Parenthood 3x03/04: Step Right Up/ Clear Skies from Here on Out

sábado, outubro 15, 2011


Parenthood em dose dupla.

Sarah estava me irritando no terceiro episódio, mas só pelo simples motivo que ela estava sendo uma motherzilla. É compreensível que ficaria bastante abalada e muito em cima de Amber por mudar de casa, mas é estressante ver ela daquele jeito. Pelo menos Drew finalmente teve alguma função na série, além de conseguir interagir com o pai na temporada passada. Gostei de como lidaram com o assunto, não tornando o negócio muito clichê, e isso é algo que a série sempre consegue fazer bem.

Por outro lado, decidiram terminar com a storyline de Alex bem rapidamente. Foi inesquecível a cena em que ele desabafa para Haddie no episódio passado, mas nesse episódio, nada foi muito desenvolvido e senti que não foi a melhor forma de acabar com o plot. Tinha grandes esperanças de que a salvação dessa temporada seria a história de Alex e pelo jeito, todas as minhas esperanças morreram. Uma stoyline que quero que aconteça mais é a de Julia e a garota do café. Ela é, de longe, uma das melhores participações da série e ver aquele momento tão bonito mas tão triste também foi ótimo e torço para que a garota acabe ficando com o baby no final das contas.

No mais, não deu pra acreditar na safadeza de Adam e Kristina em relação ao sexo do novo bebê. Eles sempre são pessoas tão boas e ficaram praticamente torcendo para que não seja um menino pois se for, vai acabar se transformando no Max 2.0. Desnecessário dizer que comecei a odiar os personagens por causa disso, super preconceituosos e só ficaram pensando em si próprios.

Além disso, outra coisa desconexa que aconteceu no episódio foi o drama de Cosby com Jasmine e o doutor chocolate. Acho que já passou aquele tempo em que Crosby tinha que ficar correndo atrás de Jas e acho que também já passou aquele tempo em que os dois ficam brigando por causa do encontro aleatório da semana. Claro que, com Jas namorando um doutor, isso vai acabar fazendo com que as coisas entre a mesma e Crosby tornem-se bastante complicadas.

No quarto episódio, dava pra sentir que tudo estaria acabando para alguns dos personagens. O problema entre Crosby-Jasmine-Kristina-Adam-Jabbar-Max já estava destinado à falhar e principalmente, Haddie e Alex. Sempre gostei dos dois juntos, pois demoraram bastante tempo para finalmente ficarem juntos, e quando finalmente acabou, fiquei bastante devastado. Não por causa do término em si, mas pela falta que ele vai fazer na série, justamente por causa de Adam e Kristina. Os dois foram como pais para Alex e a cena em que ele também termina o relacionamento com os dois foi devastante.

Era de se esperar, porém, que Crosby não ia resolver o problema. Ele sempre fica meio confuso, SEMPRE, e nunca resolve nada. A cena em que as duas crianças finalmente vão para cima do outro foi totalmente justificável. Entretanto, é pedir demais para uma criança de, sei lá, 5 ou 6 anos? Aceitar ter que almoçar com o primo toda hora, sendo que ele nem sabe o que Max tem de errado.

Zeek e Millie também tiveram um aproveitamento melhor essa semana, com o primeiro voltando a atuar, mesmo que seja num comercial para disfunção erétil. Desnecessário dizer que tirou todo o drama do episódio, tornando-o bem leve. Serviu bastante para que Millie começasse a ficar inspirada em tentar novas coisas, como aprender o mandarim.

Foi bom também ver a história de Drew continuar a funcionar e dessa vez, mesmo sendo super tímido, deu a LOKA na escola e mesmo assim a menina foi atrás dele. Será que é aquele cabelo lisinho que deixou ela toda animada? Não dá pra entender, porém, o que o professor traz para a série. Não gosto da dinâmica dele com Sarah, mas pelo menos nesse episódio ele serviu para alguma coisa: Fez Drew conseguir uma caminhada altas horas da noite.

Talvez Você Curta

0 comentários

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe