How I Met Your Mother 7x11: The Rebound Girl

sexta-feira, novembro 25, 2011


A minha filha vai chamar Hurricane.
 
Depois do esforço todo dos roteiristas para dar uma reviravolta para a história, tivemos um episódio bem divertido. A idéia de Barney e Ted cogitarem adotar um bebê juntos é super retardada e poderia ter sido uma grande bomba, mas o humor funcionou muito bem e é bom ver que How I Met Your Mother consegue se levar um pouco menos a sério, afinal estamos falando de uma comédia. Foi realmente muito legal ver o desenvolvimento do raciocínio dos dois (que estão passando por uma fase difícil) até chegar em “como seria legal ser gay”. A série sempre foi capaz de aliar o humor hétero de raiz com um humor livre de preconceitos, adoro o fato do Barney ser um grande pegador mas nunca se encaixar no perfil de machão, isso traz um certo ar de novidade para série, que acaba se destacando frente a Two and Half Men e outras séries no quesito originalidade.


A história de Marshall e Lilly também foi interessante, bem legal ver o apartamento deles encolhido. Mas fico com a impressão de os roteiristas meio que abusam da paciência da audiência com estas histórias do casal, eles nunca se decidem se o Marshall vai trabalhar no banco ou não, se eles iam ter filhos ou não e agora se vão morar no subúrbio ou não. Mesmo que as histórias sejam engraçados, enche o saco ver esta falta de decisão dos personagens. Enjoa ver eles tendo que tomar a mesma decisão várias vezes, ainda mais porque sabemos que no próximo episódio eles podem mudar de idéia de novo. A série também consegue exagerar numa piada boa até deixá-la chata, como ocorreu com a Robin derrubando o abajur. 


Outra coisa que me incomodou um pouco foi a atitude criança da Robin, não é o tipo de coisa que ela faria. A Robin que eu conheço é badass e não uma adolescente mimada. Já para a gravidez dela, eu não dei muita bola. É do Barney ou do Kevin? É óbvio que não é do Kevin, apesar de que eu estou desconfiado que seja um alarme falso ou de que a Robin vai acabar perdendo o bebê.


Por fim, preciso destacar o maravilhoso nome Hurricane. Hilário chamar um bebê com este nome, ainda mais um bebê tão mal encarado como a sobrinha do Barney. O momento em que ela atrai um monte de mulher na rua foi muito bom, mesmo já sendo uma piada meio batida.


É verdade que a série conseguiu se recuperar esta semana, mas ainda está longe da qualidade dos seus tempos áureos.
  

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe