Two and a Half Men 9x16: Sips, Sonnets and Sodomy

quinta-feira, fevereiro 16, 2012


Conseguindo levar o humor por água abaixo...

Two and a Half Men nos apresenta essa semana provavelmente o episódio mais chato de toda a temporada até agora, em minha opinião. Particularmente não acreditava que a série poderia oferecer um episodio pior do que o “9x12: One False Move, Zimbabwe”, porém, percebi que havia me enganado quando assisti a esse episódio. Não acho que a história tenha sido legal nem mesmo as piadas terem sido engraçadas, apesar de achar uma ou outra satisfatória. Infelizmente, enquanto assistia ao episódio, estava torcendo para que acabasse logo.

Não sei se todos conseguiram perceber, mas a abertura mudou. Não foi uma mudança brusca, apenas o corte de cabelo e barba do Walden que muda de grande (como era antes) para cortados (como ele está agora) bem no finalzinho da abertura, semelhante ao efeito do Jake crescendo entre as temporadas. Para mim foi indiferente, apesar de ter achado bem coerente tendo em vista que a aparência do Walden mudou. 

Todo o episodio foi focado em uma briguinha entre Zoey e Lyndsey na casa do Walden. Tudo começou por causa de uma discórdia boba sobre Ópera. Elas ficavam reclamando uma da outra, achando que estavam certas a respeito de suas opiniões e nem se importando para Walden e Alan. Em minha opinião, um plot nada interessante. Passar por esse tipo de situação pessoalmente já é bem desagradável. Não consigo entender porque assistir a esse mesmo tipo de situação a tornaria interessante. Em minha opinião, esse tipo de situação não tem como ser divertida.

O negócio chega a um ponto que elas ficam fingindo “alto” que estão transando somente para fazer a outra escutar, como que se estivessem tentando provar algo uma para a outra. Fiquei com raiva do Alan na manha seguinte quando o Walden assumiu que tudo não passou de uma fraude porque na verdade não fizeram nada e o Alan insiste na mentira como que querendo tirar vantagem sobre ele. Achei uma sacanagem do Alan, mostra assim mais uma atitude desprezível dele. 

Quando o negócio parece não conseguir piorar, piora ainda mais. Além de acabar a força, terem que ficar presos em casa por causa do temporal, terem que ser separadas para não brigar, Lyndsey começa a menstruar e não tem nenhum absorvente com ela. Como não quer pedir emprestado para Zoey, Alan é forçado a sair no meio do temporal para comprar para ela. Walden obviamente não iria querer ficar na casa com as duas. Eu pelo menos não iria querer e teria saído de lá mesmo que tivesse que ser a nado.

Não tinha dúvidas que quando eles fossem sair da casa e deixassem as duas lá sozinhas elas iam acabar fazendo as pazes, fazendo assim eles terem saído a troco de nada. Logo no começo do episódio, quando comecei a ver toda a briga delas, tinha certeza que isso ia acontecer. Em minha opinião, tudo foi muito previsível.

Pontos altos do episódio:
Colaboração: InSUBs.

Lyndsey: “Não acredito. Sabe o que ela está fazendo?”
Alan: “Tenho uma idéia.”
Lyndsey: “Ela quer que eu ouça. Está esfregando na minha cara.”
Alan: “Parece que está esfregando a cara dele.”

Alan: “Pareceu que você e Zoey comemoraram cedo ontem.”
Walden: “Você e Lyndsey também estavam bem barulhentos.”
Alan: “Ouviu aquilo?”
Walden: “Era difícil não ouvir.”
Alan: “Sabe como é. Somos como carteiros. Faça chuva ou sol, temos que entregar a correspondência.”

Zoey: “Por sorte, tem sol em Cabo San Lucas.”
Lyndsey: “Obrigado pela previsão. Agora, Alan com os esportes.”

Zoey: “Só quis dizer que nunca mentiria para minha filha.”
Lyndsey: “Sério? Quantos anos?”
Zoey: “Seis.”
Lyndsey: “São tão bonitinhas nessa idade, não? Ligue-me quando ela estiver com piercings, grávida, e tentando ficar sóbria.”

Lyndsey: “Estou sem absorventes. Tem que ir comprar.”
Alan: “O quê? Já olhou pela janela?”
Lyndsey: “Está chovendo.”
Alan: “Não é chuva. É uma punição bíblica.”

E você, o que achou desse episódio? Não deixe de comentar.

@dncavalcanti

Talvez Você Curta

7 comentários

  1. Não achei tão ruim esse episódio.. na verdade ate me diverti um pouquinho com alguns diálogos..
    e só uma coisa no mundo pode ser pior que "9x12: One False Move, Zimbabwe": É HIMYM em "7x15 The Burning beekeeper"... Pensando melhor, nem isso! HIMYM ainda conseguiu ser menos inferior em relação aos piores episódios ever!

    ResponderExcluir
  2. achei este episódio de TAHM muito bom. É bom ver uma série veterana saindo do lugar comum em que estava estagnada para tentar alguma coisa nova e que conseguir apresentar algo interessante. Ao contrário de você, achei a briga entre as duas muito interessante , e são situações como essa que nós vemos diariamente. Somente continuo sentindo falta da Ellen e da Berta, principalmente, que são um excelente adicional a série.

    ResponderExcluir
  3. Nada consegue ser pior que One False Move, Zimbabwe, nada! Não só o pior episódio da série toda, como o pior que comédia nos proporcionou em anos.

    E pra quem acha que TAHM está "muito bom" só tem duas explicações: ou vc não entende nada de comédia ou é burro.

    ResponderExcluir
  4. Thais, tudo bom? Esse episódio e o “9x12: One False Move, Zimbabwe” foram realmente muito ruins em minha opinião. Estou torcendo para que não façam mais episódios assim. Abs

    ResponderExcluir
  5. Hugo, tudo bom? Acho que esse episódio e o “9x12: One False Move, Zimbabwe” estão equiparados no que se refere ao humor.
    Acho que gosto é um negócio muito pessoal. Já vi gente falar que não suporta séries que particularmente acho muito boas.
    Abs

    ResponderExcluir
  6. Elisson, tudo bom? Também senti falta da Berta. Acho que ela acabou virando a melhor personagem em TAHM. Abs

    ResponderExcluir
  7. Daniel, estou otimo, obrigado, e vc?

    Nada se compara a One False Move, Zimbabwe, aquele foi o fundo do poço.

    Esse negocio de pessoal eu até concordo. É pessoal a opnião sobre melhor comédia atual por exemplo. Uns dizem MF, Community, Parks, ou até Loiue, ou.... (e ae vai)

    Mas existe um limite de tolerância.
    Achar que TAHM tá "muito bom" é burrice mesmo.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe