Two and a Half Men 9x14: A Possum on Chemo

sábado, janeiro 21, 2012


Ufa! Até que enfim deu uma melhoradinha...

Para minha surpresa o episódio dessa semana foi bem divertido em comparação aos anteriores. Ultimamente, estava bem desanimado com a série e tenho que confessar que estava assistindo aos episódios mais por obrigação do que por diversão, afinal de contas não é fácil desistir de uma série depois de mais de 8 temporadas. Encaro esse episódio como um início de tentativa de mudança, até agora bem sucedida em minha opinião.

Todo o episódio girou em torno da Zoey tentar convencer o Walden a cortar seu cabelo e a barba. Tudo isso para ele ficar mais apresentável para uma festa importante em seu trabalho. Basicamente ela não queria passar vergonha ao lado do seu “Hipster Jesus” com seus colegas de trabalho. Apesar de imaginar o que ia acontecer, tinha grandes esperanças de que não ficassem arrastando a história por todo o episódio.

No final da história estava na cara que Walden iria cortar seu cabelo e barba por causa da Zoey. Acredito que assim como eu, todos que assistiram ao episódio já sabiam que ele ia ceder a ela no momento em que ela fez o pedido para ele. Me senti sendo praticamente enganado quando a Berta estava “supostamente” cortando o cabelo dele e depois quando chegou na casa da Zoey vimos que não estava. Particularmente não acho esse tipo de recurso desnecessário e que poderia ser substituído por uma boa trama na história.

Gostei bastante de ver o Alan sendo rejeitado nesse episódio. Ninguém aparentava querer ele por perto. Para variar, Walden foi o único a ter a falta de tato de levar o Alan para o seu encontro. O Alan obviamente não iria se opor a proposta, é lógico. Não sei como a Zoey acabou deixando isso acontecer. Cheguei mesmo a pensar que o Walden estava fazendo isso de propósito por causa do pedido da Zoey, mas logo descartei a idéia, tendo em vista sua personalidade e comportamento até agora.

Fiquei surpreso pela Lyndsey ter dispensado o garotão milionário para ficar com o Alan, alegando querer mais tranqüilidade e que somente ele poderia dar isso a ela. Achei muito legal ela falando que dava muito trabalho impressionar o garotão milionário e que com o Alan ela não precisava disso. Alan que não iria reclamar de tê-la de volta. Sempre achei que ela era muita areia para o caminhãozinho dele.

Uma coisa que me tirou do sério nesse episódio foi a relação que fizeram entre o Jake e Eldridge com Beavis and Butthead. Não tem como comparar, nem de longe. Beavis and Butthead são clássicos imortais e assemelhar eles com Jake e Eldridge pode ser considerado praticamente um sacrilégio. Colocar os 2 garotos no sofá enquanto falam besteiras e assistem TV, não os tornam nem de longe parecidos. Particularmente me senti decepcionado pela série ter feito isso, acho que não havia necessidade.


Pontos altos do episódio:
Colaboração: InSUBs.

Zoey: “Walden, está pronto?”
Walden: “Quase.”
Zoey: “Como posso ficar pronta antes de você?”
Walden: “Dá trabalho fingir que não ligo para minha aparência.”

Walden: “Ela não gosta da barba.”
Alan: “Está brincando? Ele fica tão sexy.”
Zoey: “Se é tão bonito, por que não deixa crescer?”
Alan: “Já tentei, ficou desigual. Quase um gambá em quimioterapia.”

Walden: “Não entendo. Namoramos há meses, por que isso, de repente?”
Zoey: “Certo, pode parecer baixo, mas tem uma festa da minha empresa e já que estou perto de virar sócia, prefiro não aparecer com o Jesus hipster.”
Walden: “Tem razão, foi baixo.”

Walden: “Por que deixou de ser cabeleireira?”
Berta: “Fecharam a cadeia.”
Walden: “Estava na cadeia?”
Berta: “Não, era barbeira lá.”

Alan: “Lyndsey, Zoey. Zoey, Lyndsey. Acabamos de voltar.”
Lyndsey: “Sério? Aquele rapaz morreu?”


E você, o que achou desse episódio? Não deixe de comentar.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe