Hawaii Five-O 2x06: Ka Hakaka Maika’i

terça-feira, novembro 01, 2011


Steve todo suado e sem camisa entrando em cena com a música “Thunderstruck” do AC/DC ao fundo = Melhor cena de abertura EVER.

Desnecessário dizer que AMEI o episódio em quase todos os sentidos. E não, não foi só por causa do meu comentário acima. Foi um episódio bem amarrado, que até as pessoas aleatórias do caso tiveram sua vez e fiquei genuinamente com pena da irmã do cara quando descobriu que o marido havia matado o irmão. Sem contar que Danno foi uma gracinha no começo do episódio, quando descobriu que o moço tinha um filho, correndo para fora da casa para tentar confortá-lo antes de ver o pai morto. É lindo como ele se importa tanto com crianças.

Kono está de volta à equipe fazendo o que sempre soube fazer melhor. Ou seja, nada. É horrível como fizeram um episódio praticamente inteiro para ela semana passada e agora, a deixa como coadjuvante. Sem contar que a policial avulsa também está ganhando mais tempo em tela (leia-se: flertando com Steve) e isso torna as coisas mais apimentadas. Se eu fosse Kono, mandaria logo Lori para os EUA, pois ela está roubando o show dela. Literalmente.

Não podia faltar uma ótima perseguição no episódio, com Steve saltando telhados e quebrando braços. Coisinha básica que ele faz todo dia... Já é normal. Agora, nada foi mais eletrizante do que Wo Fat aparecendo do nada para mandar John Locke de volta para Lost. Fiquei chocado porém, com a velocidade que o asiático evaporou do apartamento após ter levado uma madeirada na cabeça. Claramente ele não é um asiático comum.

Os mistérios sobre o envolvimento do pai de Steve com Wo Fat e a governadora continuam por aí e não teremos respostas por um bom tempo. Até lá, podemos ficar revendo a cena de abertura do episódio várias e várias vezes.

P.S: Além de ter sido um episódio sensacional, ainda tivemos a participação da Kensi da série NCIS no começo do episódio. A participação foi tão rápida que demorou pra cair a ficha. Obviamente também tivemos um campeão de luta livre DE VERDADE lutando com McGarrett no final. Não sei o nome dele, mas conheço aquele tipo de corpo. De novo: um episódio sensacional.

Talvez Você Curta

0 comentários

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe