Californication 5×03: Boys & Girls

terça-feira, janeiro 24, 2012


Todos nós sabíamos onde isso ia dar, não é mesmo?

Californication nos apresenta essa semana mais um episódio bem divertido, canalha e bizarro bem ao estilo da série. Não me canso nunca de elogiar essa série, pois acredito que no que ela se propõe a fazer, mantém um padrão bem equilibrado em todos os seus episódios, assim como em todas as suas respectivas temporadas, conseguindo se manter sempre dentro da história.

Hank acabou escrevendo o Santa Monica Cop para o Samurai Apocalypse. Tá certo que ele terminou rápido não porque queria, mas para ir embora logo de LA. Sempre acreditei que ele fosse escrever o tal filme, mesmo não querendo. Confesso que imaginava que essa trama ia se estender por mais uma boa porção de episódios. Achava que esse era um dos pontos chaves da temporada e me surpreendi quando eles o resolveram logo nesse terceiro episódio.

Confesso que o Samurai Apocalypse me surpreendeu quando quis ler o que Hank havia escrito e pediu para ele sair com a Kali, se é que podemos chamar aquilo de pedido. Acredito que a fama de canalha de Hank seja bastante conhecida. Não entendi se foi imprudência, inocência ou mesmo confiança que o Samurai Apocalypse teve com Hank ao confiar Kali a ele. Só sei que apesar do grande esforço de Hank, ele não conseguiu resistir aos encantos de Kali. Acredito que todos, assim como eu, já imaginavam que isso iria acabar acontecendo. Eu particularmente não imaginava que fosse tão cedo.

Gostei bastante da prensa que Hank deu em Tyler. Aparentemente Tyler está arrependido e disposto a mudar para ficar com Becca. Particularmente ainda suspeito que ele esteja fazendo isso para se vingar de Hank. O fato de ele ter falado a Becca exatamente as palavras que Hank havia dito a ele, já mostra que tem alguma coisa aí. Só sei não dá para ter certeza do que está acontecendo até agora e o jeito será esperar para ver no que isso vai dar. No final das contas achei bacana Hank ficar em LA por causa dela.

Foi legal ver que Charlie está querendo mudar e deixar de lado suas bizarrices. Desde que ele terminou com a Marcy ele estava se afundando cada vez mais. Achei legal ele ter tido a visão que isso não era bom para ele e querer procurar um relacionamento sério. Pelo que pudemos ver nesse episódio acredito que ele investirá em Lizzie, a babá do seu filho. Mesmo começando a fazer bizarrices com ela, senti ela meio que compreensiva sobre a situação dele, mesmo o recriminando na hora com plena razão. Acredito que Charlie tem boas chances com ela, lógico que somente se ele mudar.

Em um balanço geral estou achando a temporada sem um rumo bem definido, completamente o contrário das temporadas anteriores. Não estou conseguindo enxergar muita coisa interessante para se prender até o final da temporada. Estou torcendo para que não fique só girando em torno dos romances de Becca/Tyler, Charlie/Lizzie e Hank/Kali.

Destaques memoráveis do episódio:

- Quando Hank acabou de escrever o filme e ficou conversando com Charlie sobre sua carência e bizarrices.

- Quando Bates sai da casa furioso com o Tyler por ter acabado com sua garrafa de Chivas 40 anos.

- Quando o Charlie foi para cima da Lizzie com bizarrices e ela começou a recriminá-lo.

- Quando Hank brigou com o cara na boate que estava dando em cima da Kali e fugiu com ela depois de ter torcido os mamilos dele.

E você, o que achou desse episódio? Não deixe de comentar.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe