Desperate Housewives 8x03: Watch While I Revise the World

quinta-feira, outubro 13, 2011


O mistério continua.

Depois de começar a agir estranho, chorando durante enterros de hamster e cometendo “crimes” apenas para ser punida, já era de se esperar que Susan não fosse conseguir guardar o segredo da morte do padrasto de Gaby por muito tempo. A aproximação dela com Carlos é compreensível, uma vez que os dois estão passando por uma situação parecida, mas eu achei a tensão sexual entre eles um tanto quanto forçada.

Ainda bem que nada aconteceu, tirando o fato de Mike ter desconfiado da amizade repentina entre eles, obrigando-os a contar a verdade. Só não entendi o porquê de Mike ter ficado tão abalado a ponto de se afastar de Susan daquela maneira na última cena, afinal ele também já matou alguém em legítima defesa antes, e Susan o perdoou. Vamos ver como isso será desenvolvido nos próximos episódios.

Enquanto isso, desconfiando que Vance possa estar investigando-a, Bree finalmente coloca em ação seu plano para se separar do policial, contando com uma ajudinha de Gaby (que nesse episódio foi reduzida a coadjuvante de luxo). E mesmo depois de descobrir que ele queria apenas pedi-la em casamento, ela decide que o melhor a fazer é mesmo se afastar dele, resultando em uma reação estranhíssima de Vance. Mas mesmo depois dessa reação, eu ainda não acho que ele tenha algo a ver com a carta, apenas ficou nervoso por gostar dela de verdade. Mas como Bree tem um histórico de se envolver com caras mentalmente anormais, eu não duvido de nada.

E ainda sofrendo com o fim de seu casamento, Lynette recebe a visita de sua irmã Lydia, apenas para descobrir que ela está num relacionamento sério. Gosto muito de Lynette, seu humor negro e seu jeito mandão, mas confesso que às vezes ela vai além do limite, como aconteceu nesse episódio. Senti que ela ficou com um pouco de inveja da irmã, mas pelo menos ela percebeu o que fez e decidiu correr atrás do prejuízo. Acho que é por isso que eu gosto tanto das housewives, porque elas erram como qualquer pessoa normal, mas também tentam acertar seus erros.

Por falar em personagens que eu gosto, esse episódio também marcou o retorno de Lee, que pediu a ajuda de Renee para comprar sutiãs para sua filha adotada, e entregou os momentos mais engraçados do episódio (a cena com o massagista foi ótima).

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. Essa temporada está fraca, muito fraca! Muito entediante essa história da Susan e do Calros pós assassinato, pelo amor de deus troquem o disco!

    ResponderExcluir
  2. Para mim essa ta sendo uma das melhores de DH...

    ResponderExcluir
  3. A verdade é que, desde o começo da série, as histórias da Lynette sempre tiveram pouco ou nada a ver com a trama principal. As outras três se envolvem muito mais.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe