Life's Too Short 1x03: Episode #1.3

quarta-feira, dezembro 21, 2011


Dizem que as melhores coisas do mundo veem em doses homeopáticas, e com seus trinta minutos semanais Life's Too Short vem a cada semana surpreendendo o seu telespectador. Sendo assim, por que não nos presentear com este episódio fantástico, recheado de mitologia nanítica, esquetes e pequenas pontas. Provando que as melhores gargalhadas sempre podem vir dos menores motivos.

Comecemos os trabalhos por essa personagem que é a tapadice em forma de pessoa... Confesso que a essa altura do campeonato não sei mais se Cheryl faz essas coisas porque é lesada mesmo ou se é pra sacanear Warwick. Quando ele pergunta se ela que ler alguns comentários... Ela... "No, Not Really", demais! E a cena que ela fala que ele não tem nada na agenda para os anões revoltados... ri muito!


Por falar em anões revoltados, nada pior que se sentir encurralado por um grupo de pessoas maiores do que você... tudo bem que se você é um anão esse sentimento será muito corriqueiro. Baseado nisso e na sua responsabilidade de "sustentar e nutrir" os sonhos de seus companheiros de categoria Warwick resolve fazer o programa de esquetes... Um show de bizarrices, uma atrás da outra. Não consigo dizer do que rí mais, se foi do "The Passion of a Dwarf", do "Brokeback Mountain" versão micro-pênis, ou se foi "Maximus Minimus", sua espada e seu triciclo infantil, completamente preparado para a guerra... Isso claro se ele não vomitar em cima de espada primeiro.



Sério, Life's Too Short chegou a níveis de bullying que eu nunca poderia imaginar! Bullying com anão feio careca (rí horrores fiquei com muita dó do Bernard), bullying com dublê de criança e claro bullying com cadeirante, super em alta! O que foi a parte em que descobrimos que Cyber Assassino era um cadeirante? Tive que pausar o vídeo terminar de rir para poder continuar! Isso fora toda a pegada de crítica social aos trolls, Warwick insultando a própria câmera... São aqueles momentos vergonha alheia que guardaremos para o resto da história da série...

Ainda fomos presenteados com a alta afinidade de Warwick com a mídia, toda a desenvoltura de Warwick para conseguir aparecer em uma entrevista, nos presenteando com um dos melhores momentos de canalhices do anão, que foi seguido pela não menos hilária cena da entrevista e das Poker Face ao saber que suas falas tinham sido cortadas, enfim... Nada que supere o diálogo encenado por Warwick para demitir o produtor do programa. 

Acabou? Não! ainda teve Helena Bonham Carter incorporando a atriz escrota e tirando um sarro da cara do anão. Sério... Fiquei com muita vontade de estar no lugar dela. Indignado porque era apenas um dublê de criança, Warwick não previa o que estava a lhe esperar... Com o que é melhor ser comparado: um bloco de madeiras ou uma lixeira? Depois disso... Não se mova, não fale e depois foi com muita dó no coração que vimos Warwick ser colocado dentro de uma lixeira.

É por essas adaptações e diferentes possibilidades que apenas um anão possui que digo que Life's Too Short é única série na televisão que poderemos ver este nível de escrotice. A série só tem crescido a cada episódio que passa... A pergunta que fica é: neste andar da carruagem, a que nível de vergonha alheia e constrangimentos a série será capaz de chegar?

Obs. 1: Prestarei atenção agora em todos os filmes infantis para ver se consigo achar o dublê anão!

Obs. 2: Nunca vi um negro ser tão bem trollado em uma série como neste episódio... Já pode fazer o mesmo?



Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Adoro essa série, mas não é pra qualquer um, meus pais ficaram constrangidos quando eu tava assistindo na sala.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe