S.A.D. 190 | Em Meio aos Bits e Bytes

6.6.24

Foi daqui que pediram mais SAD musical? Navegando no mundo da tecnologia, o nosso rei do som providenciou um repertório de hits repletos de masculinidade feminina, afinal, sua TI tem um jeito de poesia! Canções que beiram a traição emocional, envolvendo uma calculadora humana, sandices sem limites e a pergunta que não sairá da cabeça de ninguém: qual é, qual é?


 

Siga o SAD como um verdadeiro stalker: iTunes | Android | Spotify | Grupo no Telegram

Envie SUAS HISTÓRIAS anonimamente pelo formulário para fazer parte dos próximos programas.

Participantes
Mandiiii, Mandiii, menina livre da cidade
Denise 'San Diego' não tem limite, fofoca é seu jogo favorito
Eduuu, ao lado dele tudo é gostoso, juntos a gente grita: que maravilhoso!

Vem dançar, vem curtir, tudo sobre Leo vai te divertir

Luciana, a calculadora humana, não contabiliza drama
Sidney, qual é? Como um detetive no meio da neblina

Nessa sessão: 

“Missão Madrinha de Casamento”
Inconformada por ter sido chamada para ser madrinha do casamento da irmã, mas sem o direito de entrar de par com sua namorada, essa jovem se recusa a caminhar com um avulso por alguns minutos e está #chati com a companheira que prefere não criar caso.

SADúvida: Jogadora de Tíbia?

“Eu estou bem, mas a minha paranoia não está”
Magoada pelo uso de figurinhas do Whatsapp e piadas internas de seu parceiro com uma amiga do trabalho, Bianca teme estar sendo traída emocionalmente.

SADúvida: Alguma dica para se manter jovem mesmo não sendo ex-BBB que faz plásticas de 2 em 2 meses?

“O Fervor de Madá e Belz”
Jovem evangê anacrônica flexível se gaba de nunca ter se abalado ou chocado por nada do dito mundo desviado, até conhecer Belz, com quem começou a se relacionar e teve uma conexão incrível, apenas para descobrir algo perturbador sobre seus dogmas.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Olha, quem diria que seríamos salvos pelo Mochila de criança, Sete peles, internet da TIM, não é mesmo?
    Adorei as músicas, que salvaram os casos. Sempre um prazer ouvir o SAD.
    Sobre a referência a Jogadora de Tíbia, sei que ouvi no SAD e reoubi agora na maratona anual, mas não lembro qual episódio. Sinto muito.

    Jamais me acostumarem com "Refogado de carne mijada"

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe