Once Upon a Time 1x17: Hat Trick

segunda-feira, março 26, 2012


Tão louco quanto uma caixa de sapos!

Admito, eu estava com medo, muito medo deste episódio. Alice no Pais das Maravilhas é algo difícil, mesmo eu sendo totalmente apaixonado pela história (e sua continuação) acho que é tão perigoso mexer com algo tão clássico, interessante e intrigante como a incrível história que é muito fácil acabar fazendo algo errado, e aqueles simples detalhes que fazem com que a história perca um pouco de seu brilho.

Once Upon a Time fez exatamente o contrario, os mínimos detalhes foram o que realmente mudaram tudo e deixaram a trama ainda mais interessante e principalmente divertida, Sebastian Stan estava incrível no papel (Inclusive havia certa semelhança entre ele e Andrew Lee Potts, o Hatter de “Alice” do Syfy) realmente passou tudo o que o personagem deveria passar e principalmente me fez torcer por ele, inclusive espero que ele volte em algum episódio futuro, já que ele teve um papel bem importante neste episódio...

Jefferson, realmente foi algo importante na trama, adorei todo o ar psicótico mostrado nele e mais ainda o fato de que ele sabia de sua vida em Far Far Away e sem duvidas foi um diferencial incrível! Achei uma tensão psicológica muito interessante todas as cenas dele com Emma e mais ainda quando eles conversavam, porque realmente estava achando que Emma estava acreditando em tudo! Mesmo ela tendo se usado disso para poder fugir realmente acho que a sementinha da duvida cresceu e com a cena final, onde ela lê sobre a história dele no livro de Henry foi ainda melhor.

Já em Far Far Away as coisas não podiam ter sido melhores, amei como a história dele foi abordada, amei como os diversos mundos foram colocados lado a lado, amei o final trágico do personagem. Fiquei até que chocado quando vi que ele tinha uma filha, a trama deles foi bem triste e sem duvidas deve ser de partir o coração quando um pai não pode fazer um filho feliz, confesso que fiquei com dó, ainda mais que a garota ela mega simpática, passou emoção em tela e achei fofinho quando ela pede ao pai para não trabalhar para a Rainha.

Soltei um sorriso gigantesco quando Chapeleiro e Regina entraram pelo buraco da Cartola e atravessaram o espelho, encontrando o mundo (mal feito) de Wonderland, mas o que valeu foi a história, e realmente estavam gostando da parceria entre Evil Queen e Hatter, até que ela o apunhalou pelas costas, mas de qualquer forma adorei a cena do labirinto com ambos andando de um lado para o outro, fugindo dos guardas e tudo o mais.

E tenho que dizer a verdade, realmente fiquei com medo da Rainha de Copas, ela realmente estava assustadora e fiquei com medo do que se esconde atrás do véu, ainda mais com todos os súditos usando mascaras, deu um ar bem dark a tudo. Porém realmente me deixou confuso o fato de que se ele estava em Wonderland, a maldição de Evil Queen também afetou a ele? Penso de que isso afetou apenas a realidade de Far Far Away, e de algum modo, ou ele estava em FFA ou por ele ser de lá, o Chapeleiro foi levado para Storybrooke também.

O final também me deixou tão confuso quanto já que não sei se a cartola realmente funcionou e ele voltou para Wonderland ou a sala que leva a todas as outras realidades, ou se de alguma forma alguém tirou ele rapidamente dali... Por falar nisso o que foi Mary Margaret incorporando Snow e lutando? Amei muito!

E para fechar essa review fica a dica, se você curte a história de Alice no Pais das Maravilhas e Através do Espelho, vale muito a pena ver a minissérie Alice, do canal Syfy, a trama mistura as duas histórias com uma trama atual e muito divertida, um Chapeleiro Maluco (Apenas Hatter, ou Chapeleiro, na minissérie) incrível, uma Alice que luta taekwondo e cassinos!

Talvez Você Curta

13 comentários

  1. Muito boa a review e concordo com o mundo mal feito de Wonderland, pecaram um pouco nisso, mais o resto foi muuito bom, o desespero dele fazer outro chapeu pra voltar e a cicatriz no pescoço foi mt bem lembrado e marcado.

    ResponderExcluir
  2. pera aí? a rainha não tinha matado o pai e usado o coração para jogar a maldição? os fatos acontecidos foram antes ou depois? deve, para fazer sentido, ser antes.....quanto a emma, oh heroína mais sonsa...como ela vai salvar o mundo da fantasia sendo tão cetica?

    ResponderExcluir
  3. Mó climinha da Emma com o Hatter!! Até mais que com August e até viagei em Henry com uma irmãzinha... huahauhaua
    Não comi nadinha que Mr Gold ta de conluio com MegaEvil, creio que ele apostou que MM voltaria!

    ResponderExcluir
  4. Gente, CHO-QUEI com esse episódio. FRINGEaram OUaT, com o conceito de vários mundos e realidades, além de Lado A (Storybroke) e Lado B (Far Far Away) tivemos um Lado C (Worderland). A história foi muito boa, tanto a parte mágica, que mostrou que o Chapeleiro era apenas um pai tentando fazer de tudo pela filha, quanto na parte real, que criou tensão e parece que avançou (só um pouquinho) a história. Na verdade minha tensão tem era medo da Emma ou Mary se machucarem, pq obvio que não iria acontecer, era do Jefferson morrer. Souberam fazer um personagem que a gente se importe com ele, então não queria ele morto. A solução dele sumir e fazer a gente questionar se ele caiu no chapéu foi ótimo.

    Melhor fala:
    Jeff: -You stay away from the walls.
    Regina: -Better idea. The walls should stay away from me.

    Regina, linda, diva.. sai da frente que ela ta passando!! huauaua

    ResponderExcluir
  5. EU AMO O SEBASTIAN STAN e ele estava loucamente lindo nesse episódio!!
    Senti mtas vibrações entre ele e Emma, e espero mt que seu personagem volte a aparecer!

    Tiop qnd vi os efeitos do Worderland pensei, não olhe. Não olhe! kkk

    Caracaaaa fundiu minha cabeça!! Mega Evil salvando o pai? Qual a ordem cronológica disso? [Alias, ela sempre aparece perfeita e bela em toda as cenas]

    Que acordo eh esse entre Gold e Regina?

    Emma vai acreditar na maldição agora?
    Como elas chegaram tao rapido? Usaram o chapéu? kkk

    E onde o chapeleiro foi???

    ResponderExcluir
  6. Pelo o que eu entendi, a Rainha de Copas levou o Papai Megaevil e Regina foi buscá-lo. Mas considerando que nos últimos episódios de Snow e Charming ela sempre esteve sozinha, então acho que ela foi atrás do Hatter bem depois de todo o barraco com a Maria Margarete, mas antes de finalmente lançar a maldição em Far Far Away.

    Quero ver mais do Hatter e também mais de Wonderland. Que no fim dessa temporada Emma vá parar lá e comecem a mostrar na segunda temporada histórias pra cada personagem de Alice. Fiquei muito curioso pela Rainha de Copas rs.

    Gente, vamos dar um desconto que os efeitos em Wonderland melhoraram um pouquinho, eles tentaram fazer bem. Tá certo que foi uma melhora de pessimamente horrendo pra ruim, mas já é um começo, né? Compara o cenário com os episódios passados que dá até pra ficar feliz rs.

    ResponderExcluir
  7. Acho que a Maldição afeta todos os mundo de histórias, não só FFA, mas Wonderland também e assim com os outros... Pelo o que entendi a Rainha de copas(em inglês Queen of Hearts) é quem tem mania de guardar os corações, pois aquele lugar cheio de ciaxas é muito parecido com o da Regina embaixo da tumba do pai dela(no nosso mundo) então a Regina provavelmente derrotou a Rainha de copas e roubou o negocio de guardar corações.

    ResponderExcluir
  8. Aconteceu antes dela jogar a maldição, pq assim q ela joga a maldição eles passam a viver em Storybrock. A Emma não pode acreditar logo de uma vez e sair resolvendo tudo porque ela resolveria tudo em 10 episódios, então tem que ser um processo lento pra dar mais temporadas.

    ResponderExcluir
  9. É não tinha pensado nisso, ela pode ter derrotado a Rainha de Copas e pegado os corações ;O

    ResponderExcluir
  10. Nem os efeitos ruins conseguiram tirar o brilho desse episódio *--*
    Tudo estava perfeitamente encaixado na trama e a Evil/Regina sempre maravilhosa,é a minha personagem favorita de OUAT,e estou ansiosa pra descobrir mais sobre ela,pq pra Evil ter atravessado até Wonderland pra salvar o pai deve significar que ela não é tão má assim [ tá certo q depois ela usa o coração dele p/ lançar a maldição] e que antes ela já foi uma pessoa melhor...
    Uma coisa que está me deixando confusa é o fato dos personagens estarem se lembrando das coisas,primeiro o Graham que morre assim que descobre tudo,no episódio anterior o David misturou as lembranças dele nos dois mundos,nesse episódio em um momento a Mary "incorporou" as habilidades da Snow,e o Jefferson nunca esqueceu da vida dele em Far far Way,será que estamos caminhando pra uma brecha na maldição? E será que a Emma finalmente vai começar a acreditar no Henry??Qual será o acordo entre a Regina e o Mr.Gold?? Será que tem algo relacionado a Bela ou é muita viagem minha??

    OUAT está cada dia mais linda e esse episódio teve uma carga emocional na medida certa,aliás tudo estava na medida *--*
    Não posso deixar de comentar que apesar dos efeitos ruins curti a cena no labirinto,e a Evil Queen é sempre linda,adoro quando ela usa os poderes dela,na verdade adoro tudo na Regina *--*

    ResponderExcluir
  11. Não da pra saber exatamente quando aconteceu os eventos de Wonderland, só da pra saber que foi depois que o pai de Snow morreu, pois Regina só virou rainha depois disso. E foi antes da maldição, pq ela usou o pai dela como "ingrediente final". Eu já desencanei geral com os efeitos especiais, consegui até achar legal a largata fumante.rs

    ResponderExcluir
  12. Também fiquei com a impressão que o acordo deles envolve Bela.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe