Grey's Anatomy 8x15: Have You Seen Me Lately?

quarta-feira, fevereiro 22, 2012



Nem a imã mala do Derek e todo o seu background de Práticas Privadas conseguiu estragar Grey's Anatomy.

Pela primeira vez, eu odiei o crossover com Private Practice, primeiro porque eu mal conheço e não dou a mínima para a irmã drogada do Derek e depois porque se é para ter um junção entre as séries que tenha a maravilhosa Dra. Addison, que deixou saudade no Seatle Grace. Assim, toda a história dela com Lexie e Derek foi bem chata e desnecessária para nós, não para a ABC que precisa aumentar o interesse pela prima pobre de Greys. Sem dizer que algo está me incomodando, impressõa minha ou a Lexie está virando Izzie?

Outra reclamação que tenho que fazer é com a Dra. Bailey, a antiga Nazzi, que hoje em dia é uma chata que só fica reclamando ou nos fazendo ter vergonha alheia com seus romances. Dignidade já para ela. É impossível não ficar com raive dela sendo infantil e enchendo o saco no meio da cirurgia. Pelo menos, este plot foi capaz de mostrar uma grande sintonia entre Sloan e Avery, que vem evoluindo bastante como médico.

O caso do cara que ficou com a mão presa no triturador de carne foi muito legal, além de ser capaz de aproximar Meredith e Callie, que estranhamente nunca se envolveram muito. É verdade que a cena do Chief no escuro dizendo que Meredith era a melhor escolha foi terrível, parece que Shondinha tentou tirar um sarro com filmes de espiões e policiais, mas tudo acabou ficando péssimo. Mesmo assim está história foi o ponto alto do episódio, principalmente porque um cara com o dedo do pé na mão vai ser sempre algo muito cool. Sem dizer que é sempre bom ver Meredita em ação, tentando provar o quão é boa cirurgiã e sendo tão criativa. 

Outro bom plot foi o do Karev e sua interna. Eu sei que já está meio batido o Karev levando uma lição de como ele tem que se importar com seus pacientes e colegas de trabalho, mas eu gosto de ver o lado bad boy dele, que é um dos meus personagens favoritos na série. De vez em quando, fico com a impressão que ele ficou bonzinho demais, então gosto de ver suas origens de volta. Até a Arizona estava legal na trama, o que indica que tudo correu muito bem.

Chegou o mais difícil, o que falar de Cristina e Owen na terapia? Tinha tudo para ser legal, mas acabou sendo um pouco repetitivo e cansativo. Eu não estou suportando o Owen há um bom tempo e torço para a Cristina se afastar mesmo dele. Que cara chato, supera logo este aborto. Era para ser dramático, mas acabou sendo engraçado, principalmente por eles competindo quem era o mesmo traumatizado e a Cristina dizendo que o um bebê não a atacou deixando um trauma com crianças.

Mesmo com muitos defeitos, Grey's Anatomy continua com episódios muito bons, divertidos e  consistentes. Não esteve perto dos melhores episódios da temporada, mas foi bom de forma geral.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Tb vejo problemas em Grey's. A Bailey ta chatinha msm, acho que pra ela voltar a ser a Nazi de antigamente e ganhar uma história descente, ela devia ser a nova Chief do hospital. Ela iria arrazar! Além de nos livrarmos do Owen mala que poderia se acertar com a Teddy e ir embora de Seatlle. Shonda mataria dois coelhos de uma só vez. Essa história da Lexie com o Sloan tb ta cansando. Ou vai ou racha. E Alex e April estão perdidos na série sem historia nenhuma...

    Mas apesar dos problemas essa temporada continua muito boa. Meredith esta arrasando cada vez mais, Callie e Arizona melhoraram bastante ( na verdade a Arizona, pois a Callie já era uma personagem muito boa), a história do chief e de sua mulher é ótima e Cristina apesar do Owen salva qualquer cena! Ajustando esses problemas a série já ficaria perfeita imagine então se o Burke e a Addison (sempre achei que a Adson seria o par ideal para o Karev) voltassem pro hospital? Ia ser um sonho.

    ResponderExcluir
  2. Sim sim, tive essa mesma impressão desde o episódio daquele menino que sabia que ia morrer e talz.., a Lexie tá suprindo a mesma função que teoricamente a Izzie tinha nas primeiras temporadas, tipo ser o lado da emoção, de se envolver com os pacientes...

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe