Happy Endings 2x08: Full Court Dress

segunda-feira, novembro 28, 2011


Max, meu eu televisivo.

Vou cobrar direitos autorais dos responsáveis por Happy Endings, porque eu tenho certeza que Max foi inspirado em mim. Sério, nunca me identifiquei tanto com um personagem de série, desde o apetite sem fim, até o jeito descompromissado de levar a vida, o ótimo gosto por cardigans e óculos escuros, e agora até a forma SUPER carinhosa de cuidar de crianças. Tudo bem que eu não teria coragem de fazer uma tatuagem horrorosa só pra ganhar tacos de graça, mas enfim...

Essa semana, minha versão mais velha (e mais gordinha; e mais exagerada) foi responsável pelos melhores momentos do episódio, em mais uma excelente parceria com Penny, servindo de babá para os sobrinhos de Max com nomes de hipster (Django e Rope, sério?). E enquanto Max cuidava dos pequenos de uma maneira mais normal – grudando-os na frente da TV e fingindo brincar de lanchonete só pra eles fazerem lanches pra ele –, Penny tentou conquistá-las com visita a um museu de bonecas (feitas com cabelo e dentes de verdade!) e até teatrinho de fantoches inspirados em Jay-Z e Beyoncé.

A química entre Max e Penny continua saltando aos olhos, especialmente na cena em que Max fala a verdade sobre a morte para as crianças e a princesa Penny é obrigada a salvar o dia. Nenhum pai que se preze deveria confiar nos dois pra cuidar de uma criança, mas depois do sorrisinho que Max dá pra Penny no final, como não se encantar por eles?

Infelizmente não dá pra dizer o mesmo de Dave e Brad. Não me lembro de nenhum episódio que tenha colocado os dois juntos, mas definitivamente não funcionou. Por mais que o plot deles tenha rendido algumas boas piadas, eu senti que eles estavam meio perdidos no episódio, e fiquei tão irritado com o carteiro Drew que até dei um sorriso quando ele morreu (tão sádico...).

Mas a cena final, em que os seis decidem se livrar do vestido horroroso que Alex fez para Jane e acabam ficando cobertos pelas cinzas do carteiro, foi a cena mais engraçada do episódio, e uma das minhas preferidas da série até hoje. Talvez Drew tenha tido um impacto maior do que eu pensei, afinal...

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Esse foi o episódio decisivo para que eu parasse de ver Happy Endings. achei muito chato e só ri uma vez[ quanto a penny falou que o Céu existia e que era feito de doce(ou alguma coisa do tipo) e as crianças falam que queriam morrer e meio que planejam suas mortes]. Em 20 mins rir só uma vez ? é algo que te faz querer parar de ver a série.A cena final foi tipo: "Era pra rir dessa parte?" HE se foi e não vai deixar saudades.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe