Skins 6x05/6x06: Mini/Nick

sexta-feira, março 02, 2012


  
6x05: Mini

Considero Mini como a mais inexpressiva personagem dessa geração, talvez de toda a série. Assim, a idéia de vê-la lidando com o drama de uma gravidez e a negação desse fato poderia ser algo interessante, dando alguma complexidade a ela que até o momento não havia sido vista. Seria interssante, se não houvesse um esforço tão grande da parte dos roteiristas para tornar Mini uma personagem tão detestável.

Absurdamente egoísta — ela afasta a mãe e constantemente despreza Alo —, tão centrada em suas vontades, ela ignora completamente o abandono do pai, confiando nele instantaneamente. Além de detestável, ela passa a ser uma figura patética, já que é ingênua o bastante para acreditar na fuga que o pai a oferece, esnobando todos que poderiam ajudá-la, trocando-os por uma figura paterna ausente na maior parte da sua vida. Mais eficiente seria se voltassem a abordar a apatia dela após a morte de Grace.

Entretanto, infelizmente até o distanciamento de Mini após a morte da amiga pode ser encarado de uma maneira mais superficial após esse episódio. Considerando o numero de testes de gravidez que ela esconde e seu comportamento nos últimos episódios, ela provavelmente já sabia disso há algum tempo. Com isso em vista, fica claro que ela não estava tão abalada assim só pela perda de Grace, mas também pela gravidez.

Quando escrevi sobre o episódio centrado em Mini na temporada passada, disse que mesmo sem trazer  algo de novo sobre a personagem, apenas lhe dando alguma profundidade, os roteiristas haviam conseguido afastar a imagem de bitch da escola que ela parecia ser. Esse episódio faz um esforço contrario, com ela mantendo a pose de rainha do colégio enquanto está grávida de um plebeu cujo amor ela despreza. Isso é o clichê dos clichês de séries sobre adolescente, sendo a maneira mais superficial possível de lidar com a gravidez da personagem. De todos os episódios dessa geração, esse é o primeiro que posso dizer sem sombra de dúvidas que foi ruim, muito ruim.

6x06: Nick

Assim como Mini, Nick começou na temporada passada como um clichê ambulante. De certa forma, eles se completavam. Ela, a garota popular, ele, o capitão do time da escola, um tanto infantil no seu comportamento. Obvio, ele foi mostrado como muito mais que isso ao longo da temporada passada.

Salvo o inexplicável e repentino amor dele por Franky, esse episódio é excelente em mostrar um pouco mais da figura tão bem trabalhada na temporada passada. Se nela descobrimos a vontade de Nick e tentar manter sua família unida, revelando sua genuína preocupação com aqueles que o cercam, neste sexto episódio vemos o que acontece quando amor que ele sente pelo irmão e posto em conflito com as necessidades do grupo e o recém descoberto amor que ele também sente por Franky.

Se por um lado Nick deseja o regresso do irmão, por outro ele entende como os amigos vão se sentir com isso. Além disso, ajudar Matty significa um risco para Nick, que pode não ter mais qualquer chance de conquistar Franky. Todo o conflito que ele vive é sutilmente representado na sua hesitação em agir. Nick já sabia o que precisava fazer para trazer o irmão para casa, mas adia a decisão o máximo possível, indo para uma festa, agindo como se nada houvesse acontecido.

A parte não tão boa do episódio é essa paixão repentina que Nick sente por Franky. Desde que foi mencionado no quarto episódio, esse sentimento dele por ela me parece inexplicável, colocado na série apenas para que Nick e Matty tivessem (mais) uma briga, mais um motivo para que se afastem.

Mesmo que a existência de um relacionamento entre Franky e Nick não seja justificado por acontecimentos passados da série, ainda sim consegue produzir bons momentos no episódio. Destaco, por exemplo, a cena na aula de química onde, mesmo com poucas palavras, fica clara a atração mutua que sentem, que ainda é ressaltada pelas palavras do professor (You just need the spark) e também a cena onde eles conversam no banheiro, na rave.

Após os acontecimentos desse episódio, eu realmente espero que Matty consiga voltar. Quero muito ver o que acontecerá quando ele reencontrar os amigos que o culpam pela morte de Grace e, principalmente, o que ele fará no momento em que ver o irmão e Franky juntos.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe