S.A.D. 138 | A Vida Depois do Cagamento

30.6.21

 
Informados sobre o que há de melhor na dentistria moderna, conduzimos esse programa com isolamento absoluto, focando o ódio pela falta de vacinas nas pessoas certas e aplaudindo narrativas de piranhagem bem construídas, apenas para ver tudo ruir no fim da história com um encaminhamento determinista. Para apimentar a relação, sapos cururus que carecem de cartolinas extrato de ISTs e dicas quentes de brinquedinhos mais baratos para usar lá embaixo.



Siga o SAD como um verdadeiro stalker: iTunes | Android | Spotify | Grupo no Telegram

Quer ajudar a manter o SAD no ar? Veja como ser nosso padrinho pelo PicPay ou no Padrim.

Envie SUAS HISTÓRIAS anonimamente pelo formulário para fazer parte dos próximos programas.
 
 
Nessa sessão:
 
“Peidei na Farofa”
Pleníssima após os tempos de não poder cagar dentro de casa, Leviana nos retrata, com muita poesia e sensualidade, os tempos em que se descobriu discípula de Copélia, mas no percurso para se realizar com o amor de sua vida, estava outro cagamento.
 
A Última da Fila”
Com apenas 27 aninhos e sem comorbidades, essa anjinha desesperada por uma vacina se tornou o que mais temia e já não aguenta mais ver os conhecidos se vacinando antes dela, questionando se estão inseridos nas lendas urbanas de vacinação indevida com laudos forjados e postos sem controle.

Foto de capa por Wu Jianxiong no Unsplash

Talvez Você Curta

7 comentários

  1. Caso da vacina

    Eu estive bem estressado e isto me motivou a buscar ajuda, felizmente com um ótimo psiquiatra.
    A data longínqua para a imunização passou a não incomodar de modo algum. Tanto que perdi a primeira leva por não me cadastrar em tempo, oito dias depois eu tive a 1ª dose da Oxford-AZ, a 2ª para fim de agosto vai chegar na hora para eu colocar minha vida de volta nos trilhos <3

    Butantan está indo bem com a Coronavac e as pesquisas com a Butanvac, há 13 milhões de doses da ModeRNA que já deveriam ter sido entregues, logo a vacinação acelera.

    Claro, o vírus continuará em circulação, então, se possível mantenha distanciamento, evite aglomerações, compre ou procure porque existem pessoas comprando e doando máscaras pff2. As minhas são Lubeka preta da loja online De Paula EPIs.

    Take care

    ResponderExcluir
  2. O áudio da Ale foi boicotado pela raiva que o Thiago Emanuel passou, é a única explicação plausível. Como sempre arrasaram, espero ver mais desse elenco mesmo o Thiago não querendo mais, é entre tapas e beijos que o podcast funciona mesmo, graças a Deus.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que a culpa fica 70% dele e 30% dela pq ele é o casado.

    Temos que unir nossa raiva contra o governo.

    ResponderExcluir
  4. A Alê e o Thiago são os melhores.
    Alguém avisa pro Sidney que ele nunca vai tirar o brilho do Thiago. Para de implicar com o menino só porque ele furou a quarentena.
    Sacer ❤️

    ResponderExcluir
  5. Gnt agora td mundo tá atacando o Thiago? O q houve? E por falar nesse ícone apedrejado, teve um momento em q pensei ter ouvido um barulho d descarga, aí ele veio falando d longe do microfone. Estaria Thiago aproveitando pra fazer o número 1? Talvez o 2? Já q estamos falando d escatologia, amei a fancic da mulher q mudou d "zero cagadora" pra "piranha da cidade". Sucesso pra ela. E por falar em sucesso, teve Lexie usando mais uma parte d seu corpo pra abrilhantar a edição. O corpo dela pertence à sua arte. Acho digno. E por falar nela, vou responder a dúvida quanto à elegibilidade pra vacina. Os diagnósticos neuropsiquiátricos q permitem isso são autismo e retardo mental (deficiência intelectual), e mais nada. Um beijo pra vcs.

    ResponderExcluir
  6. Já que ninguém fala, tá bem desagradável essa richa de ale e sacer com Thiago, fazendo o menino passar bullying na idade adulta, tal qual Juliete (seriam sacer e aler, conká?). Já Leozio, não entendí se é sonso ou sádico, que vê tudo e não faz nada. Beijos de luz.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe