Survivor 23x13: Ticking Time Bomb

sexta-feira, dezembro 09, 2011



Nem uma promessa de comer merda tem o poder de mudar o rumo desta sonolenta temporada.




Na grande maioria da temporada, Edna foi longe de ser o que as asiáticas costumam ser em Survivor, safadas e maravilhosas. Que saudade de Shii Ann se precipitando e traindo sua tribo antes da hora, de Peih-gee lutando por sua sobrevivência a qualquer preço e de Brenda dominando e sensualizando. Que a japa sempre se ferra a gente já sabe, mas tava na vara demais em South Pacific. Edna não fez nada disso, foi uma grande inútil e só durou no jogo porque estava muito óbvio que ela não seria ameaça a ninguém. Edna é mais ou menos como o Cochran e não conseguiu ir bem em nenhum aspecto do jogo. Mesmo assim, por este episódio tenho que confessar que desconfio que esta japa burra e inútil foi um dos melhores participantes desta temporada. Não é todo mundo que diz que comeria merda para provar sua lealdade. Infelizmente e obviamente, Edna foi chutadíssima no Tribal Council e a temporada completa muitos dias sem nenhuma surpresa. Continuo dizendo que esta lealdade chata e exacerbada é causada, na minha opinião, pelo insucesso de Russel e no fato dos participantes não conhecerem a história mais antiga de Survivor. Se você não conhece, por favor, vá conhecer. Existem tantos momentos maravilhosos e surpreendentes, que pelo jeito ficaram no passado. 


Outra conclusão acabei tirando deste episódio, a CBS escolheu o parente errado do Russel para colocar no jogo. O pai de Brandon demonstrou que renderia para edição bem mais do que seu filho, que consegue ser um grande filho da puta e ainda ficar pregando honra, lealdade e o escambal. 


Coach acabou me surpreendendo um pouco ao fazer uma aliança com Ozzy. Não entendi o propósito disto. Na verdade, eu até entendo, Coach acredita que seu joguinho vai continuar funcionando. Ele elimina todo mundo e coloca a culpa no restante da tribo, que é muito burra e continua a fazer o que ele manda. O pior é que tudo isto deve continuar funcionando.


Para variar de verdade, tivemos um challenge decente chupinhadíssimo de Survivor Guatemala, que já valeu só pela nostalgia. É isso que deve ser feito, não tem mais criatividade para criar uma prova legal, copia o que dava certo pelo amor de Deus. E o Purple Rick apareceu na TV apenas para apertar a bunda da sua mulher em rede nacional. Aí sim.


O promo do próximo episódio prometeu altas confusões com esta turma do barulho e ainda tentou nos enganar dando a entender que a japa mais inútil de Survivor será capaz de tirar de uma vez por todas Ozzy do jogo. Será? I’m not a believer.  

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. kkkkkk eu gostei bastante do episódio, tipo eu já esperava dela sendo eliminada mas as confusões de brendon e ela foram mt engraçadas ahsuahsuah
    e estou começando a ver antigas temporadas de survivor agora mas o hiatus não chega e eu não consigo ver mts episódios kkk terminei borneo e vi a lindeza e a maldade do discurso de Sue na season finale que por sinal eu esperava que kelly ganhasse, culpa do idiota do Greg que por um numero escolheu o vencedor kkk enfim e the australian outback promete , já vi a season premiere e não sei se é impressão minha mas parece que a edição dessa season 2 vai ser melhor do que a de borneo porque eu achei a edição de borneo deixava a desejar e escondia mts coisas deixando o telespectador meio que voando, mas a temporada por ser uma inicial acabou sendo boa, debate de ética e se a pessoa ia conseguir 'viver' se tivesse feito alianças e etc
    enfim é esperar esse hiatus pra fazer uma maratona básica da season 2

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe