Switched at Birth 1x13: Self-Portrait with a Bandaged Ear

terça-feira, janeiro 24, 2012


Já entendi o que Regina vê em Angelo.

Não é o olhar penetrante, o corpo delicioso e muito menos o sotaque. O que ela realmente gosta naquele homem é o jeito que ele dança. Bom, isso e tudo aquilo que já falei antes. Finalmente Daphne tomou uma atitude em relação ao 'pai', porque convenhamos, ela nem tinha certeza absoluta do motivo pelo qual ele foi embora.

Pelo menos agora ela vai continuar sendo aquela bitch que já está sendo bem trabalhada pela série. Já estou até ansioso ao imaginar ela bringado com a menina que não paga as contas e dando um barraco no meio do time de basquete, já que descobriu que só está naquilo por causa de seu probleminha de audição.

O mesmo não pode ser dito sobre Bay. Antes, super dramática e barraqueira, agora mal faz isso e nem confronta Melody sobre aquela noite linda onde ela disse que ela e o filho se circuncidaram juntos. Coisa chata mesmo foi terem trago toda aquele drama da arte nos outdoors novamente. Todo mundo sabe que Bay e Emmet evoluiram e agora só querem fazer arte deitando em qualquer lugar, tipo em uma escada rolante em movimento.

Muito bom Kathryn deprimida achando que a advogada era lésbica, só para depois vê-la fazendo estupro facial em um dos diretores do hospital. A coisa anda tão difícil com o marido, que até fica vendo queda onde não tem NADA.

Toby está todo trabalhado na paz, já que teve que separar uma briga entre sua mãe, Kathryn e sua amante, Regina. Ela até tentou desfarçar, dando oi só para os adultos, mas acabou sentando do lado do amante adolescente.

O pior mesmo foi Angelo achando que ia conseguir fazer Daphne o perdoar em uma tarde só, sendo que a menina tá com raiva dele faz mais de 13 anos. Sem contar que Angelo voltou com tudo nesse episódio, dançando com o ex amor e ainda chamando a filha Bay, de sexy.

@marcoacpontes

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. Ai, eu não tinha entendido sexy, eu entendi que o Angelo disse "sixteen" daughter.
    Se foi sexy soa pedófilo... Seria Angelo o novo Ezra?

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Eu sou cheio de daddy issues e apoio a Bitchne, por isso não consigo ir com a cara do Angelo. Ele pode tentar seduzir, usar aquele sotaque e até dançar a noite toda com a ex, ele ainda não me desse!

    Muitíssimo amor por Ebay!

    O que eu mais amo na série é que por mais que eu não concorde com alguns personagens, se você parar e se colocar no lugar deles, é perfeitamente compreensível tudo o que fazem. Trocadas no Nascimento tá com as minhas queridinhas, como a Estranha e Summer de Dixie S2

    ResponderExcluir
  3. Angelo dançando foi uma COISA!
    BOM saber que mais alguém, acha a Daphne uma bitch! Minhas amigas gostam dela e eu fico pensando se é implicância minha ou ela realmente é MUITO chata e implicante.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe