Grey's Anatomy 8x16: If Only You Were Lonely

segunda-feira, fevereiro 27, 2012


Shonda Rhimes aproveitou o carnaval para sambar na nossa cara com um plot capilar mais vergonha alheia do mundo. 
O episódio desta semana de Greys não manteve a qualidade que nos acostumamos nesta oitava temporada da série. Achei tudo meio chatildo e desnecessário. Foi filler demais, mas nada supera a grande encheção de linguiça que foi o plot do cabelo da Zola. Não queria acreditar que a Shonda fez o Derek e a Bailey (dois que estão avulsos já há um bom tempo) ficarem o episódio inteiro em volta de uma trama tão tosca. Vergonha alheia de raiz (capilar).

O mais relevante do episódio foi a evolução da história de Richard e Adele, mas estava tão na cara que o eterno Chief ia se ferrar o episódio todo até se convencer de que sua esposa precisava mesmo ser internada que eu perdi o interesse. Nem consegui me comover com a cena dela rejeitando o marido e pedindo para morar em Rose Ridge. Também não sei até que ponto uma pessoa com alzheimer pode ser tão lúcida e fria assumindo tudo e tomando a decisão certa.

O mais interessante do episódio foi a desconfiança de Cristina, investigando a possível pulada de cerca de Owen com a Summer Glau. Ficamos na torcida para que Grey's Anatomy não seja cancelada como praticamente tudo que contou com participações da atriz. Independente de Owen estar ou não traindo, acabei me divertindo com Cristina tentando hackear a April e depois coma Meredith perguntando se sua amiga estava planejando um assassinato ou um ataque nuclear. Outro momento engraçado foi o Sloan tentando arranjar um modo do Avery "relaxar", ele jogando um verde para cima da April foi hilário.

O caso da interna que teve um bebê do tamanho de uma latinha de refrigerante foi ok, mas me pareceu que a gente já viu esta historia umas 100 vezes na série, só que desta vez foi a Lexie que se envolveu com a luta do bebezinho, continuando a emular a Izzie. Mesmo assim a trama foi legalzinha e teve um final competente com o Karev mostrando o painel das crianças sobreviventes.

A trama da Teddy...foi a trama da Teddy.  Quem quer saber? O marido morreu, ela voltou a ser avulsa e a gente já esqueceu que ficou com dó dela durante uns 3 episódios.

Mesmo com um episódio irregular, sei que Shonda não vai nos decepcionar. Expectativa só aumenta para mais um final de temporada bombástico como já é de costume na série.

Talvez Você Curta

5 comentários

  1. Um episodio maravilhoso e vc consegue achar "meio chatildo e desnecessário" affff seria bom rever seus conceito.
    Abçs

    ResponderExcluir
  2. Oi Julio.

    É totalmente normal as pessoas terem opiniões diferentes sobre uma série ou episódio, eu respeito muito a opinião da Camis e a sua também e acredito que a troca de impressões é algo válido e enriquecedor. Ao contrário do que mtas pessoas falam, não existe imparcialidade nas reviews, não se trata de um julgamento de bom ou ruim e sim de opiniões. Eu me acostumei a rasgar elogios para esta oitava temporada de Greys, mas não gostei muito deste episódio pelas razões apresentadas no texto.

    Obrigado e um abraço. Não deixe de comentar aqui nos Seriadores.

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei do episódio!

    Disparado, a melhor história foi a da Adele com o Richard, sobretudo quem já teve que conviver com Alzheimer sabe o que é ver um ente querido desaparecendo pouco a pouco. A cena na qual o Richard senta à mesa e desaba a chorar acabou comigo… nunca pensei que me envolveria tanto numa história do Chief… Gostei!

    Por outro lado, detestei toda a história da Cristina, a Shonda tá botando o risco toda a paixão que tenho pela personagem levando-a por esse caminho surrel e idiota. (E se Summer Glau fizer a minha série ser cancelada, vou perseguir essa mulher até no inferno!!!)

    Já o alívio cômico, na minha opinião foi o Derek com a Zola… Juro que fiquei esperando ele aparecer de trancinha afro a qualquer momento do episódio!

    ResponderExcluir
  4. Morri de pena da Cristina, coitada depois de tudo ela não precisa demais uma traição D:

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe