Jane by Design 1x03: The Birkin

domingo, janeiro 22, 2012


Quando você ganha uma original bolsa Birkin cor de laranja, precisa merecer continuar com ela.


Já está se tornando um lugar-comum eu dizer em minhas reviews de Jane que a série é ótima, fofa, linda, meiga e mais algumas dezenas de elogios. Acontece que isso está se tornando inevitável a cada episódio que assisto!  Nem são necessários vários plot twists inesperados, nem cliffhangers desesperadores. Basta Jane e toda sua graciosidade correndo pra lá e pra cá com roupas maravilhosas, uma trilha sonora sensacional, um amigo lindo e uma chefe poderosíssima para fazer com que durante 40 e poucos minutos eu esqueça os problemas, as contas e o que irei almoçar no dia seguinte para simplesmente aproveitar alegremente dessa delícia!

Exageros e brincadeiras à parte, Jane by Design está se tornando atualmente minha série preferida! Logo no início desse episódio temos a entrada triunfal de Gray na DonovanDecker, MUITO ao estilo Miranda Priestly em O Diabo Veste Prada, jogando as coisas pelo caminho enquanto uma Jane completamente desvairada vai atrás recolhendo tudo. A jovem assistente ganha uma bolsa novinha como recompensa ao bom trabalho feito no desfile da pré estréia fashion e fica encarregada de cumprir os itens de uma “listinha” de afazeres entregue por Gray e, dentre esses afazeres, está terminar com Brad (?) e organizar e administrar um Trunk Show (que nada mais é do que uma exibição especial de uma coleção para um seleto grupo de pessoas, a nata, o crème de la crème da sociedade).

Como nem tudo são flores na vida de Jane, uma bruaca invejosa e feia India mete seu bedelho onde não é chamada e envia o e-mail de convite para o Trunk Show para várias pessoas nem tão “da nata” assim.... Resultado? O evento se transforma numa super festa regada à bebida e rock’n roll! Na minha humilde opinião (e de Billy também) ficou muito melhor assim, porém, como quem dita as regras não somos nós da ralé, e Gray não ia gostar nadinha de chegar em casa e encontrar pessoas dançando em sua mesinha de centro, Jane pede socorro à Billy e eles dão um jeito de sumir com tudo e todos (e limpar a casa) em menos de uma hora!

Ah, quanto ao Brad... trata-se de um modelo, um affair que Gray encarrega Jane de descartar mas, quando a garota entra no apartamento de modelos masculinos, com todos aqueles homens sem camisa andando de um lado para outro, fica meio atordoada e acaba encorajando o rapaz a não desistir. E assim, após ficar horas esperando Gray em sua cama coberto SÓ com pétalas de rosas, ele acaba se tornando o motivo pelo qual Jane não foi digna de continuar sendo proprietária da Birkin... ela não cumpriu corretamente uma ordem!

Eu acho ótima a forma como Gray dita ordens o tempo todo com aquela expressão impassível e, mesmo assim, conseguimos perceber que ela nutre certa confiança pela nova assistente, só não sabemos até onde irá essa “confiança” no momento em que acontecer a primeira falha, coisa que eu acho que vai acontecer mais cedo ou mais tarde apesar de não acreditar que Jane será riscada para sempre do convívio de Gray (estou me adiantando muito nos “achismos”, mas aí entra o fator previsibilidade da série, que não chega a ser um problema no fim das contas...).

Apesar de sentir muita preguiça de fazer isso, me sinto na obrigação de falar de Lulu e seu relacionamento com Billy. Quando vi a garota com sua amiguinha procurando um candidato a namorado no colégio eu torci MUITO para que ela se interessasse por alguém e deixasse o loirinho lindo em paz e livre para quando Jane abrir os olhos maaaaaaaas, não foi isso que aconteceu, claro! Eu até fiquei um pouquinho comovida quando ela disse que não se importa mais com a opinião de ninguém e foda-se o mundo porque ela quer ficar com ele, só que não acredito nesse papinho e acho que Billy ainda sairá de coração partido dessa história, vamos ver no que dá.

PS1: Sinto que vou amar ver Jane e Lulu digladiando-se enquanto disputam o primeiro lugar da classe.

PS2: Estou com uma sensação de que Ben será tipo..... a Bonnie Boca- Torta de Jane by Design! Alguém se importa com ele? Eu não. E tenho certeza que ele e Rita Shaw são o futuro novo casal da série.





Talvez Você Curta

1 comentários

  1. JbD é tão cute!! Tem momentos que eu acho o Billy lindo, deslumbrante! E tem horas que acho ele mt esquisitinho...

    Amo o sotaque inglês *-*

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe