Blue Bloods 2x12: The Job

quarta-feira, fevereiro 08, 2012


Onde você estava em 11 de setembro de 2011?

Infelizmente cada geração parece ter uma pergunta sobre onde estavam quando um evento mudou a maneira como todos nós vemos o mundo, principalmente quando esse evento mexe com o mundo inteiro. Para a geração dos meus pais era onde você estava quando Kennedy foi assassinado? Para a minha geração é onde você estava em 9/11? 

Pelo menos aos americanos foi um evento traumatizante que gerou, e ainda gera, grandes repercussões na vida de todos que se envolveram o que simplesmente ficaram chocados com o acontecimento. 

Para dizer a verdade, pessoalmente acredito que nada mudou em mim por tal evento, mais chocante, porém foi a morte da princesa Diana em 97, apesar de muito novo na época lembro-me de ter ficado triste com a morte da querida princesa. 

Mas voltando ao assunto que nos interessa... 

Frank Reagan e seu parceiro John McKenna estavam salvando vidas na torre-norte, quando a torre-sul caiu porque era "The Job". Eu não posso sequer imaginar o terror que sentiu naquele momento ou a incrivel coragem dos primeiros socorristas que continuaram tirar as pessoas. 

Mas Frank foi assombrado pelos acontecimentos daquele dia, além disso, pelas consequências. Por seu parceiro ter adoecido. Eles nunca haviam especificado exatamente do que John havia morrido, exceto que houveram complicações provocadas por respirar o ar do marco zero. 

O que deixou Frank se perguntando, por que ele e não eu? 

Infelizmente, é uma pergunta irrespondível e até mesmo Frank percebeu, ainda sim se perguntou durante a noite. Sua insônia foi tão ruim que ele procurou ajuda de um terapeuta. 

De certa forma, acredito que este homem, mesmo sendo forte, como é, viu isso como uma fraqueza, nem sequer se dando ao luxo de uma medicação para dormir enquanto contava ao terapeuta que os Reagan’s não tomam drogas. Esses são de padrões muito elevados. 

Blue Bloods (diga-se de passagem, a CBS) tornou-se um drama de primeira linha ao ser permitida a filmagem no memorial de 9/11. 

A história paralela do episódio foi de Danny. Quando um homem armado se aproximou do homem que Danny tinha batido com seu carro, Danny abriu fogo e parecia convencido de que estava com a razão. 

Eu não sou um policial e não sei o procedimento adequado, mas pareceu imprudente da parte de Danny atirar em um homem que ele sabia que provavelmente atiraria de volta, enquanto sua esposa e crianças estavam diretamente atrás dele. 

Entendi o terror e a fúria de Linda. 

Mas, por outro lado, concordei com Danny quando foi mostrar para Jack sua arma. Jack precisava de uma maneira para processar o que tinha acontecido com eles. Sabendo que seu pai usa uma arma no trabalho e vê-lo usando são duas coisas muito diferentes. 

Danny não estava brincando, estava ensinando, e embora essa arma deva estar sempre trancado para que uma criança curiosa não faça besteiras. 

Muito melhor para Danny ensinar seu filho do que ele precisa saber, do que vê-lo a procura de respostas por conta própria. 

A cena que eu tive mais dificuldade de aceitar foi quando Danny apresentou para Linda sua insígnia e disse-lhe que pediria demissão de ela assim quisesse. 

Naquele momento, talvez, Danny realmente quis dizer aquilo, mas ser um policial não é trabalho para Danny, é sua identidade, quem ele realmente é. Se Linda realmente pedisse a ele que abandonasse a corporação, não sei qual seria o futuro desse casal, quiçá, haveria casal para se falar. 

No final, toda a família se uniu para o funeral de John. O discurso de Frank foi comovente. Ele reiterou a importância da vida, e honrou aqueles que não sobreviveram, não importa quando eles morreram. Algumas pessoas e eventos têm efeito cascata que, para melhor ou pior, só não acabam.

Só algumas informações:

-  So... Sorry pelo atraso na review mas é que ando MUITO ocupado!!!

-  A review de Archer já está pronta, apenas estou esperando que liberem a legenda lá no LTV para colocar aqui no site, e NCIS muito provavelmente amanhã saia a review aqui no site, quanto ao próximo episódio de Blue Bloods vou tentar fazê-la até terça.

- E não se esqueçam de comentar, nem que seja para me xingar... (mentira, daí não)

- Bom é isso pessoal!!!

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Adoro Blue Bloods!

    Me emocionei com o discurso do comissário no velório....mto comovente!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe