Southland 4x05: Legacy

sábado, fevereiro 18, 2012


E ai, qual é o seu legado?

Southland, como se não pudesse ficar ainda melhor, foi lá e fez mais um episódio incrível e magnifico. Desta vez, vieram com uma grande pergunta, Identidade define personalidade? Acho que antes de tudo, realmente devemos perguntar, o que é identidade? É aquilo que você é? O que você decide ser? Aquilo que você pensa em fazer? É algo difícil, afinal, nem sequer as ciências humanas concordam entre si, sobre o que é identidade. Eu gosto de pensar que cada pessoa tem uma identidade diferente, que identidade é aquele brilho, aquela paixão, aquele simples momento que te define, a marca que você deixa nas pessoas que conhece.

É estranho pensar que nesta temporada os roteiristas estão levando as séries a um outro nível, com cada episódio mostrando diferentes lados de algum tema especifico, e dessa vez, o “Legado” foi o escolhido. Mostrando várias formas de pessoas que de uma forma ou outra acabaram prejudicados pela sociedade, seja por não seguirem o padrão ocidental e cristão de uma “pessoa perfeita” ou por simplesmente tentarem ajudar a sua comunidade.

Começando por Ben e Sammy, devo dizer que a cada uma das “pegadinhas do Malandro” soltava uma gargalhada alta! A cena dos pombos foi impagável, mas rolei de tanto rir quando a garçonete com quem Ben havia ficado apenas uma vez, disse que estava gravida, incrível pensar que no final da antiga temporada achei que Ben e Sammy teriam problemas trabalhando juntos, mas é incrível ver exatamente o contrário. Todo o caso deles, com o senhor (que não era drogado!) denunciando o “Happy” e no fim levando um tiro por ter abrido a boca foi bem legal de se ver também.

Já Lydia e... Parceiro avulso, continuam até que bem, devo dizer que gosto bastante de estarem colocando ela em frente a todos esses casos mais paternais, onde vemos como certos relacionamentos entre pais e filhos podem ser destrutivos, mas sem duvidas Lydia irá seguir o caminho oposto de tudo isso, mas é bom vê-la percebendo que um pai (ou mãe) é responsável pelos atos de seus filhos, de que a partir do nascimento dele, será seu legado o proteger e amar... Nada melhor que isso do que um pai que acaba matando o filho sadomasoquista necrófilo e possível sequestrador e assassino, sem duvidas deve apavorar a um pai o fato de seu filho pode fazer coisas terríveis como sequestrar, torturar e matar uma mulher aleatória e indefesa... Realmente é algo difícil de se pensar, quero dizer, ele sempre foi assim? Foi algo que ele acabou se tornando?

E mesmo com essas tramas incríveis, o grande destaque do episódio, novamente, ficou com Cooper e Tang, desde o começo de Southland sempre vimos até que bastante da vida pessoal de vários personagens, Ben e seus problemas familiares, Sammy e sua (ex)esposa louca, Nate com sua família, Lydia e seus problemas com a mãe, John nunca teve tanto destaque assim, claro que sabíamos que ele já havia sido casado com uma enfermeira qualquer e que ele é gay, inclusive um pequeno comentário aqui de que fiquei bem chocado quando, no Season Finale passado várias pessoas ficaram chocadas vendo o Cooper na cama, com outro homem.. Seriously? No final do piloto aparece ele em um bar gay, sem falar nas constantes esfregações e bulinagens (?) de seu traficante!

Mas voltando ao episódio, foi interessante abordarem o caso do Jovem que, após ter fotos, e sua sexualidade, expostas para todos do colégio acaba sendo vitima de bullyng, quando vários outros jovens o humilham, vestindo-o de mulher e passando maquiagem e tudo o mais. É uma barra pesada e sem duvidas uma pessoa fica tão... “Quebrada” após um evento desse tamanho que acho que se ele ficasse tudo bem, ai sim teria alguma coisa errada ai. É claro que todo esse papo de bullyng e coisas do tipo, realmente já encheram a paciência, mas é triste saber que coisas desse tipo, ainda acontecem, todos os dias.

A revelação, no final do episódio de que o jovem havia se matado de qualquer jeito, foi bem forte e sincera, acho que muitas pessoas devem ter tido uma impressão mais fria de Cooper, porém acho que ele realmente estava certo, ele fez o trabalho dele, ele tentou ajudar, mas realmente não havia nada para fazer ali... E como uma consideração final, somente eu fiquei esperando um beijo entre Cooper e Tang durante a cena dos dois no beco?

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Ok esses casos de pais e filhos é para explorar a nova faceta da Lydia mas.... acho que já deu né? Mais um desses e ficará chato.

    Os trotes foram bem engraçados, apesar de pesadíssimos. Já vimos que comicidade entre a dupla Ben/Sammy fica bem, só resta saber como se sairão na dramaticidade.

    Cooper um dos melhores personagens da série. Achei que fossem explorar mais a sua opção sexual, de repente entre uma conversa com a Tang, mas não aconteceu. Seria interessante um plot assim.
    Um beijo entre eles? Nammmmmmmmmm! Acho mais facil um tapão nas costas, um "é isso aí mano" e uma cuspida no chão! rsssss.......... Mas sério, do jeito que a Tang luta pra preservar a sua imagem de durona e o Cooper a sua imagem de experiente-que-não-se-abala não fiquei esperando um beijo MESMO.....

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe