Breaking Bad 4x05: Shotgun

segunda-feira, agosto 22, 2011



Jogos de poder e muita ação no melhor episódio da temporada.

Shotgun começou acelerando o ritmo numa sequência que evidenciou o preparo de Walter para encarar a morte, o que não é nenhuma novidade já que foi justamente esse o motivo do início de sua saga criminosa. Tanto que, assim como no plioto da série, ele grava uma despedida para a família (não tão emotiva quanto a que foi destruída no deserto) e empunha a arma decidido ir até o fim. Esse desapego dele provoca ações que podem ser inteligentes e salvadoras ou ingênuas e desesperadas, e por isso mais uma vez ele acabou impotente frente aos planos de Gus numa péssima situação para quem gosta de controlar tudo e todos. Aí em protesto ele fez birra no laboratório, lembrando aqueles momentos engraçados e caricatos do personagem como o clássico "pizza no telhado".

De modo geral, isso é o que acontece em todos os contextos da série. Quem controla as drogas? Quem controla Jesse? Quem controla o dinheiro? Quem controla a casa? Em nenhuma das ocasiões Walt é a resposta, e até mesmo a lenda de Heisenberg criada por ele está escapando do controle. Mas antes que isso acontecesse seu orgulho deturpado alertou que talvez Hank tenha se precipitado ao declará-lo morto. Afinal, de que valeria todo o esforço se no fim outra pessoa roubasse sua glória novamente? Um erro infantil sim mas justificável, e que ainda por cima pode ter sido um contra-ataque involuntário já que colocou o Los Pollos Hermanos na mira da investigação pela supermetanfetamina. O que será que o dono dos restaurantes vai fazer quando souber que o maior problema dele não é o vício do Jesse mas a bebedeira do Walt?

E já que ele é o assunto, qual será a verdadeira intenção do plano de colocar Jesse como herói? Dividir a confiança entre os parceiros de laboratório? Recuperar um possível aliado contra o cartel mexicano? Punir o Mike pelos vacilos? Falei bastante da transformação do Jesse mas nunca pensei que seu segundo professor no crime seria outro careca. Perfeito! A dinâmica entre eles foi muito boa e já rendeu um belo esporro ao aluno impaciente. Uma pena que tudo não passava de armação. O Gustavo realmente não chegou onde chegou por acaso e é o cara mais misterioso e imprevisível da série. Mas seja lá qual for a intenção dele, espero que ainda possamos ver mais momentos divertidos da nova dupla e também as reações de Walter White a mais essa perda.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe