Fofoquintas 2x01: Nossa POC Está Morta – A Polêmica Shun/Shaun no Novo Cavaleiros do Zodíaco

quinta-feira, dezembro 13, 2018


Um milagre de natal trouxe o Fofoquintas de volta e é claro que não poderíamos abrir a nova temporada comentando qualquer coisa que não a polêmica sobre a troca de gênero de Shun, agora "cavaleira" de Andrômeda, na nova versão de Saint Seiya: Os Cavaleiros do Zodíaco.

Se segura na nossa corrente pra entender porque esse era o único personagem que não podia passar por essa alteração, reclamar muito e justificar a saída do responsável por essa belíssima ideia das redes sociais.

Faça o download clicando AQUI ou escute diretamente no player



Quer ajudar o S.A. a produzir cada vez mais e melhor? Seja nosso Padrim!

Assine: iTunes | Android | Spotify

Redes Sociais: Twitter | Página no Facebook | Grupo Facebook | Grupo Telegram

Talvez Você Curta

24 comentários

  1. Só vi dois episódio da série clássica e ainda pretendo ver tudo. Não vou ver esse novo tão cedo, além de que a primeira vista o ... gráfico do desenho me apareceu ser bem feio e ultrapassado, se me incomodou no trailer então... Vou ver a série clássica que talvez seja melhor e por na conta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ver CDZ: Lost Canvas, não tem final, mas é melhor que tudobisso ae. #dica

      Excluir
    2. Foi a primeira produção que fiz "maratona" na Netflix.Não me arrependi. Pena que não fez sucesso no Japão e consideraram inviável comercialmente concluir a história.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Caí no conto dos coleguinhas do bullying que sempre tentaram em convencer que era peixes pra zoação ser dupla, já que Afrodite também era bishounen, hahaha. Obrigado pela revelação tardia!

      Excluir
  3. Eu vou ignorar totalmente a versao da netflix, vou focar em santia sho, nao é o melhor anime do muito mais respeita muito mais quem é fa do que esse max steel do zodiaco da netflix. indico a galera que nao gostou da versao da netflix nao apenas boicotar a versao dela mas tambem dar suporte a santia sho, mostrar que o problema nao é o machismo e sim a falta de respeito com essência da obra.

    ResponderExcluir
  4. Era só pegar a Shina ou a Marin e por pra subir as escadas. Para de ser loka!

    Pra quê mexer com a poc?

    O Ikkie ia ser muito bom, ele sendo mulher fodona seria ótimo. Mas a mulher chegar e salvar seria jogar o hetero, que tem a masculinidade afetada por qualquer coisa, no modo hate berserk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Mas a mulher chegar e salvar seria jogar o hetero, que tem a masculinidade afetada por qualquer coisa, no modo hate berserk" LINDISSIMA FALOU TUDDO

      Excluir
    2. O que é um berserk, é de comer?

      Excluir
    3. Só a galera do anime e dos games sabe. Vou explicar é tipo Boladāo na Pracinha Descontrol Total.

      Excluir
  5. com relaçao ao shun, eu realmente acho que esse cara tentou dar uma militada fora de lugar, seria tao melhor colocar uma persnagem nova ou apenas dar mais destaque pra marin ou pra shina sem precisar rebaixar a armadura delas a bronze, na saga de poseidon a shina tem um destaque gigantesco quase chegando ao nivel dos protagonistas e nao precisou rebaixar sua armadura. ou dar mais destaque a june de camaleao, que é uma amazona de bronze. se eles nao queriam aumentar o numero de personagens era so substituir, seria problematico mas seria bem menos, tranformava o shun ou algum outro em figurante e colocava a june no lugar dele, eles treinaram juntos, era só inverter a historia deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas ideias simples, promissoras e infinitamente melhor do que a deles.

      Excluir
  6. Leo já ja deu reboot no signo do Shun, porque ele é de Virgem HAHAHA

    Amo que os cavaleiros lutam e não podem carregar a porra da caixa nas costas. SOS.

    Essa troca do Shun é totalmente problemática como tudo que vocês citaram. Coloca Shina ou Marin pra ser uma das cavaleiros principais, da mais destaque da Saori do que só ser salva. Mas num me muda a porra do genero do Shun que por si só já era toda uma representatividade.

    Shun, pelo que me lembro, foi a primeira poc que me identifiquei. Eu sempre amei ele e os amiguinho tudo me zoavam, triste. Mas ele era eu num bando de macho em uma caralhada de macho igual e sem profundidade nos animes. Eu to muito trsite real com tudo que fizeram pelo meu Shun e porque uma poczinha poderia assistir e sentir do mesmo jeito que eu me senti ha mais de 20 anos atrás ):

    Cês nem comentaram que os cavaleiros lutam com helicopteros e armas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    E do impacto, eu ACHO pelo que li faz tempo, CDZ sempre foi muito famoso aqui no Brasil, acho que o lugar de maior destaque, no Japão o povo cagava, então eles terem liberado o trailer na CCXP pode ter a ver com isso, e a nossa reclamação pode fazer alguma coisa #iludi

    Mas é aquele ditado, vamo assistir pra reclamar com propriedade. Destruir minha infãncia nem vai, porque eu vou la e assisto o anime antigo e finjo que esse nunca existiu bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fã de Taubaté detected, hahaha.
      Meniiinooooo, tínhamos muito que ter falado do plot Revolution com os helicópteros movidos a pendrive lá. Claramente feito pra Edu acompanhar essa nova série Q

      Tenho mesmo essa impressão de que o fenômeno maior de CDZ é no Brasil, mas duvido muito que nossas reclamações mudarão alguma coisa, hahaha. Aliás, como o homem já arregou e saiu do Twitter, claramente não teve a ideia de colocar Shun como mulher trans.

      Excluir
    2. Ja to assistindo Santia flor, só esperando pra não virar um Omega pela agua de jesus

      Excluir
    3. Gente, achei muito Rambo III aqueles helicópteros. Nada haver. Já to esperando saga com super mechas afffff

      Excluir
  7. Pois é, gente, Shina ser uma protagonista (tipo numa segunda temporada) seria algo natural pros fãs. Ela está intimamente ligada à origem do Seiya, foi a primeira vilã dele, tem uma afliceta por ele e tem também um arco de redenção.

    Eu acho que o mundo todo ficou putaço com essa mudança, os trailers em inglês e espanhol tem uma porcentagem de deslikes maior que o brasileiro (que também tem bastante deslike). Mas eu acho que os americanos particularmente acham que esses desenhos são como qualquer desenho velho, tipo He-Man, que só quem assistiu foi que era criança nos 1980. Eu tenho 24 anos. Quando eu era criança, Cavaleiros era uma febre, e o desenho já tinha uns 20 anos (e todo mundo cagava pra He-Man).

    Na minha opinião, nenhum dos cavaleiros que participaram da Guerra Galáctica poderia ser mulher, porque eles não são um grupo seleto de pocs que ganharam poderes de um alienígena gente boa, são pocs selecionadas para uma RINHA DE ÓRFÃOS!! Além disso, isso anula a principal motivação do Seiya: a irmã dele. Se o Ikki pôde levar a irmã pra Fundação Graad, por que o Seiya não?

    Acho que pode ser bom (na verdade, não acho), mas quem aguentou Saga de Asgard aguenta qualquer coisa. Fã de Cavaleiros é vacinado em fanfic.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi depois que gravamos que o público americano também reagiu super mal. Bom saber que não é só a gente que tá se doendo com esse sacrilégio.
      Melhor frase "Acho que pode ser bom (na verdade, não acho)", isso que é fã :D

      Excluir
    2. Vai vet Lost Canvad, na Netflix. Não tem final, mas é melhor que qualquer saga. O Korumada invejou e boicotou a mulher mangaka que tava arrasando.

      Excluir
  8. Não gosto de Cavaleiros do Horoscopo. É só isso mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariiiin, me ensinou como lutaaaar

      Excluir
    2. "SHAORIIIIIIIIIIIIIIII.....(intervalo - volta do intervalo)... IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII" - Pegasus, Seiya.

      Excluir
  9. Amei a nova versão do fofoquintas!

    E tô revendo CDZ (não perguntem) e, realmente, transformar Shun em uma mulher é um erro colossal. Espero que a gente se surpreenda (pra melhor) quando assistir, mas por enquanto é apenas NÃO!

    Beijos

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe