The Walking Dead 2x02/03: Bloodletting/Save the Last One

segunda-feira, outubro 31, 2011


TWD walking (!!!) para uma boa temporada.
 
Após uma ótima Season Premiere, os roteiristas de The Walking Dead nos presenteiam com mais dois episódios ótimos, bem melhores do que o pacato primeiro episódio. A série não foi feita com o propósito de mostrar toda uma mitologia sobre os walkers. Muito pelo contrário. Nada até aqui serviu para nada, não sabemos praticamente nada sobre o que está acontecendo.

Percebemos até aqui que quando crianças são jogadas no confronto em um mundo pós-apocalipse, elas só causam problema. A outra decidiu brincar de casinha na matinha e acabou se perdendo (ou talvez algo pior), o outro resolveu brincar com o Bambi e foi PENETRADO por pedaços de uma bala. Sorte que foi só pedaços né, imagina se tivesse sido a bala inteira.

Claro que com toda essa confusão, a gangue foi desmembrada e os roteiristas até tentaram manter os dois núcleos separados, porém, juntos. Conseguiram fazer com que eu perceba grande potencional em Daryl. Andrea, por outro lado, só está me irritando. Pensei que seria o contrário, mas já tenho uma solução bem simples: aperte logo o gatilho e encontre com a sua irmã, já que é isso que você realmente quer.

A dinâmica dos nossos personagens com os da fazenda está deixando a desejar, mas já estão tentando criar laços para que nós, os telespectadores, nos importemos com os próximos acontecimentos. Enquanto todos criam laços na fazenda, a menina Sophia continua perdida.

Outra coisa que não dá pra falar mal é que, mesmo quando o episódio fica mais focado em toda aquela pegada emocional e as vezes espiritual do negócio, quando um zumbi de fato aparece, ele aparece causando bastante. Foi no segundo episódio que Andrea quase foi estuprada por um deles, até que a coleguinha da fazenda chegou montada em um cavalo, metendo pau no walker. Detalhe: ela está procurando Lori. Será que se alguém tivesse falado que a loira não era Lori, ela deixaria o walker em cima dela? Bem provável, considerando as situações em que os personagens são introduzidos, perdendo quase toda a humanidade existente neles.

Como por exemplo Shane. Sinceramente, já sabia desde aquele momento em que apareceu do nada, sem o gordinho, que ele o havia matado. Convenhamos, Otis era gordo, lento e saboroso. Algo que todos os walkers gostam de comer em abundância. Já estava para acontecer e isso só mostra que Shane acabará fazendo qualquer coisa para sobreviver. Claro que isso fez com que ele se tornasse um dos meus personagens preferidos, por essa dualidade existente no caráter dele.

Todas as teorias sobre a existência e o aparecimento dos zumbis estão por todo lado. Agora, o veterinário que virou médico, acha que é uma forma da natureza se corrigir, restaurar algum equilíbrio. Ele fala isso agora, que está beem longe dos walkers. Duvido que ele vai pensar da mesma forma quando virar comidinha.

@marcoacpontes

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. Melhor episódio da segunda temporada (o terceiro). É tensão a todo instante. Enquanto uns discutem se é pro Carl ficar vivo e expõe o lado "é melhor morrer do que ficar nesse mundo fugindo", outros matam pra salvar a própria vida e a de uma criança, mostrando que a "humanidade" em cada um vai sendo extinguida, tal qual na HQ.
    O Shane estava me dando no saco até o ep. passado. Já começava a achar uma péssima ideia a do kirkman em não seguir a HQ, mas nos dois ultimos episódios o personagem evoluiu de modo monstruoso, mostrou que foi uma atitude ótima a dos roteiristas a de mudar a história dele (em relação a da HQ), tanto quanto a adição do personagem Daryl! Falando nele, exploraram a história dele um pouco, mesmo faltando algo a mais pra ele, um pouco mais de atenção, pois um personagem tão "rico" assim, não pode ter pouca atenção.

    Sinto falta do Glenn, na série. Ele não é muito participativo (quanto foi nos primeiros episódios da primeira temporada) e é o meu personagem favorito na HQ, gostaria que ele tivesse um foco maior.

    QUE ÓDIO DA CAROL!
    QUE ÓDIO DA ATRIZ QUE FAZ A LORI, PUTA QUE PARIU! Desculpem o palavrão, mas não da, aquela mina não me desce de modo algum. Começo a ver uma cena com ela e já entro em parafuso.

    ResponderExcluir
  2. Melhor episódio da segunda temporada (o terceiro). É tensão a todo instante. [2]

    Acho que tds gostaram do Shane nesse ultimo ep. E pelo visto o negocio prometeeee! RS
    Meu personagem preferido é o Daryl! Queria mt que ele tivesse mais espaço e desenvolvesse mais sua historia. Mas talvez isso seja difícil né, se ele não existe na HQ, os roteiristas devem estar muito ocupados comprando sangue fake para desenvolver um plot decente para ele.

    É verdade, o Glenn era o menino prodígio nos primeiros epis e agora está uoh!

    Para mim, cowboy e sua happy family poderiam virar alpiste de zumbi, junto com a menina desaparecida e sua mãe mosca morta!

    ResponderExcluir
  3. Só gostaria que a série definisse melhor os walkers...
    Tipo, com relação ao comportamento deles sabem? Não sei se é pedir demais, e não sei como é na HQ mas, como um zumbi entra no trailer escuta um ruído vindo de uma portinha trancada e deduz que era a anta da Andrea? E fica tentando abrir a porta? Só faltou ele virar a maçaneta ne?

    E se eles são tão espertos, como, naquela cena de Walkers Parade, o Afrodescendente perde litrus de sangue, abraça um cadáver e os walkers saem de lá numa boa?

    Bom sei la...

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe