Once Upon a Time 1x05: That Still Small Voice

segunda-feira, novembro 28, 2011


Aquela vozinha me diz que este episódio foi muito bom.

Já estamos no quinto episódio de Once Upon a Time e simplesmente é impossível não se encantar a cada segundo mostrado em tela, eu me sento e por esses 40 minutos eu realmente viajo, me apaixono e deliciosamente aproveito cada minuto dessa história, não saberia como descrever a série para uma pessoa que não a acompanha sem usar as palavras “Adoravelmente apaixonante” porque, em minha opinião, são as palavras que melhor dizem o que a série vem mostrando desde sua estreia.

Desta vez o destaque foi para Archie, o grilo falante, admito que desde o começo nunca havia realmente me interessado por seu personagem, mas tudo mudou neste onde a principal função foi, além de criar um laço maior entre Archie e Henry, nos mostrar a história do grilo falante, magnificamente feita para nosso deleite. Acho que estou exagerando um pouco nos adjetivos hiperbólicos mas esse episodio realmente mexeu comigo de uma forma que muitas poucas séries fizeram, foi como descobrir um pequeno mundo escondido, um capitulo perdido do meu livro favorito e não tenho palavras suficientes para descrever.

Bem, em primeiro lugar devo dizer que adoro a história do Pinóquio, sempre senti certa... Afinidade, com a trama do garoto de madeira que acima de tudo queria ser real, mas muitas vezes em adaptações, filmes ou peças, o personagem do Grilo falante era esquecido ou deixado de lado, o que particularmente acho uma injustiça já que o Grilo Falante é a consciência, aquele anjinho que vemos ao ombro dos personagens de desenhos animados, acima de tudo ele é uma bussola moral, ele ajuda a Pinóquio a ir atras de seus sonhos, mas sem deixar de ser humano e seguindo sempre pelo caminho correto. Sendo assim é interessante ver que Archie é influenciado a ir pelo “lado ruim” por Regina, que exige resultados imediatos quanto a Henry e sua “obsessão” com os contos de fadas, o que faz com que Archie entre em conflito consigo mesmo e acaba descontando parte dessa raiva em Henry, claro que ele não queria mesmo machucar o garoto da forma que ele fez, mas é interessante ver outras vertentes do personagem.

Enquanto isso, na realidade dos Contos de Fadas, conhecemos o Grilo, primeiro como um garoto e após isso como um homem, é interessante ver essas vertentes da história que estão sempre nos enganando, no começo achava que o garoto ruivo seria Pinóquio, assim como achei o mesmo do garoto mostrado ao final da trama, e fui bem enganado. Jiminy, na verdade era um vigarista que junto de seus pais saiam por ai aplicando golpes – ótimos por sinal, ri muito na cena onde o pai e a mãe enganam o casal com a história sobre a praga – mas como um bom grilo falante, ele tinha um senso de moral... Melhor que de seu pais, assim recebe a ajuda de Rumpel (que está em todas hein!) para poder ser livre.

Já em Storybrook, um terremoto abala os moradores e uma antiga mina, que Henry cisma de que há algo dentro, mas quando o garoto e Archie estavam lá tudo desaba, adorei as cenas deles ali, muito bonitinhas e divertidas, assim como o final, onde o guarda-chuva muito estiloso salva Archie de ser terrivelmente esmagado... Tem como não amar? No final do episódio também foi muito bom vê-lo enfrentando Regina, e percebendo que sempre ir pelo caminho correto não é exatamente a melhor opção. Mas ao final de tudo devo dizer que a história realmente me surpreendeu, não havia sequer pensado que os frascos poderiam ter sido trocados e a cena onde Jiminy encontra os bonequinhos é terrivelmente deprimente, quando o garotinho chega fica pior ainda e senti meu coração apertar, mas o que realmente me deixou aquecido, no melhor momento #ET foi quando a belíssima fada azul apareceu para ele, preciso dizer que nunca imaginava que Gepeto seria aquele garoto, assim ver a fada dizendo que ele iria viver o necessário para ajuda-lo foi lindo e admito que meus olhos lacrimejaram. Enfim, acho que no fim, só queria mesmo dizer que Once Upon a Time fez novamente um episódio perfeito, me deixando muito ansioso pelo próximo, como sempre.

PS: Totalmente deixei a trama do Charming e Snow de lado, mas ambos estavam super fofos no episódio também, super tristinho ela deixando a carta de demissão no final do episódio :(

Talvez Você Curta

15 comentários

  1. E pelo promo, a trama Charming/Snow no mundo real ainda vai render nas mãos de Regina e_e

    Nunca parei pra pensar em como o grilo falante se tornou o grilo falante, quoto o que disse "foi como descobrir um pequeno mundo escondido, um capitulo perdido do meu livro favorito e não tenho palavras suficientes para descrever". Achei interessante explorarem histórias que não são de conhecimento geral.

    Ouvi rumores em dois dos S.A. Cast que a morena que vive de vermelho lá é a chapéuzinho vermelho, mas continuo achando que ela é 'A garota da capa vermelha', porque a obssessão dela com lobos é afetiva e não de perigo.

    E uma curiosidade, o dálmata dessa mesma garota se chama Pongo, que é o nome de um dos cachorros de "101 dálmatas".

    ResponderExcluir
  2. Once Upon A Time só melhora, fico até com medo, já que a expectativa para os próximos episódios estão aumentando, mas aí vem aquela vozinha me dizendo que todas serão atendidas!!

    Fiquei com um pouco de medo do episódio por ser escrito pela Jane Espenson, que fez um trabalho abominável em Torchwood esse ano, mas aqui, ela realmente se superou, o episódio foi lindo, incrível....nem tenho mais adjetivo para descreve-lo!

    Gostei de ver a história do Archie/Grilo Falante, me simpatizei mais ainda com o personagem, a quem, confesso, não dava muito valor dentro do universo da série. Adorei o meninho que fez o Gepeto, Henry 2 de tanta fofura!!!

    Eu falo mesmo, chorei na cena da fadinha azul, muito emocionante!!!

    Snowing é amor demais!!!!

    :)

    ResponderExcluir
  3. Ninguém percebeu mais uma referência a Lost?


    As barras do Henry eram da marca Apollo, as preferidas do Hurley em Lost!

    ResponderExcluir
  4. Mas Leo você deixou de fora as melhores partes o episódio:

    1) Ruby sensualizando com o dálmata.
    2) Ruby sensualizando no carro.
    3) Ruby sensualizando com o bombeiro!!!! (com direito a garrafa na boca!!!!!!!!!!)

    Ou seja, em cada pedacinho do episódio os roteiristas não deixaram que nenhum personagem saísse do conceito original. Tanto que por isso veio a minha mente no final: Gepeto, quando no conto de fada veio a fazer o Pinochio o fez de madeira, um boneco de madeira, assim como seus pais se tornaram.

    ResponderExcluir
  5. O Pongo é do Archie, a Ruby tava só tomando de conta do cachorro.

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de saber o que é aquilo de cristal no fim do episódio.

    ResponderExcluir
  7. Aquilo no fundo da mina era o "caixão" da Branca de Neve?

    Episódio lindo! Chorei feito boba quando Archie se salva pendurado no guarda-chuva. E adorei descobrir a história do Grilo Falante.

    Mas uma coisa me confunde - o Archie é o Grilo falante, então o que o Pongo dos 101 Dálmatas tá fazendo com ele?

    ResponderExcluir
  8. Lucia, sim totalmente me esqueci desse detalhe, mas parece sim ser o caixão dela.

    E isso do Pongo foi referencia, os 101 dalmatas não são contos de fadas, mas sim um desenho da Disney, é a mesma coisa de ver collies por ai chamadas de Lessie

    ResponderExcluir
  9. Eu que sou homem feito acabei ficando emocionado com a história do Grilo Falante (Jimini/Archie para os intimos), é como li algures, parece que tiraram um pouco de nós e retrataram na série, ancioso pelo próximo episódio ...

    ResponderExcluir
  10. eu nao achei taaao emocionante nao, mais achei mt bom, once upon a time ta sendo tão fantastica q quando fizerem algo ruim, o povo vai cair matando, rsrs

    ResponderExcluir
  11. Eu ACHO que é o caixão de vidro da Snow que aparece no primeiro episódio.

    ResponderExcluir
  12. Achei uma tremenda ousadia da ABC construir esse episódio com a insinuação de um romance zoófilo e pedófilo como o ocorrido entre Gepetto e o Grilo Falante. Aquele papo de "quero ser quem eu sou" do Archie na realidade de Storybrook, aliado aos olhares, abraços e toques carinhosos nas mãos do velhinho mostram que ele e o menino Gepetto se divertiram muito pelas florestas de Far Far Away antes de serem atingidos pela maldição.

    ResponderExcluir
  13. Erro meu. A intenção era escrever "o dálmata que estava com essa mesma garota". Enfim...

    ResponderExcluir
  14. Gostaria de dividir uma teoria aqui... acho que o Xerife é o caçador e o médico do hospital (o cara que fazia o Adam de heroes) é o lobo mau. O médico, não sei se alguém reparou, no episódio 2 (não tenho certeza), durante o encontro com a Mary/Branca de Neve, deu umas olhadas bem significativas para Ruby (Chapeuzinho Vermelho). Bem, eu acho.
    Mas se o Xerife for realmente o lobo mau eu me decepcionaria.

    ResponderExcluir
  15. O nome do Médico é Dr. Whale, e o episódio é Snow Falls

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe