Hawaii Five-0 1x08: Mana’O

10.11.10


“O lugar mais solitário na Terra é onde ninguém acredita em você”.

Como falar da qualidade de Hawaii Five-0 já está ficando muito repetitivo, nada melhor do que falar sobre a frase acima que foi dita por Chin (que sabe muito bem do que está falando) e foi o tema central de todo o episódio. Quando seu ex-parceiro de é morto e tem seu corpo usado como uma mensagem para outros policiais, Danno dedica todas as suas forças e até contraria alguns de seus princípios para pegar os responsáveis pela morte de seu amigo e provar que ele não era corrupto, mesmo quando todas as pistas levam a essa conclusão.Resultado, muitas discussões entre Danno e Steve como já estamos mais do que acostumados. A dupla está parecendo mais um casal que está casado há muitos anos do que parceiros. Qualquer motivo é o suficiente para eles começarem mais uma briga. Não estou falando que está ruim, não. Afinal, me divirto muito com coisas como Steve perguntando se existia algum problema com o ex-parceiro de Danno que responde “No issues, Oprah”.

Melhor do que isto foi ver Danno cedendo aos métodos de seu parceiro e pendurando um artista que estava envolvido com o tráfico no capô do carro para obter mais informações, o que nos levou a mais uma intrigante discussão: O que é pior pendurar um cara no capô do carro e correr com ele pelas ruas do Hawaii ou deixar um suspeito preso numa gaiola no mar onde vários tubarões estão presentes? Você acha que a trama já está com muita cara de 24 Horas para o seu gosto? Eis que descobrimos que existe um policial infiltrado, que trabalha com os traficantes e estava sendo investigado pelo ex-parceiro de Danno.

O que mais me surpreendeu no episódio foi a ver a cara-de-pau da produção com a “propaganda inserida dentro da programação” mais descarada da história quando Chin sugere a Kono que ela procure no Bing se a informação que ele está dizendo está realmente correta. Bitch, please. Primeiro que ninguém usa essa merda de Bing e sim o Google e depois que pelo amor de Deus difarça um pouco melhor da próxima vez. Espero que semana vem Kono não mostre sua satisfação e descreva as funções da câmera digital Megapix ou comprove que seu corpinho malhado de cylon surfistinha so é possível graças ao Ab Toner.

Ainda tivemos o retorno de algumas caras conhecidas como o traficante preso Sang Min, que foi essencial para que a Danno conseguisse provar a inocência de seu falecido amigo e pegar o verdadeiro policial corrupto por trás de tudo. Sem falar na ceninha toda emotiva do presidiário vendo seu filho brincando no parquinho. Depois do grande sucesso do SBT "Os Ricos Também Choram", vem aí "Os Traficantes também Choram".

Mais um caso legal, novas brigas de amor entre Dannoe Steve, uma trama pra lá de chupinhada de 24 Horas, Chin mostrando que é adepto da filosofia de bar e Kono se candidatando à garota propaganda. Ufa, foi isto que movimentou mais um bom episódio de Hawaii Five-0.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. To achando esse seriado tudo muito obviooooo, episodio passado foi o cumulo, o cara lá era inocente e depois que quem amtou era o pai da menina, e esse também, foi obvio que o cara lá matou o outro so para se proteger, enfim, to vendo ainda mas o roteiro é fraco

    ResponderExcluir
  2. Concordo com a Taís na questão da trama ser muito óbvia... a série é para ser vista como diversão, algo para não se levar a sério. Vista assim, ela é excelente. E, para mim, só de ver Steve e Danno juntos já me faz superar qualquer clichê :D

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe