Two and a Half Men 9x19: Palmdale, Ech

segunda-feira, março 26, 2012


O show foi delas... Armãegedom!

Two and a Half Men nos apresentou semana passada um episódio bem divertido e engraçado. Tenho que confessar que o episódio foi uma grande surpresa para mim. Fazia muito tempo que não gostava tanto de um episódio TAHM. Particularmente, atribuo a grande maioria do crédito para Holland Taylor e Georgia Engel que contribuíram de forma significativa para o episódio.

Todo o episódio foi focado em Alan e Lyndsey introduzirem suas respectivas mães um ao outro. Gostei bastante do tema do episódio, pois gosto quando um novo personagem aparece e começa a se relacionar com os demais. Acredito que na grande maioria dos casos a adição de um personagem a história é algo positivo. Foi o que acredito ter acontecido com Jean (interpretada por Georgia Engel), a mãe de Lyndsey.

Não tinha dúvidas que a Lyndsey teria problemas com sua mãe, na verdade estranharia se não tivesse. Foi muito interessante em ver que tanto Lyndsey como Alan compartilhavam de certa forma os mesmos tipos de problemas maternos. Achei simplesmente fantástico quando Alan teve a ideia de apresentar Jean a Evelyn, não porque era uma boa ideia, mas sim porque dificilmente sairia algo bom desse encontro.

Gostei bastante da Jean. A personagem me conquistou logo de início com a conversa dela no carro com Lyndsey e o Alan. Foi simplesmente hilária. Espero que a participação dela na série se torne mais frequente.

Quando Evelyn aparece no episódio tive certeza que seria um bom episódio. Não consigo evitar de me divertir com as coisas bizarras que ela fala. Uma mais engraçada que a outra. Como eu gostaria que sua participação na série fosse mais frequente.

O jantar deles foi muito engraçado. As coisas constrangedoras que Evelyn falava eram hilárias. No começo cheguei a duvidar que Evelyn fosse gostar de Jean. Realmente me surpreendi por elas terem se dado super bem. Principalmente na manhã seguinte quando as duas apareceram “juntas”.

Tenho que confessar que me diverti bastante, mesmo que por pouco tempo, com Walden, Jake e Eldridge. Foi hilário eles acreditarem que poderiam trabalhar como consultores para o Walden. Não entendi porque ele deu corda para os dois, porem, dei boas risadas com as ideias bizarras deles. Eles perderam a graça no momento em que começaram a exagerar nas bobeiras. Em minha opinião, a pior parte foi quando eles estavam tentando ir para a festa da amiga deles.

Pontos altos do episódio:
Colaboração: InSUBs.

Walden: “É legal que vocês tenham senso de humor sobre isso. Vários filhos de divórcio são bravos o tempo todo.”
Eldridge: “É difícil ficar bravo fumando tanta maconha como nós.”
Jake: “Verdade.”

Alan: “Espero que a mãe goste de mim.”
Jean: “Relaxe, Alan. Lyndsey nunca teve um padrão alto.”
Lyndsey: “O que quer dizer?”
Jean: “Você sempre escolheu quantidade em vez de qualidade. É uma escolha, não estou julgando.”

Jean: “Ela contou sobre a carreira de atriz?”
Lyndsey: “Mãe, sério?”
Jean: “O quê? Foi um ótimo filme. Se gosta de pornografia.”

Lyndsey: “O que aconteceria se elas se conhecessem?”
Alan: “’Armãegedom’”

Evelyn: “Não lembro a última vez que me chamou para jantar.”
Alan: “Não faz tanto tempo.”
Evelyn: “Por favor, Jake era fofo.”

E você, o que achou desse episódio? Não deixe de comentar.

@dncavalcanti

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Com esse último episódio voltei a chorar litros de tanto rir com Two and a Half Men, Alan, Lyndsey, Evelyn e Jean estavam simplesmente hilários.
    Também achei ótimo o fato de terem desfocado um pouco do Walden, não me entendam mal, eu aprendi a superar o preconceito inicial que tive sobre o personagem, mas mesmo assim a série estava precisando de uma folga dele.
    E por fim, o Jake ter um pouco mais falas, pra variar, me agradou muito, afinal ele começou a série como um personagem chave para a trama, porra ele era o meio, e ao longo das temporadas foi deixando de ser "fofo" até que chegamos na nona temporada como um personagem praticamente inexpressivo que não acrescenta muito mais a história, a série basicamente se transformando de 'Two and a Half Men' para 'Dois Homens e um punheteiro maconhado que aparece as vezes só pra não dizer que não aparece'.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe