Survivor 23x05: Taste The Victory

sexta-feira, outubro 14, 2011



Senhoras e senhores, o primeiro blindside de South Pacific.

Depois de episódios bem chatinhos, tenho que assumir que o desta semana foi bom (nada espetacular, não precisa se empolgar ainda) e me deixou esperançoso. Pela primeira vez desde que foi introduzida, eu gostei bastante da parte da Redemption Island, onde infelizmente Stacy e Christine lutaram pela permanência no jogo. Vai falar que você não se divertiu com a Stacy sambando na cara de todos e entregando para os Savaii todos os segredos da Upolu? Melhor ainda foi ela insistindo em chamar o Coach de Benjamin. Apesar de eu gostar bastante da Christine, realmente estava torcendo para Stacy, que foi eliminada.  Ficou claro que se Christine fizer igual ao Fabio Cristão da última temporada, ela terá todo o apoio das mulheres de Savaii para realizar sua vingança. Fiquei com dó da Mikayla, que ficou fazendo cara feia para as duas, sendo que ela deve ser a próxima a rodar na sua tribo e nem consegue perceber isto.

De volta às tribos, foi demais ver o Coach revoltadinho porque, segundo ele, nem seus pais o chamam de Coach. Ele ainda aproveitou a deixa para voltar a ser bem irritante, o que fez a produção ovular, lhe dar bastante airtime e ainda um idol de presente. Eu realmente suspeito da produção do programa. Acredito sim que ela favoreça alguns participantes, desde Samoa fico com esta impressão e o fato de Ozzy e Coach acharem os idols, só aumenta minha desconfiança. Quero deixar claro que esta suspeita não tem nada a ver com o fato de eu odiar os dois retornantes. Em Heroes Vs. Villains, sempre suspeitei que a produção acabou ajudando a Parvati (que eu adoro), lhe contando quem era Russel Hantz e fazendo ficar esperta com ele principalmente porque é sabido por todos que ela tem grandes amigos na produção de Survivor.

A edição continua falhando e conseguiu deixar bem claro, logo no começo do episódio, que Elyse seria a eliminada. De cara, tivemos até um confessional dela, que quase não havia aberto ainda, o que me fez ter certeza que a puta seria a eliminada do episódio. Comecei a ver algum potencial em Withney, que vinha sendo uma grande samambaia. Acredito que ela possa crescer no jogo e até ser a vilã da temporada. 

Ozzy conseguiu uma grande proeza e deixou Brandon e Coach para trás na disputa do participantes mais irritante da rodada, sua arrogância e falta de habilidade social chegou a um nível monstruoso em South Pacific. E eu bem tontinho achando que ele seria capaz de melhorar seu jogo social depois do desastre de Micronésia. “Pescar é quase como fazer Yoga debaixo da água”. Cala boca, Ozzy. Toda esta história, rendeu um confessional de Cochran dando um belo spoiler para nós, dizendo que a arrogância do Jungle Boy vai acabar fodendo ele muito em breve. Ozzy também superou sua própria burrice, dizendo que Coach deveria trair Albert, o que facilitou a vida de Jim e Cochran no sentido de conseguir convencer Keith a eliminar a Elyse.

Apesar de eu adorar uma grande nojeira, não gostei do challenge desta semana, em que todos deviam morder carne de porco e cuspi-la num balde. A falta de criatividade na hora de inventar desafios anda violenta. Por que eles não copiam logo os challenges que foram legais (os que foram legais, pelo amor de Deus) nas temporadas antigas? Sem dizer que continuo sedento por challenges aquáticos como os de Cook Islands e Palau.

A vitória apertada da Upolu foi a oportunidade que Jim e Cochran precisavam para colocar o plano em ação, o que obviamente deu muito certo. O melhor foi ver Ozzy todo convencido de quefinalmente conseguiria se livrar do nerd. Apesar de entender a atitude dos membros da Savaii, eu eliminaria o Ozzy logo duma vez, principalmente porque ele tem um idol e por o Rei do Mimimi deve qyere causar ao ser traído por sua aliança. Alguém dúvida que ele ficará chorando por muito tempo por ter sido enganado na eliminação da japa invisível? Outra coisa que desaprovei foi o fato de Keith e Whitney não terem tido coragem para votar na Elyse e acabaram anulando seus votos votando em Dawn, o que pode deixar Jim, Dawn e Cochran putos com ele, causando uma grande divisão na tribo ou pelo menos uma onda de desconfiança. Porém, começo a gostar de Whitney. É legal ver o quanto ela está manipulando Keith e acredito que ela pode ir longe, quem sabe se aliando com Christine numa possível volta da véia ao jogo. Keith também cresceu aos meus olhos, ele continua sendo um grandão com jeito de bobão mas pelo menos ele fala agora. Por enquanto, acredito que Jim na Savaii e Sophie na Upolu têm os melhores jogos. 

Não percam semana que vem, teremos mais Russel Hantz e ainda o Ozzy sendo um grande chorão, me lembrando de seu comportamento quando foi traído por Parvati e foi obrigado a vê-la levando o milhão para casa. A edição da promo me faz acreditar que será a vez da Upolu visitar o Tribal Council, ainda mais que o episódio inteiro ficou ressaltando o quanto a disputa está acirrada. 

Espero que Christine chute para fora a japa aleatória e continue sua jornada rumo o retorno ao jogo.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Nojinhu do Keith e Whitney anularem seus votos, estúpidos, acabaram se queimando com os "dois lados".

    ResponderExcluir
  2. Realmente, se queimaram com o Ozzy de qualquer jeito e não foram leais ao outro grupo. Agora tenho que dizer, Jim foi um gênio nesse episódio. Já Albert acabou confirmando o que a Stacey disse: É realmente capacho co Coach. Como assim ele acha a pista e dá para o Coach, dando a ele a chance de possuir o idol? Qualquer um com um mínimo de inteligência acharia o idol para depois simplesmente contar que o possui, se assim achar necessário.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe