Fringe 4x05: Novation

sábado, novembro 05, 2011


Quem quer mudar de universo?

Sei que eu não! Estou simplesmente adorando todas estas novas interações entre os personagens e espero que não tenhamos outra mudança de timeline porque nesta está tudo indo muito bem. Relação entre Nina e Olivia é adorável, Lincoln Lee do nosso lado mais ativo, assim como Astrid, escritórios gigantescos e mais high-tech, esta timeline é bem mais divertida e não quero dizer adeus a ela nunca mais... Só espero que a volta de Peter não seja o catalizador de uma volta aos antigos universos azul e vermelho...

Por falar em Peter, primeiro que devo dizer que ele nunca foi meu preferido, na verdade nenhum dos protagonistas, esse cargo sempre ficou para a diva Nina Sharp, o que quero dizer é que Peter nunca pareceu ter uma verdadeira função dentro da série, ele sempre foi um “outsider” e agora com sua volta esse sentimento se multiplicou. Porém, mesmo assim gostei bastante de suas atitudes neste episódio, ele estava mais com um ar de “Líder” e todas suas cenas com Walter foram simplesmente perfeitas.

Confesso que já estou ficando com raiva de mim mesmo por todo episódio falar o quanto John Noble foi perfeito, mas é impossível, toda semana ele da um banho de atuação e só sinto pena das premiações que nem ao menos indicam o magnifico ator. Walter estava perfeito, tentando saber quem ou o que é Peter, usando os metodos de Michael Jackson para dormir e claro, a pequena cena com Nina Sharp foi maravilhosa e me encheu de alegria, sempre fico com um enorme sentimento de satisfação sempre que ambos tem cenas juntos e desta vez não foi diferente, ver que Walter também culpava a Nina pelo que aconteceu com Peter foi tristemente compreensível.

Além disso agradeçam a Wyman e Pinker por Lincoln Lee que, fuxiqueiro, nos brindou com mais sobre o passado de Olive com Nina, assim descobrimos que Nina adotou Olivia e sua irmã, mais fofo que isso impossível! E também cada vez mais gosto da amizade de Lincoln e Olivia, diferente de muitas pessoas não consigo, atualmente, ver um romance entre eles, ainda mais depois dele recusando o convitezinho de Olive para ir tomar café (Sei..). Por outro lado ela começou a se perguntar qual sua história com Peter, já que por ele ser filho de Walter teria razões para ele aparecer para o pai, mas e para ela? Torço para que não fiquem de mimimi por muito tempo e ou coloquem ambos juntos ou os deixem separados.

Simplesmente amei toda aquela cena do arquivo zombeteiro, Olivia toda confusa assim como eu, provavelmente suas habilidades estão se manifestando e toda a cena lembrou muito “The Road not Taken” da primeira temporada. Também estou gostando muito de Nadine, a shapeshiter totalmente orgânica e oriental está me conquistando a cada aparição, quero ver cada vez mais dela e principalmente, saber quem está por trás de tudo isso. Ainda não sei qual é a minha com os chefes de Shapeshiters mas gostava de Newton tanto quanto estou gostando dela, só espero que ambos não tenham o mesmo fim, mas por ela se tratar de uma shapeshifter e “vilã”, acho difícil ela ter qualquer outro caminho a não ser a morte.

Adentrando a mitologia de Fringe, o titulo deste episódio (Novation = Novação) significa algo como uma substituição mutuamente aceitável. O Glyph code da semana foi:


Still que pode significar váaarias coisas, mas principalmente acho que se refere ao ponto de equilíbrio em que nos encontramos atualmente na série.

Já o observador pode ser visto próximo a casa de de Karen, a ex-esposa do Dr. Truss, assim que Olivia chega a cena do crime:

 

Talvez Você Curta

7 comentários

  1. cenas do walter sao sempre fantasticas, ele é perfeito como ator. Adoro Nina, ainda bem q ela aperecu, tava bem sumida no comecinho da temporada.

    ResponderExcluir
  2. O final desse episódio foi... foi... OMG.
    Acho que quem está comandando a Shapeshifter oriental é alguém de um terceiro universo. Tomara que seja. Torço com o surgimento de um 3º universo desde a tamporada passada. xD

    ResponderExcluir
  3. Não entendi o que se passou mais ou menos a partir dos 37 minutos. A funcionária entrega um arquivo à Olivia e ela pousa-o na secretária. Depois de falar com o Lincoln, a funcionária traz (como se fosse a primeira vez) novamente o arquivo, que não estava na secretária.

    ResponderExcluir
  4. Citando a mim mesmo: "Simplesmente amei toda aquela cena do arquivo zombeteiro, Olivia toda confusa assim como eu, provavelmente suas habilidades estão se manifestando e toda a cena lembrou muito “The Road not Taken” da primeira temporada."

    Pelo que entendi (Dizem por ai.. que eu não entendo Fringe D: ) a Olivia está começando a despertar as habilidades do Cortexiphan de poder enxergar em universos paralelos!

    ResponderExcluir
  5. Pois, a distração foi minha na leitura da review. Também fiquei com essa ideia, pois os escritórios agora são idênticos

    ResponderExcluir
  6. Este episódio tirou o resquício de sanidade que eu tinha....cheguei a uma conclusão surtada: o que estamos vendo agora culminará no que vimos nas três temporadas passadas e ponto...o inicio é agora...e o que vimos são as consequências pelas divisões fringe tentarem salvar o mundo. Não faz sentido eu sei, mas é que tá tão estranho. parece que eu tô vendo um nova série, pq as explicações que eu tinha pra tudo, parecem não existir mais....
    Gosto muito de fringe, não sei se foi frustração, afinal, 3 semanas esperando pelo episódio e ele nem foi "grandioso", mas pela primeira vez senti como se não estivesse reconhecendo a série, devem ser as mudanças - nina/olive; peter; walter/nina...as relações mudaram muito (melhorou), mas não parece em nada com a fringe de antes.....

    ResponderExcluir
  7. Este episódio mostrou vários fatos passados nesta realidade e propôs que a presença de Peter nesta realidade ainda está indefinida. Creio que a importância de Peter cresceu a partir da segunda temporada da série e quando ele se tornou a pessoa capaz de fazer funcionar a máquina de destruição dos universos e teve sua consciência (ou corpo) levado para o futuro a la Desmond de Lost, muitas outras perguntas surgiram e terão o restante da temporada para serem respondidas (ou não, cabe aos produtores e roteiristad esta grande tarefa). No mais, bom episódio e que tal algumas indicações para John Noble no próximo ano, hein?

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe