New Girl 1x06: Thanksgiving

sexta-feira, novembro 25, 2011

O dia de ação de graças chegou... E com ele a versão masculina de Jess.

New Girl vem mantendo desde seu quarto episódio um crescimento notável em sua linha de desenvolvimento, fazendo com que se abram espaços consideráveis para seus personagens coadjuvantes e para ótimas participações especiais, além de moldar aos poucos (acertadamente) a personalidade de sua protagonista.  

Fica visível a mudança no tom das características de Jess. Não que a garota tenha mudado de personalidade de uma hora para outra, mas esta está sendo modelada nesses últimos três episódios.

Jess possui ainda certos exageros, mas estes, eu até compreendo serem necessários para a composição de toda a ‘magia’ que cerca a personagem. A verdade é que, no começo, a ‘Nova Garota’ tinha certos excessos que ultrapassavam o limite da linha fofa e transparecia ser uma fórmula bastante forçada para tentar conseguir a todo custo a simpatia do público.

Neste episódio em especial gostei bastante da personagem (algo que ainda não tinha acontecido) e isso também se deve em boa parcela, confesso, a participação de Paul, um novo interesse amoroso que foi introduzido para a moça e que fez com que houvesse uma boa aproximação entre Jess e Nick, ficando ainda mais próximo e consistente o caminho para um futuro romance entre os dois. Aliás, uma das melhores (senão a melhor) cena do episódio veio da interação do ‘futuro’ casal. Jess dizendo que queria fazer (bad things) sexo com Paul foi hilário, total vergonha alheia. Ver Nick emburrado (com a expressão de  tartaruga) durante todo tempo também foi divertido e deixou bem transparente (pelo menos para mim) o ciúme que ele tinha de ver Jess com outro cara. 

Falando em Paul, gostei muito do personagem e acho que novas participações do rapaz seriam muito interessantes. Foi bacana e muito surreal ver alguém com características tão similares com as de Jess.

Pessoalmente ainda acho Schmidt o melhor personagem e nesse episódio conhecemos mais uma divertida particularidade do rapaz, que além de tudo ainda é obsessivo com limpeza e organização, principalmente quando está cozinhando. Vale ressaltar também a presença de Cece, que ganhou mais destaque no episódio passado e vem ganhando minha torcida particular para um possível caso com Schmidt.


A verdade é que New Girl vem se consolidando a cada episódio, como uma série leve, descontraída, engraçada e totalmente despretensiosa e é dessa maneira que vai conquistando cada vez mais espectadores que não esperam nada mais do que algo apenas para relaxar e dar algumas boas risadas.


Obs.1: Não é implicância (imagina se fosse), mas ainda não consigo gostar do Winston. Não consigo ver nenhum potencial no personagem.
Obs.2: Descobrimos, através de Schmidt, que o Thanksgiving Day (dia de ação de graças) entre outros, é um dos feriados menos sexys que existem. Haha...
Obs.3: Finalmente um dos melhores plots do episódio piloto foi novamente mencionado. A “Douchebag Jar” (Pote do Babaca) voltou.  

E você, gostou do episódio? Deixe seu comentário.
@Diany12_MT

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. "Pessoalmente ainda acho Schmidt o melhor personagem" [2]

    ResponderExcluir
  2. Gostei mto do Paul e tbém gosto mto do Schmid, adorei a obsessão dele por limpeza kkkkk... Já o plot da JAR gostei mto que tenha voltado tbém... kkkkkk Zoey arrasou nesse episódio! Mas não aguento esse hiatus... a série mal começou e já teve 2!
    Ótima review!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe