Desperate Housewives 8x04: School of Hard Knocks

quarta-feira, outubro 19, 2011


Como faz pra aceitar a separação de Tom e Lynette?

Essa é a principal pergunta que eu estou fazendo desde o final da sétima temporada de Desperate Housewives. Simplesmente não dá para aceitar o fim do relacionamento mais duradouro e “normal” da série, e mesmo amando o humor negro de Lynette e a genialidade safada de Renee, eu não consegui dar risada das piadas das duas neste episódio. Não que elas não tenham sido engraçadas, pelo contrário, em outras circunstâncias eu teria perdido o fôlego de dar risada. Mas é que a tristeza pela separação de Tom e Lynette fala mais alto, e eu fiquei ainda mais triste ao descobrir que Tom já está saindo com outra pessoa. Qualé roteiristas, juntem eles de novo e me façam feliz, pode ser?

E a oitava temporada continua “fazendo a conexão” com as temporadas passadas ao trazer de volta Danielle, a filha de Bree que retorna pros braços da mãe depois de ser abandonada pelo marido. O que eu acho mais engraçado é que Danielle, Andrew e Julie não perdem a cara de adolescente que tinham no começo da série, mesmo estando mais maquiados, barbudos ou gordinhos (respectivamente). E Danielle voltou com a mesma cara e a mesma safadeza né, porque já chegou enganando a mãe pra montar um negócio de “balanços do sexo”. A cena de Bree, que é toda conservadora, presa no balanço foi impagável.

Ótimo também foi o plot de Gaby brigando com a líder da Associação de Pais, a instituição que sempre rende bons momentos em séries sobre subúrbio (vide o terceiro episódio de Suburgatory). Adorei ver Gaby quebrando as regras do estacionamento e criando um motim contra Dana (com direito a hilárias referências a Coração Valente e 300), e quero só ver como ela irá lidar agora que se tornou líder da Associação por livre e espontânea pressão.

A parte dramática do episódio ficou com Susan, que continua provando ser uma personagem bem mais legal quando está em situações cômicas. Foi bom ver que Mike aceitou o segredo da esposa e está ajudando-a a lidar com a situação, mas a tentativa dela de entrar pro curso de artes foi muito clichê, principalmente depois de o professor vir com aquele papo super batido de encontrar a fúria interior e tal.

Enfim, gostei muito de School of Hard Knocks, sem dúvida o melhor episódio da oitava temporada até agora, e que apresentou muitas possibilidades para os próximos episódios, com um ótimo cliffhanger. Sinto que finalmente essa última temporada de DH está encontrando seu rumo, e a promessa de um final em grande estilo está mais perto de se tornar realidade.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Também não me agrada ver Tom e Lynette separados, mas não acho que a série vá acabar com eles assim, então consegui dar muitas risadas com as duas na aula de ginástica. E o que dizer da Bree presa naquele balanço? Não sei qual das duas cenas me arrancou mais gargalhadas.
    Quero muito ver como Gaby vai se virar como presidente da Associação dos Pais, vai render muitas cenas engraçadas.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe