização, eles se sentem como meros objetos.


Grrrrrrr! Essas são cenas de grande sensualidade que, para o bem ou para o mal, ficarão para sempre no nosso imaginário.


Não deixando o samba na cara morrer, o melhor plot twist, conclusão de arco narrativo ou momento que nos deixou com cara de “NA-CRE-DI-TO”.


Quem não gostaria de ter ido num desses eventos de muita alegria, ousadia e periculosidade?


Quem nunca foi ou lidou com falsianes que atire a primeira pedra


A morte mais impactante / bizarra / inesperada / sofrida / comemorada.


Casal por quem a gente mais torceu, ficou arrasado nos momentos de crise e que nos fazem acreditar no amor, mesmo com todos os percalços.


Os produtores até tentam dar uma esperancinha aqui e ali, uma trollada de vez em quando pra capitalizar em cima dos desejos mais profundos (e normalmente homoeróticos) dos fãs, mas a gente sabe que não vai rolar, né?


Dupla ou grupo de amigos cuja relação que aquece nossos corações.


Aquele casal, grupo ou estrutura familiar nada saudável pelos quais as pessoas torcem sem motivo ou que os personagens envolvidos simplesmente não conseguem desapegar. Para mais informações, leia o texto de Alê Barbieri.


Piores chroma keys, maquiagens, cenografias, CGIs e composições artísticas.


Prêmios das Grandes Personalidades Ficcionais

Melhor personagem LGBTIQ+, seja pela representatividade, pelo carisma, pelo carão, pela militância ou mesmo pelo fator inusitado e safadeza oculta nossa de cada dia.


Simplesmente não aguentamos mais essas pessoas. CHEGA! Estamos cansados. Pode ser alguém que mal chegou e já desconsideramos pacas, ou alguém que já está aí há tempos enchendo o saco, o importante é colocar pra fora o nosso desprezo por eles e viver mais leves.


Diva, rainha, mulher empoderada que coloca os outros no lugar e/ou nos diverte e entretém com sua garra, força de vontade e quenguice, no significado mais amplo da palavra.


Narrativa ficcional, escrita e divulgada por fãs em blogs, sites e em outras plataformas pertencentes ao ciberespaço, que parte da apropriação de personagens e enredos provenientes de produtos midiáticos. Tem como finalidade a construção de um universo paralelo ao original e também a ampliação do contato dos fãs com as obras que apreciam para limites mais extensos. Fonte: Wikipedia.


Melhor vilão, aquele que amamos odiar ou odiamos amar. Quem melhor enrola o bigode, planeja e executa maldades e toma banho com barra de sabão de côco megaevil.


Pessoas oprimidas e marginalizadas que sofrem dramas reais como magrofobia, machismo e racismo reverso, entre outras barras difíceis de segurar. Vai ter muitos White People Problems para os quais a gente só pode desejar "força, guerreira!"


Conjunto da Obra

Finais que não são necessariamente "nossaaaaaaa, como é bom", mas a gente amou mesmo assim.


Finais que não necessariamente a gente odiou, mas que são ruins, sem modéstia.


Quando a máxima de Luciana Mello é aplicada e, mesmo a temporada não tendo sido inteira uma Brastemp, o importante é o dia ter acabado (muito) bem.


A gente já sofre uma temporada inteira esperando que pelos mesmo o desfecho valha a pena e, quando chega lá, tem gente correndo para ser feliz na nuvem.


Parece que o jogo não virou, queridinha, para séries ou/ personagens que prometem grandes mudanças e depois estão correndo atrás do próprio rabo.


BASTA! Muda, Brasil! A gente tá indignado de isso continuar existindo.


Série que curiosamente ainda existe e a gente se surpreende sempre que ouve falar. Diferente de Morena e dos shipps, não são motivo pra sair comemorando ou gritando que "MINHA * TÁ VIVAAAAA!"


Algo que aguardamos ansiosamente, que é promissor na próxima temporada e traz um pouco de esperança para os calejados espíritos dos seriadores.


Série que era boa e apodreceu.


A arte imita a vida e vice-versa, então a gente tem mais é que se divertir com gente real levando a pior, aprendendo a cantar, cozinhar, fazer lipsync ou simplesmente pegando umas perebas no mato e comendo olhos de cabra.


Série que melhor debate e problematiza temáticas de diversidade e inclusão.


Série feita para massagear o ego dos intelectuais que gostam de uma trilha sonora imersiva, que não induz, fotografia que trabalha bem os sentimentos atrelados a cores, cenas contemplativas que causam a reflexão sobre a efemeridade das coisas, boa pra quem gosta mesmo quando não está entendendo nada.


Série que é ruim, mas dá a volta por não se levar a sério, nos segura com muita tosqueira e claro desapego com qualquer chance de ter qualidade real.


Trama estreante que já conquistou nossos corações em apenas uma temporada.


O grande prêmio da noite — que pode ser entregue a qualquer hora do dia. Diariamente, produções se esforçam para ganhar esse bastião do entretenimento. Dá vontade, né, Emmy?


Talvez Você Curta

13 comentários

  1. Uhul Crazy Ex-Girlfriend! \o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/\o/
    Só acho que faltou o James de Supergirl concorrer em personagem Insu.
    Votei junto com vocês ouvindo! Ótimo podcast.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. James eu aprendi a ignorar a existência. Tô tentando salvar Supergirl no meu coração <3

      Obrigada pelos votos!

      Excluir
    2. Erika, faltou qualquer personagem de 13 reasons também kkkk....

      Excluir
    3. James ficou para a categoria "esquecido no churrasco" pra próxima edição, hahaha.

      Excluir
  2. Não acredito que essa premiação voltou com categorias ainda melhores aaaaaaaah

    Considerando que o Globo de Ouro já é abertamente esse leilão no qual leva quem paga mais e o Emmy jogou a última pá de cal na sua relevância este ano, o Prêmio Seriedade Anônima tornou-se oficialmente a única premiação relevante para séries.

    Já estou preparando meu look para a entrega desses prêmios, só pelas indicações sei que será uma cerimônia icônica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ter cobertura da E! no tapete roxo da fabrica de coxinhas

      Excluir
    2. RIP Emmy, a sorte deles é que não colocamos as cerimônias nas mesma datas, senão eles perderiam todas as celebs!

      Excluir
  3. Emmy chacota, seriadade melhor prêmio.
    PS. Arizona ícone LGBTQA, não acredito que Krista voltou só para acabar com a minha série #VoltaShonda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguardando Batman & Robbins pra Arizona ter o reconhecimento que merece.

      Excluir
  4. Por incrença que parível, essa temporada nova de É Melhor Ligar pro Saul tá muito boa. Arrisco que talvez seja a melhor até agora.

    Uma dúvida honesta: tem chance de rolar SAM de Orange? Ou todo mundo abandonou a série? Essa temporada teve uns episódios muito bons no início e no final, e uma meiuca bem mais ou menos.

    P.S.: Bjo, Érika. Me liga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu segui firme e forte com Orange, mas acho que fui o único, hehehe. Talvez role um atrasado da temporada passada e dessa quando o Darlan terminar a atual, já que ele ficou preso na meiuca mais ou menos.

      Excluir
  5. Vocês não sabem a dor que foi escolher no troféu "Tô muito animado" entre Star Wars e Rick & Morty kkkkkk
    Troféu Sapão tá muuuuuuito difícil AAAAAAAAAAAA
    E morri com o "Relacionamento Abusivo" cof cof Arrow cof cof

    ResponderExcluir
  6. Melhor premiação e não há como negar. Tô divulgando

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe